Contábeis o portal da profissão contábil

23
Aug 2017
04:58
você está em:

Conteúdo » Artigos

Contabilidade Social - Nível Brasil

O presente artigo busca responder como se deu o desenvolvimento da Contabilidade Social com Enfoque Contábil no Brasil, apresentar o Cenário Atual e o que se espera para o futuro.

postado 21/06/2016 08:12:53 - 1.990 acessos

Por Contabilidade deve-se entender que é a ciência social que se ocupa de fatos decorrentes da ação humana, é o conjunto de técnicas, com objeto de estudo próprio, que estuda os fenômenos com precisão com metodologia própria permitindo projeções através de teorias próprias e correntes doutrinárias.

Por Contabilidade Social, segundo BRANCO, 2010 entende-se que é um tipo de contabilidade que uma empresa realiza para colocar um valor agregado sobre a influência que suas operações representam na sociedade. Isso implica nas ações das empresas em função da melhoria da qualidade de vida da sociedade aliado ao compromisso com funcionários, famílias e comunidade.

A construção da riqueza em função dessa vertente social remete à responsabilidade social, legal, ética, econômica e filantrópica e elas se desenvolvem em meio às organizações juntamente aos elementos essenciais dessas próprias organizações, ou seja, assim como a produção, a administração, os usuários, os acionistas, a responsabilidade social que agrega as outras quatro responsabilidades está fazendo parte das organizações.

Hoje uma empresa socialmente responsável é vista como tendo um atributo para sair à frente de outras que não têm a mesma preocupação. Os consumidores atuais esperam uma empresa que priorize, além da qualidade, fator-chave para ser considerada como fornecedora de bons produtos, segurança e disponibilidade de produtos e serviços. As empresas devem também dar sua contribuição às causas sociais e preocupar-se com o meio ambiente. MANSUR, 2012, pg 15

Essa temática é o indicativo de que empresas são também responsáveis pelo desenvolvimento social, tema que parece recente, mas há muito já vem sendo discutido. No contexto internacional, essa discussão vem ocorrendo desde o século XX quando por volta de 1930 a 1960 percebeu-se na Europa e nos Estados Unidos da Amércia o forte crescimento econômico e as causas desse avanço para o meio ambiente e para a sociedade.

No Brasil, o principal agente desenvolvedor dessa questão foi a Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas no Brasil – ADCE, ligada a UNIAPAC - 1931, primeira instituição no mundo a lidar com a questão da responsabilidade social nas empresas. A ADCE foi fundada em São Paulo em 1961 através de empresários paulistas, com o objetivo de formar lideres empresarias comprometidos com o bem estar, solidariedade, caridade, justiça, verdade e ética, a fim de que as tomadas de decisões levem em consideração os valores humanos como elementos fundamentais na geração de riqueza econômica e social.

O próximo passo no país em relação à responsabilidade social das empresas se deu em 1975, sendo esta uma preocupação governamental, que através do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, que cria a Relação Anual de Informações Sociais – RAIS.

 A RAIS consiste num relatório de informações socioeconômicas que:

tem por objetivo o suprimento às necessidades de controle da atividade trabalhista no país, para identificação dos trabalhadores com direito ao recebimento do Abono Salarial. Outras funções são o provimento de dados para a elaboração de estatísticas do trabalho e a disponibilização de informações do mercado de trabalho às entidades governamentais. BRASIL, 2015.

Nesse sentido, a RAIS através dos dados coletados permite que sejam atendidas necessidades quanto à legislação da nacionalização do trabalho, controle dos registros do Fundo de Garantia por Tempo de Serviços – FGTS, Sistemas de Arrecadação e concessão de benefícios Previdenciários, estudos técnicos e estatísticos atuariais, e identificação do trabalhador com direito ao abono salarial PIS/PASEP.

Por se tratar de ação governamental, a RAIS não exime a empresa da responsabilidade delas em relação ao meio. A relação anual é a condutora do governo para cumprimento do papel dele enquanto responsável da classe trabalhadora quanto aos benefícios concedidos por ele, através das contribuições empresariais, tais como: abono salarial, previdência e FGTS.

Contudo, esse é o primeiro passo em relação à responsabilidade social, mas que está além daquilo que realmente é proposto, pois em termos contábeis trata-se de um relatório limitado que cumpre apenas a lei, como também, objetiva o tratamento de benefícios unicamente destinados ao trabalhador indispensáveis à manutenção da força de trabalho.

A responsabilidade social pretendida é aquela que leva em consideração a sociedade como um todo, ou seja, abrangem usuários, empregados, empregadores, fornecedores entre outros. Nesse sentido, o Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas – IBASE avança nas reflexões de que o Balanço Social das empresas, como ocorreu na França, é o elemento mais importante como ação representativa de divulgação das ações sociais desenvolvidas pelas empresas.

Dessa forma, cabe destacar que a ADCE e o IBASE são os precursores dessa significativa ação pelo Brasil, seguindo de uma segunda geração que pode ser destacada pela ênfase dada à cooperação empresarial para um desenvolvimento diferenciado. A busca pela nova cultura empresarial ganha reforço através de instituições como CEBEDS – Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável, o Instituto Ethos e o Instituto Akatu que se enquadram nessa segunda geração de instituições presentes no desenvolvimento de organizações estratégicas que pleiteiam um novo layout de atuação na sociedade.

Atualmente o quadro empresarial vivido é aquele em que as organizações se preocupam em participar, envolver e comprometer-se com as diversas camadas do sistema social e organizacional. Tudo isso requer que as empresas sejam programadas para as práticas sustentáveis de gerenciamento, não apenas como uma postura para atender às exigências legais, mas também com a intenção de melhor se colocar no mercado.

É nesse cenário que a Contabilidade Social com enfoque Contábil ganha seu espaço, expandindo suas atribuições enquanto ciência, que irá atuar e demonstrar essas ações através de funções destinadas a registrar as ações da responsabilidade social geradas por uma organização. Já que A Contabilidade Social não só busca medir resultados no processo monetário, mas também toma o recurso humano desde a ótica humana, vendo-o como um ser que sente e que tem necessidades a satisfazer.

A Contabilidade Social com Enfoque Contábil surge como mais uma ramificação da Contabilidade, destinada a mensurar a evolução do conceito de empresa em termos sociais e ambientais.

As empresas não serão apenas empresas por realizarem unicamente os objetivos para os quais se fizeram existir. A elas são atribuídas ações que as façam perceberem a importância do papel que representam para a sociedade e para o meio ambiente, e, a elas cabem o exercício fundamental de mover ações que minimizem o impacto da construção de suas de riquezas.

Nesse contexto, temos o papel chave da Contabilidade Social com Enfoque Contábil que é a de veicular aos interassados como as empresas estão se comportando em relação á proposta de responsabilidade social através do Balanço Social.

No Brasil, isso é possível, isso se realiza, haja vista as movimentações que se estabeleceram nesse sentido. Contudo somente grandes empresas se preparam e se exibem nesse espaço, porque se preocupam com suas ações e procuram atender a demanda para se consolidarem no competitivo mercado.

Mas é preciso constatar e entender que pequenas empresas demoram um pouco mais para atuar nesse campo, talvez por não considerarem quão relevante é o impacto de suas ações no meio ao qual se inserem.

É necessário considerar também que sob a ótica do pequeno empresário não sobra muito espaço para a inserção de mais um nível de ciência Contábil capaz de assessorar uma organização para que seja socialmente sustentável e responsável.

 Referencias

Conheça a trajetória e a atuação da ADCE. Vídeo Institucional. Disponível em: http://www.adcemg.org.br/. Acessado em 27/05/2016.

Contabilidade Social. Rutney Cesar. Disponível em: http://www.administradores.com.br/artigos/economia-e-financas/contabilidade-social/31688/. Publicado em 2009. Acessado em 27/05/2016.

Entenda o que é RAIS e para que ela serve. Disponível em: http://www.mundocarreira.com.br/economia-e-financas/entenda-o-que-e-rais-e-para-que-ela-serve/. Publicado em 2014. Acessado em 27/05/2016.

Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) . Disponível em: http://www.mtps.gov.br/rais. Publicado em 2015. Acessado em 27/05/2016.

Responsabilidade social empresarial: um retrato da realidade brasileira. Instituto Akatu. Disponível em: http://www.akatu.org.br/Content/Akatu/Arquivos/file/Publicacoes/9-empres.pdf. Acessado em 27/05/2016.

Sustentabilidade e responsabilidade social nas empresas brasileiras. Sergio Lucchesi. Disponível em:  http://www.administradores.com.br/noticias/negocios/sustentabilidade-e-responsabilidade-social-nas-empresas-brasileiras/70939/. Publicado em 2012. Acessado em 27/05/2016.

MANSUR, Monica Borges. Contabilidade social com enfoque contábil. Monica Borges Mansur. Belo Horizonte: FEAD, 2012.130p.

RAMALHO, Ederson dos Santos. Introdução a Contabilidade. Ederson dOS Santos Ramalho. Belo Horizonte: EAD/FEAD, 2009. 152 p.

Artigo enviado por
Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Artigos

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.11 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César