Contábeis o portal da profissão contábil

23
Feb 2018
23:02

Empresarial

Empreendedorismo Contábil

Um bom serviço é a premissa do sucesso, mas já não basta por si só. Conhecimento técnico forma grandes contadores, grandes profissionais, mas não grandes empreendedores contábeis.

05/02/2018 16:10

3.603 acessos

O mercado contábil foi historicamente ocupado por profissionais liberais, isto é, um contador ou técnico em contabilidade que, com o apoio de alguns colaboradores (muitas vezes familiares), prestava os seus serviços.

Claro que com o tempo alguns profissionais ganharam mais destaque e acabaram criando grandes estruturas com dezenas de colaboradores e centenas de clientes e, por consequência, constituíram pessoas jurídicas. Mas na essência, na maioria das vezes, continuaram a ser vistos e gerenciados mais alinhados ao modelo do profissional liberal do que com um modelo propriamente empresarial.

Segundo esse modelo a capacidade/competência técnica e o próprio nome do profissional eram os fatores determinantes para sucesso do negócio, minimizando com isso a importância das competências e habilidades gerenciais e comerciais neste segmento.

Mas o mercado mudou, está em mudança, e hoje vivemos um choque de realidade que muitos outros segmentos viveram ainda na década de 90. Lembro-me que, quando criança, ia à farmácia tomar injeções ou fazer algum curativo, e que o dono conhecia toda a vizinhança pelo nome, hoje este modelo foi quase totalmente substituído pelas grandes redes. Lembro-me também que cheguei a atender no escritório armazéns ou bazares de bairro que tinham de tudo, hoje praticamente não existem mais. Até as padarias no Rio de Janeiro vem sendo cada vez mais sufocadas pelos minimercados de bairro...

Enfim, o mercado mudou e continua em mudança, e é óbvio que em algum momento atingiria o segmento contábil. Continuar atuando hoje, como se atuava nas décadas 70, 80 e 90 já não produzirá mais o mesmo resultado, apostar apenas no nome do patrono e na competência técnica já não são mais suficientes para garantir um bom resultado e o crescimento de um negócio contábil.

É claro que estes fatores continuam importantes, aliás, importantíssimos. Mas competência técnica e ou qualidade do trabalho prestado é o mínimo que se espera de qualquer empresa ou profissional contratado, aliás, é exatamente o que se espera de um funcionário. Para empreender é preciso bem mais – e em qualquer segmento de mercado.

Se no passado a competência técnica e o nome do profissional eram mais importantes, em detrimento de competências e habilidades gerenciais e comerciais, hoje este realidade se inverteu. Hoje o Profissional precisa desenvolver sua capacidade gerencial e comercial mais até do que o seu conhecimento técnico, se quiser escalar o seu negócio contábil – isto é, se quiser aumentar consideravelmente a sua carteira de clientes.

Para os que não se conformam, veja este exemplo: se você sabe contratar e gerenciar uma equipe, por exemplo, ainda que você não tenha um excelente conhecimento técnico, poderá contratar bons profissionais e extrair o potencial máximo deles, garantindo a qualidade do serviço prestado pelo seu escritório/empresa de contabilidade. Em sentido contrário, caso você tenha muito conhecimento técnico, mas contrate mal e não saiba gerenciar seus colaboradores, nunca conseguirá escalar o seu escritório contábil, pois chegará a um ponto que não conseguirá atender a todos os seus clientes e não conseguirá profissionais para lhe auxiliarem.

A Contabilidade é uma ciência, e sempre será. Conhecimento técnico é importante, e sempre será. Mas conhecimento técnico forma grandes contadores, grandes profissionais, mas não grandes empreendedores contábeis. Este não é mais o fator preponderante para aquele que deseja ter um grande escritório, com muitos clientes.

Não dá mais para ser “dono de escritório” como nos anos 80 ou 90, nem para alugar uma salinha, comprar mobiliário, computadores, material de escritório, um “sistema de papelaria” e esperar o cliente entrar pela porta. É preciso se transformar em empreendedor, recalibrar o Mindset, estudar novas áreas, aprender novas habilidades, desenvolver novas competências.

Um bom serviço é a premissa do sucesso, claro. Mas é também o mínimo que se espera, e já não basta por si só. Talvez você tenha anos de mercado, seja muito competente e já tenha se perguntado como ou por que pessoas que não tem a mesma experiência e conhecimento técnico que você conseguem captar mais clientes e desenvolver mais rapidamente os seus escritórios. A resposta é simples: enquanto você tem mais conhecimento contábil do que ele, ele tem mais habilidades e competências comerciais e gerenciais do que você.

Hoje o Empreendedor Contábil precisa conhecer mais do que Ciência Contábil e Tributos, precisa conhecer também um pouco de RH, Marketing, Vendas, Controle de Qualidade, Processos, Tecnologias e muitas outras habilidades gerenciais. Claro que não se espera que você desenvolva sozinho todas estas áreas, mas você precisa saber um pouquinho delas e ter a consciência das suas importâncias, para então, poder formar uma equipe ou contratar empresas especializadas que possam lhe auxiliar na construção do seu negócio contábil.

Neste momento talvez você pense: “mas isso vai me custar muito caro”, e realmente vai. Contratar todos estes serviços vai lhe custar caro, mas não fazer nada, no longo prazo, acredite, será mais muito mais caro.

Você não precisa aprender tudo isso ou contratar pessoas para todas estas áreas de hoje para amanhã, talvez nem mesmo neste ano, mas você pode e deve se planejar, elaborar um plano de ação e implementar estas e ou outras técnicas aos poucos, o que você não pode é continuar parado no tempo.

* Por Sergio Fernandes Jr.

Escrito por

Sergio Fernandes Junior

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.05 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César