Contábeis o portal da profissão contábil

25
Apr 2018
11:02

Empresarial

Dívidas Bancárias - E quando não dá para pagar mais?

Se não esta dando para continuar pagando os Bancos, um plano de contingências deve ser colocado em pratica!!!

27/03/2018 08:39

837 acessos

 

Com a queda da economia nos últimos anos, praticamente ninguém conseguiu sobreviver com recursos próprios, a saída para conseguir sobreviver ate a crise perder a força foi recorrer aos bancos.

Essa fonte de recursos, a partir de um tempo para cá deu “uma travada”, até compreensível em razão do grande volume de perdas, mas em seus custos já há essa provisão, mas como ninguém gosta de perder, é melhor segurar os recursos para quem tem garantia real; e foi assim que os bancos continuaram a emprestar, somente para clientes que tinham garantia real, preferencialmente para clientes com condições de continuar a liquidar seus débitos mas com bens imóveis atrelados as linhas de credito.

Hoje estamos venda a crise aos poucos perder a força, a economia como um todo da sinais ainda que tímidos de retomada, montadoras voltando a vender um pouco mais, o mercado da construção civil voltando a se mexer, inflação em baixa, juros os mais baixos da história, entre outros indicadores.

Mas o maior problema é dentro de nossas empresas, os compromissos bancários assumidos anteriormente estão fazendo com que as empresas para cumpri-los tenham que postergar outros pagamentos, ou seja, está deixando de pagar impostos ou ate mesmo alguns fornecedores para poder saldar os compromissos bancários.

Será que essa é a melhor alternativa?

Com certeza não; que os bancos tem uma grande importância, não há dúvidas, mas os fornecedores é que oxigenam a empresa, faz com seja possível gerar vendas...

Honrar os compromissos assumidos é uma dívida que muitos empresários fazem questão de cumprir e isso é muito importante, mas sua empresa tem que continuar “viva” para isso.

Muitas vezes é preciso definir prioridades e num planejamento definir a suspensão dos pagamentos aos bancos e iniciar um processo de renegociação do passivo bancário, para que a dívida possa ser alongada e ajustada a taxas saudáveis a empresa.

Mas tenha certeza, sozinho o empresário não conseguira!!!!

Essa negociação deve ser realizada por profissionais, pessoas acostumadas com esses processos, “especialistas”, que com certeza vão conseguir o que há de melhor para a sua empresa, algo totalmente diferente do que os bancos disponibilizam aos seus clientes no balcão de renegociação.

Empresário/gestor pense nisso.

Walber Almeida Xavier de Sousa é diretor da AXS Consultoria Empresarial.

www.renegociacaodedividas.com.br

 

 

Escrito por

Walber Almeida Xavier de Sousa

Experiência de mais de 30 anos nas áreas de Contabilidade, Finanças e Controladoria. Consultoria e Assessoria em Gestão Empresarial, em empresas de Pequeno e Médio porte; Renegociação Bancária (alongamento de prazos, redução e adequação de taxas e redução de garantias); Inventário e Avaliação Patrimonial (levantamento físico, laudos seguindo normas ABNT e IBAPE, impairment, confecção de placas, inserção de dados em sistemas); Diretor da AXS Consultoria Empresarial - www.axsconsultoria.com.br (15) 30130868 / 991051487 / 988151487 e-mail: contato@axsconsultoria.com.br

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César