Contábeis o portal da profissão contábil

23
Jun 2018
08:39

Empresarial

Leia somente se quiser mais clientes

Não existe milagre, não existe mágica, dá trabalho mesmo! E é exatamente por isso que pouquíssimas pessoas conseguem se destacar.

29/03/2018 08:49

3.113 acessos

empreendedor empreendedorismo contábil

Durante muitos e muitos anos o mindset predominante no mercado contábil foi o de profissional liberal, marcado pelo tecnicismo, personalismo e quase amadorismo do ponto de vista gerencial. E que fique claro, não há nada de errado nisso! Você pode ser, por opção, um(a) grande profissional liberal, amar o que faz, prestar um excelente serviço, não ter interesse em escalar e estar super feliz, e isso é lindo! Se for isso que te faz feliz: Lindo! Isso é sucesso! Você chegou lá! Parabéns!

Mas de alguns anos para cá temos assistido o despertar de um novo mindset: o empreendedor contábil. Esse cara não é exatamente um expert em contabilidade, tributos e departamento de pessoal, mas é muito bom em outras áreas como gestão, comercial e marketing (e não, comercial e marketing não são a mesma coisa). Esse novo mindset é marcado por características como administrar pessoas, processos e tarefas, capacidade de comunicação, visão estratégica e outras habilidades.

E também não há nada de errado nisso! Errado é não dar resultado. Se for isso que te deixa feliz, lindo também! Sucesso é ser feliz!

O problema é que tem muito “profissional liberal” que já percebeu essa tendência, esse momento de virada, e quer fazer essa virada também, mas está completamente perdido, não sabe nem por onde começar. Ele já até foi lá, criou sua empresa, atende pelo CNPJ invés do CPF e tem até uma logomarca! Mas as coisas simplesmente não acontecem ainda. Entendo que isso é angustiante...

Deixar de ser o “Contador João das Couves” e passar a ser a “JoCouves Contabilidade”, por exemplo, já foi um passo enorme para esse cara, e dado o tamanho do passo, ele tinha a fé inabalável que isso já começaria a gerar resultado, mas não gerou; e não gera mesmo. Se não houver uma mudança radical no mindset, na atitude mental, ele continuará sendo um “profissional liberal”, mas agora com um CNPJ.

Repito: não há nada de errado nisso, desde que isso deixe o João feliz. Mas se ele quiser ir além, precisará dar mais alguns passos. Não adianta ter CNPJ, querer ser empreendedor, gerar resultado, conquistar novos clientes e... teimar que os clientes na contabilidade só vem por indicação e por conhecerem e confiar nele, por exemplo. Esse é um traço MUITO marcante de um profissional liberal, ou ele muda sua atitude mental, sua forma de enxergar as coisas, ou não vai sair do lugar.

Então está bem. O João agora tem seu CNPJ, já entendeu que precisa dar mais alguns passos, está recalibrando o seu mindset e... resolveu fazer panfletos. Mas ainda não dá o resultado esperado. Então liga alguém e ele compra anúncios no jornal local, e de novo não gera resultado. Frustrante... eu sei.

Aí aparece “o sobrinho” e fala que ele precisa ir para a internet. E lá vai o João com a ajuda do sobrinho para internet: um site estranho, blog com textos copiados, funpage com imagens estranhas e... Não gera resultado!

Claro que não, João precisa de ajuda! Precisa de apoio, de gente profissional e especialista do seu lado para gerar resultado! Precisa de bons sistemas também! Mas aí vem um problema sério: isso é caro. João até entende que precisa dessa ajuda, especialistas, cursos, workshop, consultoria, etc. Mas tudo isso é muito caro, e João não tem grana para investir. A frustração e angústia aumentam, afinal ele já sabe por onde ir, mas é tudo tão caro...

Vamos lembrar que João ainda é um “profissional liberal” (apesar do seu CNPJ) e que qualquer R$ 500,00 gastos no escritório, são R$ 500,00 a menos no seu orçamento pessoal, e por mais que ele saiba que é investimento e não despesa, do outro lado da moeda está o pão da sua mesa, da sua família...

E algumas dúvidas angustiam mais ainda ao João: E se investir, será que vai ter mesmo o retorno prometido? Quanto tempo vai demorar até ter retorno? Será que funciona mesmo? Ele até acredita, já viu alguns resultados em amigos ou depoimentos, quer investir mesmo! Mas será sempre uma “expectativa” de retorno, contra o pão na mesa da sua família... E João ainda tem lá os seus medos: medo de investir e dar errado, medo do resultado demorar, medo de não gerar o resultado, medo de falhar como empresário, como chefe de família...

Então o João pensa: “preciso conseguir mais clientes, para com o dinheiro deles contratar essas pessoas e sistemas para me ajudar!” Mas nesse mesmo momento outro pensamento antigo lhe vem à cabeça: “mas como eu vou conseguir mais esses clientes para isso?”

E João entra na velha ciranda do biscoito: “é fresquinho porque vende muito, ou vende muito porque é fresquinho?”. João precisa conquistar clientes para contratar esses serviços, mas precisa desses serviços para conquistar novos clientes...

Nesse momento a angústia só aumenta, mais meia dúzia de clientes resolveria o problema dele, a resposta está tão perto, mas como conseguir isso?

Pois bem, aqui vai uma resposta simples e clara para o João: OFEREÇA.

É óbvio que existem técnicas, estratégias, e métodos para fazer isso de uma forma mais eficiente, para você gerar mais e melhores resultados, mas se você é o João, não é de nada disso que você precisa agora, isso você vai aprender nos cursos, consultorias ou sistemas que vai contratar quando tiver grana para isso, agora o que você precisa é de clientes, então: OFEREÇA!

Mas como? Da forma mais simples que você consegue imaginar: levanta da sua cadeira, vá para a rua, e aborde as pessoas! Vá aos comércios locais e ofereça seu serviço, abra sua agenda e ligue para os seus amigos, peça indicações, abra seu facebook e pergunte se alguém está querendo abrir empresa, aborde individualmente as pessoas e ofereça seu serviço ou peça indicações. Simples assim!

Segundo uma importante empresa de software para contadores, cerca de 25% dos empresários pretendem trocar de contador. Ora, então se você falar com 10 empresários por dia (só dez), em um mês vai ter falado com uns 300 empresários, dos quais, segundo a pesquisa, é provável que uns 70 pretendam trocar de contador. Mesmo sem técnica nenhuma, mesmo sem critério nenhum, sem método, sem nada, se você conseguir agradar só 10% desses que já querem trocar mesmo, você pode conquistar aí uma meia dúzia de clientes e em um ou dois meses poderá investir melhor em marketing, softwares e treinamentos para gerar ainda mais resultados!

Em tempo, visitar empresários e oferecer seus serviços não fere o código de ética da profissão, nem à moral, mas não faça “leilão de preços”, isso sim ofende ao código de ética. Busque apenas aqueles que já querem trocar mesmo, aqueles que não estão satisfeitos, e se apresente como opção, provavelmente já será suficiente.

“Ah! Mas vai dar trabalho...” Vai! Não existe milagre, não existe mágica, dá trabalho mesmo! E é exatamente por isso que pouquíssimas pessoas conseguem se destacar, se fosse fácil era para todos, mas é apenas para os diferenciados, é apenas para quem tem sangue nos olhos e quer fazer acontecer!

Agora a bola está com você... Vamos jogar esse jogo num outro nível ou você vai continuar esperando as coisas caírem do céu?

Escrito por

Sergio Fernandes Junior

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César