Contábeis o portal da profissão contábil

2
Set 2014
16:00

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


13º Salário - Integral

5   respostas
10.468   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Rejaine Magalhães

Usuário Ativo

postada em: Quinta-Feira, 22 de novembro de 2007 às 08:40:12
Existe algum impedimento legal se uma Empresa optar por pagar o 13º Salário integralmente dia 30 de Novembro?
postada em: Quinta-Feira, 22 de novembro de 2007 às 08:47:12
Bom dia Rejaine!

Acabei de ver sobre o assunto na IOB e lá diz que não há impedimento. Caso haja diferenças apuradas em 20 de dezembro, estas deverão ser pagas na mesma data.

Só preciso ver ainda como devo pagar o INSS.

André
OliveiraSoft
Ivair

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 22 de novembro de 2007 às 09:19:40
O nosso entendimento é o seguinte: a Lei 4.090, de 13 de julho de 1962, que Instituiu a Gratificação de Natal para os Trabalhadores, com as Alterações Introduzidas pela Lei 4.749, de 12 de agosto de 1965, trata assim:


Art. 1º - O pagamento da gratificação salarial, instituída pela Lei nº 4.090, de 13 de julho de 1962, com as alterações constantes da Lei nº 4.749, de 12 de agosto de 1965, será efetuado pelo empregador até o dia 20 de dezembro de cada ano, tomando-se por base a remuneração devida nesse mês, de acordo com o tempo de serviço do empregado no ano em curso.

.......


Art. 2º - Para os empregados que recebem salário variável a qualquer título, a gratificação será calculada na base de 1-11 (um onze avos) da soma das importâncias variáveis devidas nos meses trabalhados até novembro de cada ano. A esta gratificação se somará a que corresponder à parte do salário contratual fixo.


Parágrafo único. Até o dia 10 de janeiro de cada ano, computada a parcela do mês de dezembro, o cálculo da gratificação será revisto para 1-12 (um doze avos) do total devido no ano anterior, processando-se a correção do valor da respectiva gratificação com o pagamento ou compensação das possíveis diferenças.



Art. 3º - Entre os meses de fevereiro e novembro de cada ano, o empregador pagará, como adiantamento da gratificação, de uma só vez, metade do salário recebido pelo empregado no mês anterior.


§ 1º Tratando-se de empregados que recebem apenas salário variável, a qualquer título, o adiantamento será calculado na base da soma das importâncias variáveis devidas nos meses trabalhados até o anterior àquele em que se realizar o mesmo adiantamento.
Lydia Cristina

Usuário 5 Estrelas

postada em: Domingo, 27 de setembro de 2009 às 21:00:10
Boa noite.. então quando o 13 salário é pago integralmente a data limite é o dia 20 de dezembro??
eu sei que isso foi bastante debatido, mas ainda fiquei em dúvida.. espero que alguém possa me ajudar..
boa noite..

Lydia Cristina
Mozart Rodrigues e Silva Neto

Usuário Estrela Dourada

postada em: Segunda-Feira, 28 de setembro de 2009 às 08:25:56
Deve ser pago uma primeira parcela até 20/11. E o restante até 20/12.

Mas, algumas convenções coletivas permitem que seja pago de uma vez só em 20/12. Verifique se não é o caso.
Jane Leal

Usuário 5 Estrelas

postada em: Segunda-Feira, 28 de setembro de 2009 às 09:38:37
Bom dia....
Um cliente meu optou por fazer o pagamento integral para um funcionario apenas, este mes de setembro....fiquei na duvida se era legal, li em alguns lugares que nao poderia.....e outras dizeram que nao teria problema algum....acabei pagamento...
agora tbem estou na duvida com a relacao ao INSS. ...pago este mes? e em 20/12 pagrei outra guia do INSS com o restante do 13 dos demais funcionarios?
Grata

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.37 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César