Contábeis o portal da profissão contábil

1
Out 2014
13:17

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


empresário aposentado

8   respostas
7.579   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Pedro Coppla Junior

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 25 de janeiro de 2008 às 16:18:08
Em uma das empresas que atendo o sócio completou 65 anos em dezembro e agora em Janeiro de 2008 deu entrada na sua aposentadoria.

Ele continuará fazendo retirada de prolabore com desconto de INSS e retenção IR normalmente?

Ele pode parar de receber Prolabore por um periodo e depois voltar a fazer retirada e o desconto do INSS continuará normal caso ele mais tarde novamente pare de receber o Prolabore terá direito a restituição do INSS?
Elmo da Silva Moraes

Usuário 5 Estrelas

postada em: Terça-Feira, 6 de maio de 2008 às 13:05:18
Se for socio gerente no contrato, mesmo aposentado deve continuar retirar o pro-labore, con desconto de inss e irrf, nao havera restituição de inss desses valores recolhido apos a aposentadoria.Ele pode abaixar o valor da retirada, caso sua retirada for alta, uma vez q é aposentado, nao precisa contribuir com o valor alto, pois nao servira de base nenhuma para previdencia
Marinete Brasil Barbosa

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 5 de junho de 2008 às 12:39:13
OI GENTE.,
GOSTARIA DE SABER O APOSENTADA RECEBE UM VALOR VAMOS ASSIM DIZER R$ 950,00 E TRABALHA DE CARTEIRA ASSINADA PERCEBENDO O VALOR também de R$950,00,QUAL SERIA O DESCONTO MAXÍMO PARA O INSS? ??
Luiz José

Moderador

postada em: Sábado, 7 de junho de 2008 às 13:11:17
Boa tarde Marinete.



O desconto máximo para a previdencia é R$ 334,28 e a soma dos descontos dos salarios informados seria R$ 171,00, portanto dentro da faixa de descontos.

AVISO AOS NAVEGANTES: Qualquer pessoa tem o direito de presumir–se inocente até a sua culpabilidade ser provada. Cabe a cada um ser reto em suas ações para que seja sempre inocente.
Elmo da Silva Moraes

Usuário 5 Estrelas

postada em: Segunda-Feira, 9 de junho de 2008 às 17:01:39
Sobre o valor dos proventos sobre aposentadoria, nao incide inss, vai contribuir somente sobre o salario q trabalha na empresa, em cima de 950,00, ou seja 9%.. R$ 85,50
Patricia Araujo Porto

Usuário 2 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 3 de novembro de 2009 às 11:24:44
Pessoal,
Um funcionário que se aposenta antes dos 60 anos e continua trabalhando ele tera alguma alteração com relação a desconto de INSS e IR?
postada em: Terça-Feira, 13 de abril de 2010 às 16:13:33
Boa Tarde !! Minha duvida é a seguinte: Uma Empresa Individual, Representação Comercial, o sócio já aposentado, sem funcionários, precisa recolher INSS?
Savio Marques Soares

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 14 de abril de 2010 às 10:45:09
Cara Maria,

A contribuição como contribuinte individual é obrigatória para todos empresários que são remunerados (pró labore), independentemente de ser aposentado. Sendo uma contribuição imposta por Lei, o empresário deverá respeitar, independentemente de fazer jus (ou querer) aos benefícios previdenciários.

Como contribuinte individual Decreto 3.048/99, art. 9º, V, "h" e a obrigatoriedade de contribuir como aposentado, encontra-se no mesmo artigo, §1º.

O empresário poderá responder pelos " crimes previdenciários", como também empresa quando necessitar de CND, poderá lhe ser negada.

Sávio Marques
postada em: Quarta-Feira, 14 de abril de 2010 às 18:12:47
Sávio, muito obrigada pela orientação.... Maria de Lourdes...

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.44 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César