Contábeis o portal da profissão contábil

1
Ago 2014
12:55

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Alíquota INSS

11respostas
17.424acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Silvia Helena

Usuário Novo

profissãoMicro-Empresário
mensagens17
pontos148
membro desde31/12/1969
cidadeSao Carlos - SP
Postada:Sexta-Feira, 1 de fevereiro de 2008 às 12:18:09
por favor, tenho uma dúvida: a empresa que não foi enquadrada no simples nacional continua recolhendo 11% sobre o pró-labore ao INSS ou muda a líquota. obrigada pela atenção.
Alvaro Fabricio

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens8
pontos97
membro desde02/01/2008
cidadeCampo Grande - MS
Postada:Sexta-Feira, 1 de fevereiro de 2008 às 15:16:31
Na verdade quem paga 11% de INSS sobre o pró-labore, são os sócios e não a empresa.
A empresa desconta do pro-labore dos sócios e repassa para o INSS.
Se a empresa for optante do simples, não vai recolher mais nada de INSS. Se não for optante do simples, além de repassar os 11% descontados dos sócios, vai ter que recolher + 20% sobre o pró-labore para o INSS.

Acho que é isso. Espero ter lhe ajudado.

Abraço.
Silvia Helena

Usuário Novo

profissãoMicro-Empresário
mensagens17
pontos148
membro desde31/12/1969
cidadeSao Carlos - SP
Postada:Sexta-Feira, 1 de fevereiro de 2008 às 17:45:26
Desculpe, será que entendi? mesmo que a microempresa foi desenquadrada do simples nacional, o sócio continua recolhendo os 11% ao INSS. obrigada
Alvaro Fabricio

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens8
pontos97
membro desde02/01/2008
cidadeCampo Grande - MS
Postada:Sexta-Feira, 1 de fevereiro de 2008 às 18:07:44
O sócio sim.

Exemplo: Empresa não optante Simples

Pro-labore : R$ 1.000,00
(-) INSS 11% : R$ 110,00
Liquido : R$ 890,00 (valor que o sócio recebe)

GPS a recolher: R$ 310,00 (110,00 descontado do sócio + 200,00 ref 20% p/ o INSS) .

Esse exemplo é somente ref. ao pro-labore.
Edmilson José da Silva

Usuário Novo

profissãoCobrador(a) Externo
mensagens29
pontos214
membro desde15/01/2008
cidadeGoianesia - GO
Postada:Segunda-Feira, 4 de fevereiro de 2008 às 23:29:34
Boa noite,
Se uma pessoa física presta serviços para uma empresa optante do Simples Nacional, digamos no valor de R$ 1.200,00 (Um Mil e Duzentos Reais). A empresa deve reter 11% de INSS, nesse caso ela não recolherá junto mais 20% que lhe é devid?

E o ISS, IR?

Posso fazer isso somente por meio de um recibo?

E essa sefip é feita como autônomo?

O ramo de atividade dessa empresa é manutenção e instalações elétricas.

Gostaria de ser ajudado.

Grato

Edmilson
profissãoCoordenador(a) Adm. Financeiro
mensagens10
pontos177
membro desde07/02/2008
cidadeGovernador Dixsept Rosado - RN
Postada:Quinta-Feira, 7 de fevereiro de 2008 às 12:28:45
Queria saber qual a aliquota para calcular os valores de outras entidades, de uma empresa optante pelo super simples. (comercio)
Thiago Pena Machado

Usuário Novo

profissão
mensagens2
pontos13
membro desde20/03/2008
cidadeAragarcas - GO
Postada:Quinta-Feira, 20 de março de 2008 às 14:27:40
quando a empresa não é optante pelo simples tem que recolher a parte de outras entidades quando não se tem funcionários e só tem sócios?

obrigado
profissãoContador(a)
mensagens18
pontos342
membro desde30/01/2008
cidadeSao Jose do Serido - RN
Postada:Domingo, 30 de março de 2008 às 19:31:39
Boa Noite, Ermano

A empresa optante pelo Super Simples recolhe o INSS juntamente no DAS, se vc consultar o Anexo da Lei 123/2006 vc vai ver a aliquota do INSS, de acordo com a Lei esse são os tributos que foram abrangidos:

CAPÍTULO IV
DOS TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES

Seção I
Da Instituição e Abrangência

Art. 12. Fica instituído o Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte - Simples Nacional.
Art. 13. O Simples Nacional implica o recolhimento mensal, mediante documento único de arrecadação, dos seguintes impostos e contribuições:
I - Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica - IRPJ;
II - Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI, observado o disposto no inciso XII do § 1º deste artigo;
III - Contribuição Social sobre o Lucro Líquido - CSLL;
IV - Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social - COFINS, observado o disposto no inciso XII do § 1º deste artigo;
V - Contribuição para o PIS/Pasep, observado o disposto no inciso XII do § 1º deste artigo;
VI - Contribuição para a Seguridade Social, a cargo da pessoa jurídica, de que trata o art. 22 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, exceto no caso das pessoas jurídicas que se dediquem às atividades de prestação de serviços previstas nos incisos XIII a XXVIII do § 1º e no § 2º do art. 17 desta Lei Complementar;
VII - Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação - ICMS;
VIII - Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza - ISS.
...

XV - demais tributos de competência da União, dos Estados, do Distrito Federal ou dos Municípios, não relacionados nos incisos anteriores.
§ 3º As microempresas e empresas de pequeno porte optantes pelo Simples Nacional ficam dispensadas do pagamento das demais contribuições instituídas pela União, inclusive as contribuições para as entidades privadas de serviço social e de formação profissional vinculadas ao sistema sindical, de que trata o art. 240 da Constituição Federal, e demais entidades de serviço social autônomo.

Agora o INSS descontado dos funcionarios e o INSS retido sobre o Pro-labore e os autonomos (por exemplo: contadores), continua sendo recolhido.
No caso dos funcionarios de acordo com a tabela do INSS e os demais 11% até o limite permitido.

Bem, espero ter ajudado

Eliane Cristina
Nobre & Associados Contabilidade

Eliane Cristina
Nobre & Associados Contabilidade
São José do Seridó/RN
profissãoContador(a)
mensagens18
pontos342
membro desde30/01/2008
cidadeSao Jose do Serido - RN
Postada:Domingo, 30 de março de 2008 às 19:35:31
Boa Noite, Thiago

Nesse caso vc só vai tributar os 20% do INSS Patronal, a parte de outras entidade é só sobre os funcionarios.

Espeto ter ajudado
Um abraço

Eliane Cristina
Nobre & Associados Contabilidade
São José do Seridó/RN
profissãoAuxiliar Escritório
mensagens1
pontos-8
membro desde16/04/2008
cidadeChapeco - SC
Postada:Quarta-Feira, 16 de abril de 2008 às 11:55:37
gostaria de saber qual a aliquota de INSS e FGTS q deve ser recolhido por uma empresa optante pelo simples nacional em relaçao aos funcionarios e ao sócio
Tatiane Ribas

Usuário Novo

profissão
mensagens14
pontos144
membro desde02/03/2011
cidadeCuritiba - PR
Postada:Quarta-Feira, 14 de setembro de 2011 às 12:47:50
Tenho uma dúvida o empresario do simples nacional tem direito a aposentadoria recolhendo apenas os 11% de inss sobre o pro labore?
Samara Marina

Usuário Iniciante

profissãoContador(a)
mensagens45
pontos521
membro desde31/10/2011
cidadePonta Grossa - PR
Postada:Segunda-Feira, 31 de outubro de 2011 às 13:57:56
Boa Tarde e, em relação a transporte, nas empresas aqui do escritório é recolhido 11%, porém um colega de profissão me falou que recolhe os 11% mais 20% sobre a folha por ser transporte!!! Eu fiquei em dúvida, onde encontro essa informação?

Grata,

Att,
Samara Marina

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

Facebook

Receba Novidades


POSTS RELACIONADOS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Quem participa

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.6 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César