Contábeis o portal da profissão contábil

30
Jul 2014
04:02

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Alíquotas de ICMS do vinho

3respostas
7.441acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Vanusa Peron

Usuário Novo

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens22
pontos148
membro desde19/07/2006
cidadeXanxere - SC
Postada:Terça-Feira, 3 de outubro de 2006 às 15:50:00
Olá, estou fazendo um trabalho sobre as alíquotas de ICMS do vinho, nos estados do sul, mas está difícil de encontrar material sobre isso. se alguém tiver, por favor me enviem.
Paulo da Costa Machado

Usuário Estrela Dourada

profissãoContador(a)
mensagens1.402
pontos8.514
membro desde09/08/2006
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Terça-Feira, 3 de outubro de 2006 às 16:04:00
Olá Vanusa: Neste site vc encontrará alguma coisa.

http://www.abead.com.br/noticias/

Quando o jogo termina o peão e o rei vão prá mesma caixa.
Vanusa Peron

Usuário Novo

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens22
pontos148
membro desde19/07/2006
cidadeXanxere - SC
Postada:Terça-Feira, 3 de outubro de 2006 às 16:19:00
Olá Paulo, neste site não encontrei nada relacionado com as alíquotas, pois o site apenas fala sobre as bebidas alcoolicas, sabe de outro lugar que posso encontrar?
Miguel Viscardi

Usuário 2 Estrelas de Prata

profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens602
pontos4.095
membro desde03/07/2006
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 3 de outubro de 2006 às 22:03:00
Nesta página tem um esclarecimento interessante, inclusive fala sobre alíquota do ICMS s/ o produto:

http://www.estado.rs.gov.br/index.php?inc=noticias/noticias_view.php¬id=53386&vg=&vac=

caso não abra o link:

Menor tributo

O governador ainda garantiu que a menor tributação sobre o vinho no Brasil é no Rio Grande do Sul: "Reduzimos, via crédito presumido, de 17% para 12% a alíquota de ICMS sobre o vinho nacional. Isso para proteger o vinho nacional da entrada do vinho estrangeiro. A carga tributária do Brasil sobre o vinho é de 25% e no Rio de Janeiro é de 28%. Não tem nenhum Estado da federação que tenha uma tributação sobre o vinho com alíquotas como a nossa".

Também destacou a existência de um movimento nacional para diferenciar o tratamento dado ao vinho em relação a bebidas como vodca, uísque, gim e outras bebidas quentes, porque tem propriedades diferentes, com base em influência da Espanha, que trata o vinho de forma diferente. "Aqui no Estado o vinho é diferente. Com a reforma tributária pode ocorrer uma modificação nos estados onde a alíquota é muito alta", analisou.

O novo projeto previsto, segundo o governador, "terá toda a correção com relação às limitações, a questão da publicidade falando das inúmeras qualidades do vinho e alertando para o conteúdo alcoólico, quem não pode ingerir vinho e a diferenciação das bebidas quentes. Como isso será colocado no texto do projeto, ainda não temos a forma, mas estamos analisando todas as sugestões que foram apresentadas".



Gov.Rio Grande do Sul

--------------------------------------------------------------------------------




mviscardi@terra.com.br



Colabore com o Forum- Antes de perguntar acesse: Pesquisar:


Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

Facebook

Receba Novidades


POSTS RELACIONADOS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Quem participa

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.13 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César