Contábeis o portal da profissão contábil

13
Dec 2017
01:20
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


contabilização do balanço de abertura

107respostas
175.772acessos
  

mostrando página 1 de 4
1 2 3 4
Carlos Ramon Almeida

Usuário Novo

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens7
pontos96
membro desde25/08/2008
cidadeAraucaria - PR
Postada:Segunda-Feira, 25 de agosto de 2008 às 10:08:53
Bom dia , gostaria que alguem me ajudasse na contabilização do balanço de abertura pois pesquisei e ainda fiquei com duvidas de onde criar a conta "balanço de abertura" , se só no patrimonio líquido ou em cada grupo de conta devo criar uma conta balanço de abertura, desde já grato.

2 pessoas aprovaram esta mensagem.

Claudio Rufino

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens3.680
pontos31.798
membro desde02/06/2005
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 25 de agosto de 2008 às 10:24:08
Bom dia Carlos Ramon Ramos de Almeida.

Vamos lá:

O Balanço de abertura ou balanço inicial advem de dois pontos importatíssimos a saber:

1 - ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL

Qualquer tipo de empresa, independentemente de seu porte ou natureza jurídica, necessita manter escrituração contábil completa, inclusive do Livro Diário, para controlar o seu patrimônio e gerenciar adequadamente os seus negócios.

Entretanto, não se trata, exclusivamente, de uma necessidade gerencial, o que já seria uma importante justificativa.

A escrituração contábil completa está contida como exigência expressa em diversas legislações vigentes

ABERTURA DA ESCRITURAÇÃO

Empresa Nova ou em Implantação

O início da Escrituração Contábil terá por base o instrumento de constituição da empresa que, dependendo de sua natureza jurídica, será:

a) a Declaração de Firma Individual;
b) o Contrato Social;
c) a Ata da Assembléia de Constituição.

O Capital Social subscrito ou comprometido pelos sócios é que dá origem ao patrimônio da sociedade, nascendo ali um direito da empresa em relação aos seus participantes.

A integralização do Capital, ou seja, o cumprimento da obrigação pelos sócios, pode se dar de várias formas, sendo mais comum com dinheiro, com bens e/ou com direitos.

O correto é registrar, com a data da assinatura do instrumento de constituição, o compromisso assumido através do seguinte lançamento no diário:

D - Capital a Realizar Sócio "a"
C - Capital Subscrito Capital Social
Valor do capital subscrito......................R$

Por sua vez, na data da integralização, pelos sócios, proceder-se-ia ao seguinte registro:

Observe-se que a conta a ser debitada vai variar em função da forma de integralização.

No exemplo, a integralização ocorre em dinheiro, porém, se fosse com um prédio, debitaríamos "Imóveis" e assim por diante.

D - Caixa
C - Capital a Realizar Sócio "a"
Recebido para integralização do capital subscrito...........R$

2 - Empresa sem Escrituração Contábil

Por desconhecimento da obrigatoriedade e da utilidade da escrituração contábil, existem casos de empresas que funcionam há vários anos e, no entanto, não mantêm escrituração regular.

Constatada a impossibilidade de se proceder à escrituração de períodos anteriores, na forma convencional, a alternativa é a preparação de um Balanço de Abertura.

O Balanço de Abertura consiste na realização de um inventário físico e documental que permita identificar os bens, os direitos e as obrigações da empresa em determinado momento.

Conhecidos os bens, os direitos e as obrigações e estabelecidos os respectivos valores, deverá o Contabilista estruturar o Balanço de Abertura, que será sintetizado com base no ordenamento feito previamente num "elenco de contas" ao qual fazemos referência adiante.

No Ativo, serão devidamente agrupados os bens e os direitos.

No Passivo, figurarão as obrigações.

Para se obter a igualdade : ATIVO = PASSIVO, deve-se considerar, juntamente com o Passivo, o valor do Capital registrado.

Se o Ativo comparado com o Passivo acrescido do Capital estiver maior, a diferença deverá ser denominada "Lucros Acumulados".

Se o Ativo comparado com o Passivo acrescido do Capital estiver menor, a diferença deverá figurar como "Prejuízos Acumulados", como redutora do Capital.

Qualquer que seja a forma de escrituração, há a necessidade de se proceder ao registro dos elementos Ativos e Passivos para abertura da escrita, o que pode ser feito através dos seguintes lançamentos no diário:

A) Registro dos Elementos Ativos

D - Caixa (AC)
C - Balanço de Abertura(PC)
Saldo existente em ..../...../........................ R$ 2.000,00

D - Bancos Conta Movimento(AC)
C - Balanço de Abertura(PC)
Saldo existente em ..../...../.........................R$ 10.000,00

D - Estoques de Mercadorias(AC)
C - Balanço de Abertura(PC)
Estoque existente em ...../....../.................R$ 80.000,00

D - Móveis e utensílios(AI)
C - Balanço de Abertura(PC)
Móves e utensilios existentes conforme relação.......R$ 4.000,00

B) Registro dos Elementos Passivos

D - Balanço de Abertura(PC)
C - Duplicatas a Pagar(PC)
Duplicatas existentes conforme relação.....R$ 20.000,00

D - Balanço de Abertura (PC)
C - Obrigações Sociais(PC)
Obrigações a pagar conforme relação e cópias........R$ 7.000,00

D - Balanço de Abertura(PC)
C - Obrigações Tributárias(PC)
Obrigações a pagar conforme relação e cópias..................R$ 4.000,00

C) Registro do Capital Social (Registrado)

D - Balanço de Abertura (PC)
C - Capital Social(PL)
Valor do Capital Social registrado conforme Contrato Social. ............R$ 30.000,00

D) Registro do Lucro Apurado

D - Balanço de Abertura(PC)
C - Lucros Acumulados(PL)
Valor do lucro apurado no Balanço de Abertura. ......R$35.000,00

Efetue todos lançamentos, com a data igual ao do Balanço de Abertura.

BALANÇO DE ABERTURA EM: ____/____/______

Empresa:______________________________

CNPJ: ______________________

Depois que forem realizados os lançamentos acima e elaborado o balanço conforme o modelo exposto, tudo devera ser transcrito no livro diário, sendo que as relações, cópias de documentos assim como as memórias de calculos deverão ficar arquivados a disposição de eventuais fiscalizações que vierem a acontecerem.

Legendas: AC = ATIVO CIRCULANTE
PC = PASSIVO CIRCULANTE
AI = ATIVO IMOBILIZADO
PL =

Nota: a conta "Balança de Abertura" deverá ser criada no PL ou se preferir no grupo das contas de resultado lá no final, a aludida conta será transitória e não ficará com saldos.

Sds.

Empresário, seja prudente, contrate profissional habilitado
Professor de Contabilidade
http://www.fcscontabeis.com.br
http://www.facebook.com/fcscontabeis
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/

27 pessoas aprovaram essa mensagem.

Saulo Heusi

Usuário VIP

profissão
mensagens21.877
pontos213.969
membro desde24/07/2006
cidade
Postada:Segunda-Feira, 25 de agosto de 2008 às 10:29:27
Bom dia,

Diante da aula, dos exemplos e da brilhante explanação postada pelo Claudio, prefiro retirar minha resposta (não tão abrangente e completa), postada simultaneamente à dele, certo de que a de acima não deixará a menor dúvida acerca do assunto.

Está de parabéns o Claudio e ganham todos os que tiverem a oportunidade de ler o tópico em questão.

...

11 pessoas aprovaram essa mensagem.

Carlos Ramon Almeida

Usuário Novo

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens7
pontos96
membro desde25/08/2008
cidadeAraucaria - PR
Postada:Segunda-Feira, 25 de agosto de 2008 às 11:49:57
Venho deixar meus agradecimentos, caro colega Claudio, agora realmente consegui tirar todas as dúvidas sobre o assunto e materializar os lançamentos que irei fazer . Concordo com o colega Saulo, a resposta foi bastante esclarecedora e bem clara para quem interessar possa ter aportunidade de tirar dúvidas sobre o assunto.

Um Bom dia a todos.

2 pessoas aprovaram esta mensagem.

Lucilene

Usuário Iniciante

profissãoContador(a)
mensagens47
pontos923
membro desde22/02/2008
cidadeSantos - SP
Postada:Terça-Feira, 26 de agosto de 2008 às 12:14:48
Bom Dia Claudio,

Você acha que há necessidade desse balanço para uma loja, ME, do Simples de empresário individual?

E se não. Como faria a abertura da escituração no livro caixa dessa empresa?

Obrigada

Lucilene

Lucilene R. Pereira

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Claudio Rufino

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens3.680
pontos31.798
membro desde02/06/2005
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 26 de agosto de 2008 às 13:23:49
Lucilene.

Veja bem:

Da Obrigatoriedade da Escrituração Contábil.

A Escrituração Contábil tem como objetivo controlar o Patrimônio e facilitar a análise da situação financeira de uma empresa, sendo assim, ela torna-se indispensável para qualquer tipo de empresa, independente de seu porte ou natureza jurídica. Sem a contabilidade, o empresário perde o principal instrumento para a tomada de decisões.

A obrigatoriedade da escrituração contábil tem respaldo nas seguintes legislações: . Lei 10.406/02 - Código Civil (Art. 1.179). . Lei 6.404/76 - Lei das Sociedades por Ações, Arts. 176 e 177; . Lei de Falência - Decreto-Lei nº7661 de 21/06/1945, Art. 140; . NBCT-2 Resolução CFC nº563/83 (Itens 2.1.3 e 2.1.4) Resolução CFC 803/96-Código de Ética Profissional do Contabilista(Art. 2º item 10.03)

Você diz: "Você acha que há necessidade desse balanço para uma loja, ME, do Simples de empresário individual?"

E eu lhe respondo, é o fisco que determina, agora vai de cada profissional adotar ou não o sistema de escrituração.

Empresário, seja prudente, contrate profissional habilitado
Professor de Contabilidade
http://www.fcscontabeis.com.br
http://www.facebook.com/fcscontabeis
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/

4 pessoas aprovaram essa mensagem.

Anna Paula Correia

Usuário Estrela Nova

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens211
pontos1.341
membro desde23/11/2007
cidadeSanta Barbara Doeste - SP
Postada:Segunda-Feira, 22 de setembro de 2008 às 08:33:38
Bom dia, estou com uma duvida simples em relação à um Balanço de Abertura que tenho q fazer...
Ao passar uma empresa que era escriturada pelo Livro Caixa para a Escrituração Contábil, devo relevar somente a conta Caixa do último período do Livro já encerrado e o valor do Capital Social?
E sendo assim, esses lançamentos deverão ser feitos no 1°dia do mês em que começará a ser escriturado pela contabilidde, ou no 1° dia útil do ano em curso?
Se alguém puder me ajudar agradeço, pois não consegui encontrar nada parecido na pesquisa...

Obrigada, Anna Paula.

Anna Paula

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Claudio Rufino

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens3.680
pontos31.798
membro desde02/06/2005
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 22 de setembro de 2008 às 08:41:58
Bom dia Anna Paula Correia.

Se você resolveu migrar a escrituração de "caixa" para "escrituração contábil" da empresa de 2007 para 2008, convém que o início seja a partir de janeiro/2008.

Quanto as contas, que deverão conter no balanço de abertura, será caixa(o saldo final), banco e capital social e se você tiver saldo de fornecedores(relatório extra-contábil).

Todavia, se a empresa tiver ativo imobilizado, estes deverão constar no seu balanço de abertura, bem como a depreciação se houver.

Em tempo, e na melhor forma, ao criar seu balanço de abertura, não se esuqueça que no mesmo plano de contas que dará origem às contabilizações posteriores, deverá estar de acordo com a lei 11638/2007.

Sds.

Empresário, seja prudente, contrate profissional habilitado
Professor de Contabilidade
http://www.fcscontabeis.com.br
http://www.facebook.com/fcscontabeis
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/

6 pessoas aprovaram essa mensagem.

Anna Paula Correia

Usuário Estrela Nova

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens211
pontos1.341
membro desde23/11/2007
cidadeSanta Barbara Doeste - SP
Postada:Segunda-Feira, 22 de setembro de 2008 às 08:46:41
Olá Claudio, agradeço a atenção...
A empresa veio de um outro escritório onde era escriturada pelo Livro Caixa, e seu ultimo saldo é em Agosto/2008, posso começar a escrituração contábil no 1°dia de Setembro/2008?
Referente aos imobilizados da empresa, tenho em mãos todas as Notas Fiscais, no entanto não sei se há depreciação qdo a empresa é escriturada pelo Livro Caixa?

Obrigada, Anna Paula.

Anna Paula

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Claudio Rufino

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens3.680
pontos31.798
membro desde02/06/2005
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 22 de setembro de 2008 às 08:52:13
Referente aos imobilizados da empresa, tenho em mãos todas as Notas Fiscais, no entanto não sei se há depreciação qdo a empresa é escriturada pelo Livro Caixa?

Veja bem, de fato não há como fazer depreciação quando tratamos de escrituração através do livro caixa, esses registros deveriam ser feitos ou devem ser feitos, a partir de relatórios extra-contábeis, ok?

Olá Claudio, agradeço a atenção...
A empresa veio de um outro escritório onde era escriturada pelo Livro Caixa, e seu ultimo saldo é em Agosto/2008, posso começar a escrituração contábil no 1°dia de Setembro/2008?

Sim poderá proceder com o balanço de abertura nesta data sem problema nenhum, como se trata de balanço de abertura, entre com os saldos iniciais, fazendo da forma que você já aprendeu, ok? ou seja, debita-se o ativo e credita-se a conta transitária => *balanço de abertura e nos lançamentos do passivo credita-se o passivo e debita-se a conta transitória*

Sds.

Empresário, seja prudente, contrate profissional habilitado
Professor de Contabilidade
http://www.fcscontabeis.com.br
http://www.facebook.com/fcscontabeis
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/

2 pessoas aprovaram esta mensagem.

Anna Paula Correia

Usuário Estrela Nova

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens211
pontos1.341
membro desde23/11/2007
cidadeSanta Barbara Doeste - SP
Postada:Segunda-Feira, 22 de setembro de 2008 às 08:57:32
Ok Claudio, obrigada mais uma vez pela disposição em me ajudar...
Só uma ultima dúvida, caso não hajam esses relatórios (terei que solicitar junto ao escritório anterior), terei que lançar (em 1°setembro/2008) as Notas de Imobilizados ou cadastrar como saldos, para a depreciação?

Obrigada.

Att, Anna Paula.

Anna Paula
Claudio Rufino

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens3.680
pontos31.798
membro desde02/06/2005
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 22 de setembro de 2008 às 09:06:39
Então Anna Paula, acredito que o outro escritório não tenha esses relatórios(infelismente há profissionais e profissionais), mas tente a sorte quem sabe?

O lançamento dos ativos, deverão ser lançados pelo valor da nota fiscal, se você tiver os saldos da depreciação, legal, faça os lançamentos.

Sds.

Empresário, seja prudente, contrate profissional habilitado
Professor de Contabilidade
http://www.fcscontabeis.com.br
http://www.facebook.com/fcscontabeis
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Anna Paula Correia

Usuário Estrela Nova

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens211
pontos1.341
membro desde23/11/2007
cidadeSanta Barbara Doeste - SP
Postada:Segunda-Feira, 22 de setembro de 2008 às 09:19:01
Ok Claudio, Obrigada mais uma vez...

Abraços, Anna Paula

Anna Paula

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Andre Peixoto Braz

Usuário Novo

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens5
pontos30
membro desde29/07/2009
cidadeJoao Pessoa - PB
Postada:Quinta-Feira, 15 de outubro de 2009 às 17:09:17
Caso a entidade que estamos assumindo a contabilidade seja muito antiga e seu imobilizado idem...como menssurar os valores caso encontremos moveis; utencilios; veiculos e outros com mais de 5 anos de comprados, vai ter casos que nem mesmo a nota fiscal exista mais, é possivel despresar tal lançamento? ou tem que efetuar o referido lançamento assim mesmo, como proceder?

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Jocimar

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens18
pontos361
membro desde17/02/2010
cidadeMarataizes - ES
Postada:Quinta-Feira, 6 de maio de 2010 às 23:42:21
A pergunta do André Peixoto é bastante pertinente. Inclusive é minha dúvida também.

Alguém poderia responder?

Neste contexto, gostaria de saber dos senhores também. Uma empresa que passa a ser escriturada em 2008, pegando carona no exemplo acima do Claudio Rufino, que até 2007 era escriturada só pelo livro caixa, como fica as possíveis diferenças de estoque, inclusive já informada na DASN_2008. Entendo, que quando você passa a escriturar, seja por qual motivo for, ela deverá ser a mais realista possível

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Renan Estanislau

Usuário Novo

profissão
mensagens5
pontos133
membro desde18/01/2010
cidade
Postada:Segunda-Feira, 14 de junho de 2010 às 14:24:32
Boa tarde pessoal,

Aproveitando a carona sorbe o balanco de abertura, tenho uma dúvida:
Vou abrir o balanço de uma empresa que no contrato social tem início de suas atividades em 20/01/2010, porém o registro na Junta Comercial foi em 09/02/2010, entendo que sem contrato social registrado a empresa não existe legalmente, ou seja, os lançamentos de abertura deverão ser feitos na mesma data de registro na Junta Comercial. Alguém tem algum posicionamento sobre esse tema?

Obrigado
Saulo Heusi

Usuário VIP

profissão
mensagens21.877
pontos213.969
membro desde24/07/2006
cidade
Postada:Terça-Feira, 15 de junho de 2010 às 07:59:27
Bom dia Renan,

Seu raciocínio tem lógica e está correto. Os registros iniciais de qualquer empresa devem ser efetivados na data do registro do Contrato Constitutivo na Junta Comercial.

É este também o entendimento da Receita Federal que fará constar no Cartão do CNPJ como a "Data de Abertura" da empresa.

...

Jocimar

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens18
pontos361
membro desde17/02/2010
cidadeMarataizes - ES
Postada:Quinta-Feira, 17 de junho de 2010 às 22:07:54
No balanço de abertura, quando estamos apurando os saldos patrimoniais, pode ocorrer de um bem por um motivo ou outro não possuir Nota Fiscal ou recibo.

O que fazer nesses casos?

Simplesmente ignorar, ficaria com um equipamento em pleno funcionamento na empresa sem estar escriturado no imobilizado. Por outro lado, a boa prática contábil exige-se documentos hábeis.

Alguém já passou esta situação?
Dartanha Juraski

Usuário Novo

profissãoGerente Contabilidade
mensagens15
pontos224
membro desde14/01/2010
cidadeWenceslau Braz - PR
Postada:Segunda-Feira, 16 de agosto de 2010 às 17:28:57
Muito obrigado pelo ex. caro colega Claudio, gostaria se fosse posivel, de um modelo de plano de contas onde apareçam as contas citadas pelo colega no primeiro ex. deste tópico.

Obrigado Dartanhã Juraski.
Lopes

Usuário Estrela Dourada

profissão
mensagens1.255
pontos9.880
membro desde04/03/2009
cidadeLins - SP
Postada:Quinta-Feira, 7 de outubro de 2010 às 16:05:49
Preciso que alguém me ajuda na interpretação de um exemplo de Balanço de Abertura:

ATIVO

Caixa 15.000,00
Saldo c/c Banco do Brasil 4.700,00
Saldo c/c CEF 2.800,00
Aplicação FIF CEF 27.500,00
Duplicatas a Receber 79.500,00
Estoques 45.700,00
Veículos 15.500,00
Máquinas e Equipamentos 9.400,00
Balanço de Abertura 200.100,00

PASSIVO

Balanço de Abertura 200.100,00
Depreciação Veículos 6.450,00
Depreciação Máq e Eq 3.150,00
Fornecedores 37.990,00
Salários a Pagar 10.400,00
Tributos a Pagar 7.500,00
Capital Social 50.000,00
Reserva de Lucros 84.610,00



Quero entender porque foram colocadas as contas de depreciações no passivo?


Fonte: http://asean.webnode.com/guia-cntabil/g/


"Ninguém é tão sábio que não possa aprender nem tão tolo que não possa ensinar."
Blaise Pascal

José Carlos da Silva

Usuário Frequente

profissão
mensagens61
pontos880
membro desde18/09/2009
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 11 de outubro de 2010 às 20:39:30
Prezado(s) Colega(s)

Boa Noite.
Gostaria da ajuda dos colegas,
Estou elaborando balanço de abertura de uma empresa Lucro Real, a partir, precisamente do saldo da Dipj de 31/12/2004, até esta data empresa Ltda, a partir de 17/01/2005, passou a S/A fechada;
Ativo
Caixa e bancos....................696,25
Estoque.................... 1.163.989,77
Clientes..........................92.000,00
Impostos a recuperar......37.560,39
Outras contas...............139.885,81
Equiptos, Maqs...........1.209,697,25
Veiculos.........................11.863,52
Moveis e Utensilios..........65.227,36
(-)Depreciações...........(319.091,48)
Total Ativo.................2.401.828,87
Passivo
Fornecedores............3.203.631,82
Financ. C.Prazo............272.209,49
Impostos e Contrib.......770.440,66
Financ. Longo Prazo...1.217.157,43
Capital...................... 400.000,00
(-) Prejuizo Acum......3.461.610,73
Total Passivo.............2.401.828,87
No dia 17/01/2005, qdo. da transformação houve aumento de Capital social no valor de 500.000,00 em especie.
1)Houve levantamento fisico do estoque, no qual originou uma diferença de 62.184,32, para mais.
2) Quanto as contas clientes e Outras contas, não foi localizada.
3) Quanto a Imposto a recuperar, efeuando levantamento, junto orgãos, para verificar se não prescreveu.
4) Quanto ao Imobilizado(maqs, Moveis e veiculo, foram furtados e roubados no pátio da empresa, confrome BO e Laudo de 08/07/2005.
5) O furto se deu devido o local estar abandonado, sem segurança.

Desde já agradeço a colaboração de todos.
José Carlos
Ht Contabil

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens5
pontos36
membro desde12/10/2010
cidadeMaceio - AL
Postada:Terça-Feira, 12 de outubro de 2010 às 23:29:01
boa noite,

Tenho várias dúvidas e gostaria que alguém me ajudasse.

1 - estou assumindo a contabilidade de um supermercado, que ainda não está oficialmente aberto, mas já está tudo preparado para abrir. Digo tudo preparado fisicamente, porque no âmbito contábil, não tem nem sequer um programa para fazer lançamentos das compras já realizadas e tudo mais. O dono tem um outro supermercado em funcionamento, antigo, mas está abrindo este sem ser filial. É na verdade uma outra empresa, totalmente independente. Sei que preciso montar um plano de contas para lançar as movimentações que já começaram, certo? Preciso também criar um balanço de abertura? Ou montando o plano de contas com os respectivos saldos já é suficiente?

2 - o dono deste supermercado que está abrindo, realizou compras de bens do ativo imobilizado na razão do antigo. Como vou proceder para regularizar isto.

Por favor se alguém souber me ajudar ficarei muito grata.
Saulo Heusi

Usuário VIP

profissão
mensagens21.877
pontos213.969
membro desde24/07/2006
cidade
Postada:Quarta-Feira, 13 de outubro de 2010 às 07:18:01
Bom dia Tanisia,

Nas mesma ordem aposta por você:

1 - Neste caso não há a necessidade de um Balanço de Abertura, pois você dará início a contabilidade normalmente, tendo como registros contábeis primeiros a constituição propriamente dita, ou seja a formação do Capital Social.

Não há como "montar o plano de contas com os respectivos saldos" sem que os registros contábeis tenham sido elaborados.

2 - Se houve aquisição de bens do Ativo Imobilizado em nome de outra empresa (ainda que do mesmo dono) para todos e quaisquer efeitos tais imobilizações pertencem a outra empresa. Por se tratar de personalidades jurídicas diferentes a "transferência" se dará pela alienação ou arrendamento dos referidos bens.

...

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Ricardo C. Gimenez

Moderador

profissãoAssessor(a) Contabilidade
mensagens3.460
pontos36.944
membro desde27/02/2008
cidadeLins - SP
Postada:Segunda-Feira, 18 de outubro de 2010 às 10:56:26
Bom dia, José Carlos da Silva


Especifique melhor a sua dúvida.

e-mail de moderador: [email protected]
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
José Carlos da Silva

Usuário Frequente

profissão
mensagens61
pontos880
membro desde18/09/2009
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 18 de outubro de 2010 às 12:06:23
Oi Ricardo C. Gimenez

Bom dia.

Como mencionei, preciso elaborar balanço de abertura da empresa a partir 01/01/2005 e os saldos que tenho em mãos é o da Dipj de 2004 entregue em 2005, conforme mencionado anteriormente

A empresa está inativa desde 01/01/2005 até a presente data. Estamos regularizando para reativá-la.

Solicitei levantamento do Ativo e Passivo da empresa, para confrontar com os saldos da Dipj de 31/12/2004.

Pois Bem,
No ativo o único valor existente é o estoque somando R$ 1.226.174,09, conforme levantamento fisico e na Dipj de 31/12/2004, foi declarado o valor de 1.163.989,77, portanto uma diferença a maior de 62.1894,32,
Como contabilizar essa diferença, para acertar o estoque?

Os valores do caixa, clientes, outros créditos e imposto a recuperar, não existe mais.
Como contabilizar a baixa desses valores?

Os equipamentos, veiculos, foram roubados e furtados de dentro da empresa, conforme BO e Laudo, os proprietarios não colocaram segurança na empresa para zelar pelos bens.
Como contabilizar essa perca?

Em 17/01/2005, capital social era R$ 400.000,00, foi feito aumento de R$ 500.000,00, passando para R$ 900.000,00 em espécie e transformado a empresa de ltda para SA.
Como contabilizar essa diferença, sendo que a empresa a partir desse mes não tinha caixa, reservas e não localizei nenhuma menção de emprestimos feitos pelos sócios, para a integralização do capital social.

Devo contabilizar na conta de ajuste de exercicios anteriores.

Desculpe, mas tenho que iniciar a contabilidade a partir dos saldos acima mencionados.

Desde já.

Agradeço.
José Carlos







Fernando Silva

Usuário Novo

profissãoAssessor(a) Gerência
mensagens4
pontos37
membro desde11/01/2011
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 2 de fevereiro de 2011 às 14:54:30
Prezados Senhores,

Vou iniciar a contabilidade de uma ASSOCIAÇÃO CIVIL SEM FINS LUCRATIVOS que tem as mesmas características de uma congregação religiosa.

Os senhores teriam um modelo de PLANO DE CONTAS para me apresentar?

Quais seriam os primeiros lançamentos contábeis referente à constituição da associação, uma vez que NÃO POSSUI PATRIMÔNIO e as pequenas Despesas de Cartório foram pagas com doação, não restando nenhum saldo no Caixa?

Certo de sua atenção, agradeço-lhe desde já pela ajuda.

Fernando Silva
Claudio Rufino

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens3.680
pontos31.798
membro desde02/06/2005
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 2 de fevereiro de 2011 às 16:35:15
Fernando Silva.

Prezados Senhores,

Vou iniciar a contabilidade de uma ASSOCIAÇÃO CIVIL SEM FINS LUCRATIVOS que tem as mesmas características de uma congregação religiosa.

Os senhores teriam um modelo de PLANO DE CONTAS para me apresentar?

Quais seriam os primeiros lançamentos contábeis referente à constituição da associação, uma vez que NÃO POSSUI PATRIMÔNIO e as pequenas Despesas de Cartório foram pagas com doação, não restando nenhum saldo no Caixa?

Certo de sua atenção, agradeço-lhe desde já pela ajuda.

No banco de dados do Fórum existe muito material a cerca desse tipo de entidade, faça uma pesquisa pelo que tenho certeza que esta satisfará seus anseios.

D´outra sorte, indubitavelmente o amigo precisará contratar os serviços de um profissional com habilitação pelo CRCSP, pois este profissional poderá orienta-lo sobre todos os tramites necessários para essa empreitada.

Boa sorte

Empresário, seja prudente, contrate profissional habilitado
Professor de Contabilidade
http://www.fcscontabeis.com.br
http://www.facebook.com/fcscontabeis
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
Fernando Silva

Usuário Novo

profissãoAssessor(a) Gerência
mensagens4
pontos37
membro desde11/01/2011
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 2 de fevereiro de 2011 às 17:02:14
Prezado Senhor Claudio Rufino,

Agradeço-lhe pela orientação. De fato, estou buscando, neste forum, o esclareciemtno para muitas de minhas dúvidas, pelo quê agradeço-lhe novamente.

Entretanto, perdoe-me se ainda insisto:

A associação foi constituída em junho de 2010 e não houve qualquer outra movimentação financeira a não ser a entrada para cobertura de despesas com cartório, na sua constituição.
Seria correto proceder aos seguintes PRIMEIROS lançamentos - e únicos - já que não houve nenhuma outra movimentação:

Pelo recebimento da Doação para satisfazer as despesas de constituição (cartório, etc)
DÉBITO: Caixa
CRÉDITO: Receita de DOAÇÃO (no grupo de Receitas - CR)

Pelo pagamento das Despesas:
DÉBITO: Despesas Tributárias - Despesas Legais
CRÉDITO: Caixa

Ao final do exercício 2010, apurar o Resultado.

Agradeço-lhe se puder confirmar este meu raciocínio.

Saudações!

Fernando Silva
Ana Paula Melo Fernandes

Usuário Novo

profissão
mensagens10
pontos101
membro desde11/01/2011
cidadeGuanambi - BA
Postada:Quarta-Feira, 2 de fevereiro de 2011 às 17:13:41
BOA TARDE!!! como faço para contabilizar contratos e/ou fatura de uma empresa prestadora de serviços de locação sem condutor que e insento de iss. essa empresa e uma franquia localiza
Claudio Rufino

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens3.680
pontos31.798
membro desde02/06/2005
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 2 de fevereiro de 2011 às 17:24:00
Fernando Silva

Prezado Senhor Claudio Rufino,

Agradeço-lhe pela orientação. De fato, estou buscando, neste forum, o esclareciemtno para muitas de minhas dúvidas, pelo quê agradeço-lhe novamente.

Entretanto, perdoe-me se ainda insisto:

A associação foi constituída em junho de 2010 e não houve qualquer outra movimentação financeira a não ser a entrada para cobertura de despesas com cartório, na sua constituição.
Seria correto proceder aos seguintes PRIMEIROS lançamentos - e únicos - já que não houve nenhuma outra movimentação:

Pelo recebimento da Doação para satisfazer as despesas de constituição (cartório, etc)
DÉBITO: Caixa
CRÉDITO: Receita de DOAÇÃO (no grupo de Receitas - CR)

Pelo pagamento das Despesas:
DÉBITO: Despesas Tributárias - Despesas Legais
CRÉDITO: Caixa

Ao final do exercício 2010, apurar o Resultado.

Agradeço-lhe se puder confirmar este meu raciocínio.

Saudações!

Prezado, reforço que você deverá contratar um profissional habilitado no CRCSP, este inclusive será quem assinará o balanço da entidade bem como demais peças contábeis, todavia para seu conhecimento sobre contabilidade dessas entidades, medite na: NBC T -10 - ASPECTOS CONTÁBEIS ESPECÍFICOS EM ENTIDADES DIVERSAS

NBC T - 10.19 - ENTIDADES SEM FINALIDADE DE LUCROS

Sds.

Empresário, seja prudente, contrate profissional habilitado
Professor de Contabilidade
http://www.fcscontabeis.com.br
http://www.facebook.com/fcscontabeis
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/

1 pessoa aprovou esta mensagem.


mostrando página 1 de 4
1 2 3 4

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Certificado Digital certificados digitais com preços promocionais para contadores

desconto de 15% em certificados digitais e pague no boleto ou parcele sem juros no cartão.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.05 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César