Contábeis o portal da profissão contábil

17
Nov 2017
17:19

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


DIFAL para Simples Nacional

54respostas
5.654acessos
  

mostrando página 1 de 2
1 2
Patrícia

Usuário Estrela Nova

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens205
pontos2.102
membro desde20/11/2013
cidadeMontes Claros - MG
Postada:Quarta-Feira, 30 de março de 2016 às 19:42:25


Quanto aos não contribuintes, entendi que a empresa vendedora deverá fazer a retenção do ICMS.
Mas e quanto for um contribuinte que adquire para comercialização. Tenho que recolher o DIFAL ou é de responsabilidade da empresa que vende?
No casou sou de minas gerais e comprei do paraná produto sem ST, como fica neste caso?

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Hermann Quadros

Usuário Frequente

profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens75
pontos2.365
membro desde11/01/2013
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Quinta-Feira, 31 de março de 2016 às 14:05:47
Boa tarde, Patrícia

Empresa do Simples nacional, que adquire para comercialização, em operação interestadual, deverá recolher o ICMS ANTECIPAÇÃO.
Veja:
O § 14 do art. 42 do RICMS/2002, conforme a redação dada pelo Decreto nº 46.930/15, assim dispõe sobre a ANTECIPAÇÃO DE ALÍQUOTA: "O contribuinte enquadrado como microempresa ou empresa de pequeno porte que receber em operação interestadual mercadoria para industrialização, comercialização ou utilização na prestação de serviço, fica obrigado a recolher, a título de antecipação do imposto, o valor correspondente à diferença entre a alíquota interna e a alíquota interestadual, observado o disposto no inciso I do § 8º e nos §§ 9º e 10 do art. 43 deste Regulamento."
O recolhimento deverá ser feito via DAE Avulso conforme o caso com os seguintes códigos:
326-9 - ICMS REC. ANTECIPADO COMÉRCIO


Espero ter ajudado.

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Abdenio Ramos de Souza

Usuário 5 Estrelas Novas

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens493
pontos3.858
membro desde23/03/2010
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Quinta-Feira, 31 de março de 2016 às 14:43:07
Patrícia ,

Conforme muito bem explicado pelo colega empresas do Simples comprando para comercialização e industrialização recolhe a titulo de antecipação do ICMS.

Somente complementando a resposta dele, não que tenha ficado muito bem explicado não é isso, mas vale resaltar que o vencimento do imposto é no dia 02 do segundo mês subsequente a apuração.

Exemplo, apuração 03/2016, vencimento dia 02/05/2016.

Abraços

2 pessoas aprovaram esta mensagem.

Patrícia

Usuário Estrela Nova

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens205
pontos2.102
membro desde20/11/2013
cidadeMontes Claros - MG
Postada:Quinta-Feira, 31 de março de 2016 às 16:05:47
Abdenio, Desculpe minha ignorância, mas esse ICMS antecipado é na verdade a diferença que falta da alíquota interna, já que a operação interestadual foi de 12%, certo? Outra coisa, essa antecipação deve acontecer mesmo quando o produto for ST?

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Hermann Quadros

Usuário Frequente

profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens75
pontos2.365
membro desde11/01/2013
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Quinta-Feira, 31 de março de 2016 às 17:35:33
Sim, a antecipação é a diferença entre a alíquota interestadual e a alíquota interna. Obs: o cálculo da Antecipação deverá ser “Por Dentro”. Ou seja, conforme link abaixo:
http://www.fazenda.mg.gov.br/empresas/legislacao_tributaria/ricms_2002_seco/partegeral2002_2.htm#art43_p8_i
Sobre o cálculo:
Os §§ 8º e 9º do art. 43 do RICMS/02 tratam do cálculo do Diferencial de Alíquota, razão pela qual o cálculo do ICMS relativo à Antecipação prevista no § 14 do art. 42 do Regulamento será realizado da mesma forma que o cálculo do Diferencial de Alíquota incidente sobre as operações interestaduais destinadas a CONSUMIDOR FINAL CONTRIBUINTE DO IMPOSTO (inciso I do § 8º e § 9º do art. 43).

Contudo, se o produto for ST dentro de MG, então o recolhimento deverá ser através de GNRE. Obs: O cálculo já muda um pouco pois você terá que saber qual o MVA do produto dentro de MG e, consequentemente, efetuar o ajuste.

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Patrícia

Usuário Estrela Nova

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens205
pontos2.102
membro desde20/11/2013
cidadeMontes Claros - MG
Postada:Quinta-Feira, 31 de março de 2016 às 22:05:40
Herman,
Não sei se vc viu, mas foi disponibilizado um cálculo para antecipação de alíquota, não é como difal.
Agora eu queria entender porque existe essa antecipação de alíquota, pois deveria existir apenas o difal que é como a complementação dessa alíquota interestadual.

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Hermann Quadros

Usuário Frequente

profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens75
pontos2.365
membro desde11/01/2013
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Sexta-Feira, 1 de abril de 2016 às 08:34:37
Patricia, bom dia

A antecipação é Lei, conforme o § 14 do art. 42 do RICMS/2002, em redação dada pelo Decreto nº 46.930/15 (mencionado acima).
Em relação a forma de cálculo, os §§ 8º e 9º do art. 43 do RICMS/02 tratam do cálculo do Diferencial de Alíquota, razão pela qual o cálculo do ICMS relativo à Antecipação prevista no § 14 do art. 42 do Regulamento será realizado da mesma forma que o cálculo do Diferencial de Alíquota incidente sobre as operações interestaduais destinadas a CONSUMIDOR FINAL CONTRIBUINTE DO IMPOSTO (inciso I do § 8º e § 9º do art. 43).

Espero ter ajudado

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Patrícia

Usuário Estrela Nova

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens205
pontos2.102
membro desde20/11/2013
cidadeMontes Claros - MG
Postada:Sexta-Feira, 1 de abril de 2016 às 08:52:51
Hermann bom dia,
Veja um exemplo prático de antecipação de alíquota que recebi numa palestra:

Aquisição de uma mercadoria do Estado de SP, no valor de R$ 1.000,00, cuja alíquota interna
em MG é 18%.

a) Retirada do ICMS interestadual do preço
R$ 1.000,00 x 12% = R$ 120,00
R$ 1.000,00 – R$ 120,00 = R$ 880,00

b) Valor da mercadoria com 18% de ICMS no preço
R$ 880,00 / ( 1 – 18%/100 ) =
R$ 880,00 / ( 1 – 0,18 ) =
R$ 880,00 / 0,82 = R$ 1.073,17

c) Calculo do Valor da Antecipação do ICMS
(R$ 1.073,17 x 18%) - (R$ 1.000,00 x 12%) =
R$ 193,17 – R$ 120,00 = R$ 73,17

Porém o cálculo do difal seria apenas a diferença de 6% pago em DAE, certo?

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Hermann Quadros

Usuário Frequente

profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens75
pontos2.365
membro desde11/01/2013
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Sexta-Feira, 1 de abril de 2016 às 09:25:43
Patrícia,

O cálculo para a antecipação do imposto, conforme você apresentou na fórmula acima está correto. Contudo, para o diferencial de alíquota, será utilizado a mesma fórmula da antecipação, conforme os §§ 8º e 9º do art. 43 do RICMS/02.

Pergunta:
“Porém o cálculo do difal seria apenas a diferença de 6% pago em DAE, certo?”
Resposta:
Não. O cálculo utiliza a mesma fórmula da antecipação.

Espero ter ajudado.

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Patrícia

Usuário Estrela Nova

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens205
pontos2.102
membro desde20/11/2013
cidadeMontes Claros - MG
Postada:Sexta-Feira, 1 de abril de 2016 às 09:40:25
Hermann, muito obrigada,

Desculpe aproveitar de sua boa vontade, mas a fórmula que apresentei acima da antecipação, se fosse difal o valor a pagar seria os mesmos 73,17?

Outra coisa, como fica aquela questão do compartilhamento de 60% (origem) e 40% (destino), essa partilha acontece apenas para empresas que vendem pela internet?

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Hermann Quadros

Usuário Frequente

profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens75
pontos2.365
membro desde11/01/2013
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Sexta-Feira, 1 de abril de 2016 às 10:05:24
Bom dia, Patrícia
Sim, pagaria os mesmos R$ 73,17.
Para as empresas enquadradas no Regime do Simples Nacional, a obrigatoriedade de pagamento da partilha do ICMS é apenas dos 40% (Estado de destino), sobre o diferencial de alíquota. E, não ocorre apenas com empresas que vendem pela internet, mas sim para TODAS a empresas do Simples Nacional.
Importante: Para esse cálculo adota-se o diferencial de alíquota de forma simples.
Sobre o Cálculo da Partilha do ICMS:
Valor da venda: R$100,00
Alíquota Interestadual: 12%
Alíquota interna (Estado de destino): 18%
Diferença de Alíquota: R$ 6,00
Partilha do ICMS:
40% sobre o diferencial: R$ 2,40
Os 60% para a origem não será recolhido (*somente vendas de empresas do simples nacional) .
Obs: Essa partilha do ICMS (40%), para as empresas enquadradas no regime do Simples Nacional, está temporariamente SUSPENSA, conforme decisão do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), que concedeu liminar para suspender cláusula do Convênio ICMS 93/2015, do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Liminar:
http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/noticianoticiastf/anexo/adi5464.pdf

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Patrícia

Usuário Estrela Nova

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens205
pontos2.102
membro desde20/11/2013
cidadeMontes Claros - MG
Postada:Sexta-Feira, 1 de abril de 2016 às 10:18:52
A sim, o compartilhamento é sobre o valor a pagar do difal, agora entendi isso.
Pois é eu vi sobre essa suspensão da cláusula nona. Mas outra coisa, esse compartilhamento não acontece na antecipação, somente no difal né?

E pra finalizar rsrsrs os 2% do FEM deve ser recolhido apenas sobre alguns produtos como diz o DECRETO Nº 46.927, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015.
Vc sabe se esse percentual do FEM deve ser recolhido junto com a antecipação de alíquota na compra da mercadoria, ou após a venda da mercadoria, em DAE?

Obrigada!
Hermann Quadros

Usuário Frequente

profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens75
pontos2.365
membro desde11/01/2013
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Sexta-Feira, 1 de abril de 2016 às 10:32:05
Sim, somente no difal sobre vendas interestaduais destinadas a consumidor final não contribuinte do ICMS.

Sobre o FEM, será na compra da mercadoria. Veja:
“Art. 5º O valor do ICMS resultante da aplicação do adicional de alíquota a que se refere o caput do art. 4º será declarado ao Fisco:
b) se optante pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional) , instituído pela Lei Complementar Federal nº 123, de 14 de dezembro de 2006, da Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação – DeSTDA –, observado o disposto no parágrafo único da cláusula quarta do Ajuste SINIEF nº 12, de 4 de dezembro de 2015;”
Patrícia

Usuário Estrela Nova

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens205
pontos2.102
membro desde20/11/2013
cidadeMontes Claros - MG
Postada:Sexta-Feira, 1 de abril de 2016 às 10:53:29
Dependendo do produto capaz que nem compensa mais comprar fora do estado né.
Só uma última pergunta, como diz o DECRETO Nº 46.927, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015, o FEM é cobrado em apenas alguns produtos.
Se o produto for ST como é o caso de celulares, não recolhe a antecipação de alíquota, mas mesmo assim ainda tem que pagar o FEM?

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Hermann Quadros

Usuário Frequente

profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens75
pontos2.365
membro desde11/01/2013
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Sexta-Feira, 1 de abril de 2016 às 10:57:50
O FEM é somente se o produto estiver enquadrado no DECRETO Nº 46.927.

Abaixo segue um link com algumas perguntas/respostas sobre o FEM:

http://www.fazenda.mg.gov.br/empresas/legislacao_tributaria/orientacao/orientacao_003_2016.pdf

2 pessoas aprovaram esta mensagem.

Jorge Mesquita Ribeiro

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens7
pontos208
membro desde31/12/1969
cidadeSantos - SP
Postada:Quarta-Feira, 18 de maio de 2016 às 12:16:01
Ola Colegas , tenho lido muito sobre o assunto e estou ainda um pouco confuso, empresa de SP Simples Nacional
compra de empresa do PR para comercializaçao, era recolhido com Diferencial de Aliquotas com imposto
apurado de R$ 60,00 que recolhia para SP , a partir de agora tem que dividir 40% e 60% é isso?

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Adailson Silva

Usuário Estrela Dourada

profissãoAssistente Tributário
mensagens1.309
pontos9.515
membro desde26/01/2016
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 18 de maio de 2016 às 12:33:41
Jorge Mesquita,

Seu exemplo não se encaixa em EC 87/15 e Convenio 93/15.

Jorge Mesquita Ribeiro

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens7
pontos208
membro desde31/12/1969
cidadeSantos - SP
Postada:Quarta-Feira, 18 de maio de 2016 às 12:37:17
Ola Colegas , tenho lido muito sobre o assunto e estou ainda um pouco confuso, empresa de SP Simples Nacional
compra de empresa do PR para comercializaçao, era recolhido com Diferencial de Aliquotas com imposto
apurado de R$ 60,00 que recolhia para SP , a partir de agora tem que dividir 40% e 60% é isso?

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Marcos Nunes

Usuário Estrela Dourada

profissãoConsultor(a)
mensagens1.152
pontos9.299
membro desde20/11/2014
cidadeAparecida de Goiania - GO
Postada:Quarta-Feira, 18 de maio de 2016 às 12:44:35
Boa tarde,
Caro Jorge.

Está fazendo confusão.

Vamos lá: o diferencial que tem a sistemática do recolhimento 40% e 60%, é o chamado DIFAL. Este é para recolhimento de VENDAS A CONSUMIDOR FINAL.

O Diferencial de Alíquota que você se refere é normal, não muda. Esse é na COMPRA de mercadoria para Uso e Consumo ou Imobilizado.

Mas você recolhe mesmo a mercadoria sendo para COMERCIALIZAÇÃO??


Abçs.
Jorge Mesquita Ribeiro

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens7
pontos208
membro desde31/12/1969
cidadeSantos - SP
Postada:Quarta-Feira, 18 de maio de 2016 às 12:55:26
Sim Marcos Nunes aqui no Estado de São Paulo A portaria CAT 75/2008 diz claramente que mercadorias para industrialização e comercialização ,material de uso ou consumo e ativo permanente deve- recolher esse diferencial por empresas do simples nacional adquiridas de outro estado.
Marcos Nunes

Usuário Estrela Dourada

profissãoConsultor(a)
mensagens1.152
pontos9.299
membro desde20/11/2014
cidadeAparecida de Goiania - GO
Postada:Quarta-Feira, 18 de maio de 2016 às 13:17:00
Boa tarde
ok

desconhecia legislaçao em SP.

Então a forma do recolhimento do Diferencial de Aliquota nao vai mudar.
O DIFAL, que até caiu para o Simples Nacional, que tem essa sistemática de recolhimento particionado.


Abçs

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Adailson Silva

Usuário Estrela Dourada

profissãoAssistente Tributário
mensagens1.309
pontos9.515
membro desde26/01/2016
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 18 de maio de 2016 às 13:40:38
Jorge Mesquita,

Seu exemplo dar-se-a o recolhimento normal do DIFAL,

Os R$60,00 Apurado com DIFAL, será recolhido normalmente para SP, sobre o cód da guai 063-2 conforme o Artigo 115 do RICMS/SP.

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Juliana

Usuário 5 Estrelas

profissãoContador(a)
mensagens156
pontos1.429
membro desde19/12/2013
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 24 de maio de 2016 às 09:37:49
Bom dia Pessoal,

Já li diversos textos sobre o assunto mas me surgiu uma dúvida.
Sou de SP e estou no simples nacional, comprei um produto aqui em SP e irei revender para um comprador em MG que colocará o produto em seu ativo. Neste caso, eu não destaco o ICMS pois estou no Simples, mas como a alíquota interestadual é 12% e a interna de MG é 18% tem diferencial, quem deve recolher esse DIFAL, quem está vendendo ou quem está comprando?

Desde já agradeço a ajuda de todos!

Juliana
WS Moduli - Gestão Empresarial

"Força, Foco e Fé"
Marcelo

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoAuxiliar Escrita Fiscal
mensagens277
pontos6.318
membro desde23/01/2007
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 24 de maio de 2016 às 09:42:17
Bom dia Juliana,

Se alíquota aqui em SP é 12% e a de MG é 18% a DIFAL é paga por lá
Juliana

Usuário 5 Estrelas

profissãoContador(a)
mensagens156
pontos1.429
membro desde19/12/2013
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 24 de maio de 2016 às 09:49:05
Bom dia Marcelo,

Mas quem faz o recolhimento em favor de MG é que está vendendo ou quem está comprando? Eu devo colocar nas informações adicionais da minha nota de venda que existe o valor de DIFAL, fazer o recolhimento e embutir esse valor na nota?

Juliana
WS Moduli - Gestão Empresarial

"Força, Foco e Fé"
Raphael Barbosa

Usuário Estrela Dourada

profissãoConsultor(a) Jurídico
mensagens1.352
pontos8.270
membro desde09/03/2015
cidadeCuritiba - PR
Postada:Terça-Feira, 24 de maio de 2016 às 09:52:41
Pra para fins informativos, o cálculo apresentado pela colega Patrícia, do ICMS por dentro no cálculo do diferencial de alíquotas nas vendas para consumidor final não contribuinte, é regra geral para todos os Estados, não só MG conforme Convênio 92/2015.
Os consumidores finais que são contribuintes tem uma sistemática diferente, porém só em alguns Estados, pois mesmo contribuintes, em alguns Estados, para o cálculo do diferencial de alíquotas, deve compor em sua base de cálculo o ICMS do diferencial, como por exemplo Bahia e Alagoas.
Essa sistemática diferencia que levou o STJ a ADIN 5.464 suspendendo a clausula nona do convênio citado, até o momento, sem julgamento.
Qualquer dúvida me coloco a disposição.

Raphael Barbosa
Tributarista e consultor com especialidade em ICMS/ISS
Skype: [email protected]
Realização de cursos tributários particulares por Skype
ICMS Fácil: https://www.facebook.com/icmscontribuintesourefens/?fref=nf
Juliana

Usuário 5 Estrelas

profissãoContador(a)
mensagens156
pontos1.429
membro desde19/12/2013
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 24 de maio de 2016 às 09:56:23
Bom dia Raphael,

Obrigada pelas orientações, mas no meu caso, como estou no Simples a venda desse material para MG não terá destaque de ICMS. A minha dúvida é quem deve efetivamente fazer o recolhimento desse DIFAL, eu que estou vendendo, ou quem está comprando?

Juliana
WS Moduli - Gestão Empresarial

"Força, Foco e Fé"
Raphael Barbosa

Usuário Estrela Dourada

profissãoConsultor(a) Jurídico
mensagens1.352
pontos8.270
membro desde09/03/2015
cidadeCuritiba - PR
Postada:Terça-Feira, 24 de maio de 2016 às 10:17:06
Cara Juliana, nas vendas para "contribuintes" onde a mercadoria não tem ICMS-ST no Estado de destino, a responsabilidade do recolhimento do diferencial é do destinatário.
Quando tiver ST no Estado de destino, e Protocolo ou Convênio entre os Estados, cabe o recolhimento do diferencial, mesmo nas vendas para contribuintes, a responsabilidade do recolhimento é do remetente.

Raphael Barbosa
Tributarista e consultor com especialidade em ICMS/ISS
Skype: [email protected]
Realização de cursos tributários particulares por Skype
ICMS Fácil: https://www.facebook.com/icmscontribuintesourefens/?fref=nf
João Carlos

Usuário Estrela Dourada

profissãoAnalista Fiscal
mensagens1.314
pontos7.714
membro desde06/03/2012
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 24 de maio de 2016 às 10:19:30
Bom dia Juliana,

No seu caso não há diferencial de alíquotas, exceto nos casos em que há substituição tributária por força de Protocolo e/ou Convênio com o estado signatário. A grande maioria destes recai a obrigação sobre o remetente.

João Carlos
Analista Fiscal
CLM Controller System LTDA.
http://www.clmcontroller.com.br

"Não há quem não possa fazer das muralhas da vida o seu campo de treinamento"
Juliana

Usuário 5 Estrelas

profissãoContador(a)
mensagens156
pontos1.429
membro desde19/12/2013
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 24 de maio de 2016 às 10:20:51
Muito obrigada Raphael! Deve colocar o valor do DIFAL nos dados adicionais da nota?

Juliana
WS Moduli - Gestão Empresarial

"Força, Foco e Fé"

mostrando página 1 de 2
1 2

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.37 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César