Contábeis o portal da profissão contábil

30
Out 2014
16:14
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Admissao Temporaria

5   respostas
2.979   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Claudia Soares

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 27 de abril de 2009 às 22:02:49
Prezados ,
Gostaria de saber como contabilizar , bens importados sob. admissao temporaria..
Importamos maquinas de nossas filiais que ficam no Brasil por determinado tempo . Importamos como admissao temporaria. Como devo contabilizar esss entradas ?
Obrigada
Gilberto C. Olgado

Consultor Especial

postada em: Terça-Feira, 28 de abril de 2009 às 09:14:26
Cláudia creio que você pode fazer uma operaçãod e comodato, elaborando um contrato e as notas fiscais de entrada. Veja em pesquisas aqui no Fórum que você vai encontrar matérias sobre Comodato.

A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração...
" VIVA INTENSAMENTE CADA MINUTO "
Julio Verne

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 29 de abril de 2009 às 06:25:39
Gilberto

Comodato entre a mesma pessoa jurìdica?
Pessoal juridíca faz um contrato(comodato) onde ela se compromete a devolver a ela mesma? Acho que não tem sentido. Como uma pessoa Juridíca vai acionar judicialmente ela mesma?

Editado por Julio Verne em 29 de abril de 2009 às 06:36:03

Gilberto C. Olgado

Consultor Especial

postada em: Quarta-Feira, 29 de abril de 2009 às 07:57:32
Bem Julio, você lembrou bem, neste caso são simplesmente transferência de ativo imobilizado entre filiais ou entre filial e matriz.
A Cláudia não informou bem se a empresa que está recebendo é outra filial ou a matriz.
Eu falei em contrato de Comodato porque imaginei ser uma empresa do mesmo grupo mas com personalidade jurídica distinta. Ela diz importamos máquinas de filiais no Brasil, então a empresa dela não é no Brasil??
E outra admissão se faz de pessoas na empresa e não de bens!!

A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração...
" VIVA INTENSAMENTE CADA MINUTO "
Claudia Soares

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 29 de abril de 2009 às 13:09:51
Desculpem pessoal,
Acho que não expliquei direito.
Minha empresa fica no Brasil, e importamos maquinarios da Africa do Sul e China, a titulo de Admissão Temporaria.(Ver site da Receita Federal)
Emitimos Nota de Entrada dessa mercadoria e pagamos todos os impostos ref. á importação desse bem. O que eu gostaria de saber, é como posso contabilizar as despesas c/ esse bem.
Pois ele entra no meu ativo e a cada 12 meses tenho que renovar essa admissão(pagando todos os impostos novamente á Receita Federal, ate devolvermos esse bem p/ sua origem.
Posso contabilizar esses impostos diretamente como despesa???Qual conta???? Seria correto criar um conta de
DESPESAS C/ ADMISSÃO TEMPORARIA???
Realmente não sei o que fazer.. pois a legislação não é clara
e o assunto poucas pessoas teem conhecimento.
obrigada.
Gilberto C. Olgado

Consultor Especial

postada em: Quarta-Feira, 29 de abril de 2009 às 14:22:10
Tudo bem Cláudia,
Se você paga estes impostos e não são recuperáveis, você pode contabilizar como despesas em contas próprias (ex: IR/PIS/COFINS)ou abrir uma conta Impostos e Taxas com Importação.

Editado por Gilberto C. Olgado em 29 de abril de 2009 às 14:22:39

A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração...
" VIVA INTENSAMENTE CADA MINUTO "

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.29 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César