Contábeis o portal da profissão contábil

25
Out 2014
17:38

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Devolução de Venda em ECF

57   respostas
38.678   acessos
  

mostrando página 1 de 2
1 2

POSTS RELACIONADOS

Matias

Usuário Frequente

postada em: Quinta-Feira, 25 de junho de 2009 às 11:28:26
Prezados,

Gostaria de saber com é feita a devolução de mercadoria pelo cliente quando é comprado em cupom fiscal. Pois pela informação que tenho, só pode ser realizada no equipamento o cancelamento no próprio dia. A empresa é do simples e minha dúvida é em relação ao pagamento do imposto dessa devolução.

Grato.
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Quinta-Feira, 25 de junho de 2009 às 12:52:08
Matias,

Quando vc vende uma mercadoria através da impressora fiscal (cupom fiscal), e ocorre à devolução da mercadoria pelo seu cliente, vc deverá emitir em sua nota fiscal modelo grande Serie Única a devolução, a nota será emitida como entrada e natureza da operação devolução de venda... deve constar os dados do cliente e todos os dados do cupom fiscal (valor, mercadoria, desconto).

Se possível, recolhe a assinatura do cliente e anexa o cupom a nota de devolução.
Na apuração do simples como foi cancelada essa venda através da devolução, vc desconsidera o valor devolvido no dia da efetiva devolução.

Espero ter resolvido sua dúvida, aqui na Bahia fazemos dessa forma.

Edson Amaral
Matias

Usuário Frequente

postada em: Domingo, 12 de julho de 2009 às 16:24:18
Maravilha, muito obrigado pela reposta.

Qual o CFOP que posso usar?

Abraço
Gilmar Ferreira Cordeiro

Usuário 3 Estrelas de Prata

postada em: Domingo, 12 de julho de 2009 às 21:41:17
No dados adicionais, o número do cupom, o número do PDV e a data de emissão.

A nota fiscal é emitida no CFOP 1.202 - Devolução de venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros.

Espero ter ajudado,

Gilmar

Atenciosamente,

Gilmar Cordeiro
Matias

Usuário Frequente

postada em: Domingo, 12 de julho de 2009 às 21:43:36
OK Gilmar ! muito obrigado.
Luciano Santile

Usuário Estrela Nova

postada em: Segunda-Feira, 13 de julho de 2009 às 08:21:01
Olá, bom dia..
Acompanhando o tópico pintou a seguinte dúvida:

Se o CF que foi devolvido ja foi transmito para o REDF? Como proceder?

Sempre que vc se sentir sozinho, abandonado e achando que ninguém liga para você... Atrase uma prestação...
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Segunda-Feira, 13 de julho de 2009 às 08:34:36
Luciano,

O Cumpom fiscal de origem continua na escrita normalmente, inclusive se já foi enviados nas suas declarações, porém, atraves dessa nota de devolução estamos desfazendo a operação, somente no sentido de que estamos estornando tudo aquilo que saiu do nosso estoque, que foi tansformado em receita e por fim que pagamos de imposto.

da mesma forma que já foi transmitido pela declaração, a devolução de venda também será, e a operação ficará estornada.

Edson Amaral
Antonio Carlos

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 13 de julho de 2009 às 16:46:44
e no caso de ser uma mercadoria sujeita ao regime de substituição tributaria o CFOP seria 1411.
Luciano Santile

Usuário Estrela Nova

postada em: Segunda-Feira, 13 de julho de 2009 às 16:56:26
Olá Edson, vlw a resposta, Cleyton, se foi uma devolução de mercadoria adquirida de terceiros, é esse mesmo.

abraços

Editado por Luciano Santile em 13 de julho de 2009 às 16:57:54

Sempre que vc se sentir sozinho, abandonado e achando que ninguém liga para você... Atrase uma prestação...
Geraldo Jr

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 16 de novembro de 2009 às 17:49:56
Boa Tarde !

No caso de uma devolução de uma venda de três ou mais produtos, a qual o cliente queira devolver apenas um produto, como devo proceder?
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Segunda-Feira, 16 de novembro de 2009 às 18:07:37
Geraldo,

segue o mesmo entendimento acima colocado, agora vc só vai considerar um único item do cupom, que seria uma devolução parcial referente aquele cupom.

Edson Amaral
Paula Silva

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 12 de fevereiro de 2010 às 09:33:45
Bom dia! Gostaria de saber se o procedimento indicado acima pode ser efetuado tanto para pessoa física quanto para pessoa jurídica e se nos dois casos, a NF de entrada é emitida no nome do cliente ou no nome da própria empresa mencionando apenas no campo de observação o nom,e do cliente.

Grata
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Sexta-Feira, 12 de fevereiro de 2010 às 12:13:40
Paula,

acima estamos falando de empresas que utilizam impressora fiscal, e que seu cliente devolveu uma mercadoria já registrada, como o cliente não tem obrigação de ter nota, nesse caso não daria para ele emitir uam devolução, então devemos usar nosso talão em favor do cliente, com todos os dados dele, inclusive assinado por ele e anexo o cupom de origem, assim ocorre o desfazimento da venda original.

no caso de pessoa jurídica deve observar a nota original, porque embora seja o mesmo procedimento, existe peculiaridades nas mercadorias devolvidas e nos estados de origem, devolução de pessoa jurídica deve ter a mesma composição da nota original, vc devolve em todos os aspectos, aquilo que vc recebeu, em favor do seu fornecedor.
Paula Silva

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 12 de fevereiro de 2010 às 16:05:17
Edson,

obrigada pela resposta. Lancei esta pergunta porque emito cupons diários para clientes PJ, cujo fechamento é feito mensalmente e acontece muitas vezes do cliente devolver a mercadoria ou desistir da compra, por diversos motivos. O ecf não me permite cancelar esta venda e neste caso há que se fazer a devolução via nota fiscal. A dúvida está justamente neste ponto, pois apesar de o cliente ser um contribuinte ele não pode emitir nota de devolução de algo que ainda não recebeu com nota. Qual seria o procedimento correto?
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Sexta-Feira, 19 de fevereiro de 2010 às 11:11:12
Paula,

acho que pode formular uma consulta informal ou formal na sua repartição fiscal, mas nesse caso vc pode emitir sua devolução de venda através de nota fiscal própria para repor seu estoque, e ajustar sua apuração dos tributos.

é importante preservar na nota fiscal de devolução o cupom fiscal original para confirmar que a mercadoria ficou no seu estoque.

essa situação não trás nenhum prejuízo para o fisco, ao meu ver seria a mais correta, de qualquer forma interpretações minha não garanti sucesso se não tiver seguro pelo seu regulamento, por este motivo aconselho colocar sua situação ao plantão fiscal e confirmar meu entendimento.

espero ajudar.

Diogo Diniz Cosme

Usuário Iniciante

postada em: Quarta-Feira, 2 de junho de 2010 às 14:28:10
Hoje li esse tópico e esotu com a seguinte dúvida:
- Essa nota será emitida pela minha empresa como entrada de devolução, utilizando aquele bloco de nota manual?
- Devo informar no sintegnra também né?
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Quarta-Feira, 2 de junho de 2010 às 16:44:55
Fal Diogo,

extao!! vc deve emitir a nota de devolução de venda que deve ser informada no Sintegra, essa nota ajusta tanto sua apuração uma vez que vc já tenha tributado a "venda", quanto seu estoque fiscal.

Edson Amaral
Diogo Diniz Cosme

Usuário Iniciante

postada em: Segunda-Feira, 7 de junho de 2010 às 09:25:16
ok, obrigado
postada em: Sexta-Feira, 15 de outubro de 2010 às 09:42:07
bom dia ?
gostaria de tirar uma duvida o cliente fez uma compra com ecf só que agora ele quer devolver o que faço por que o cliente não tem nota fiscal nenhuma.
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Sexta-Feira, 15 de outubro de 2010 às 12:07:54
Bom dia Eroneide,

verifique acima que já tem a respostas para sua situação, o colega Matias fez a mesma pergunta.

Edson Amarals
Lucas

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 22 de outubro de 2010 às 10:16:02
Olá,

Não preciso me creditar do ICMS, como mostra o art. 462 do RICMS/SP (Estado onde moro)
Mesmo assim, eu preciso emitir uma nota em toda devolução de cliente ou posso emitir uma nota só por mês?
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Sexta-Feira, 22 de outubro de 2010 às 16:10:40
lucas,

existe outros impostos envolvidos na devolução de vendas, não só o estadual, portanto vc deve emitir a devolução conforme comentário acima, e estornar na sua apuração esse valor para para ajustar seu imposto que já tinha sido pago pela venda da mercadoria devolvida.

Edson Amaral
Lucas

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 22 de outubro de 2010 às 19:56:20
Edson, eu preciso emitir a nota no nome de meu cliente ou eu posso emitir para mim mesmo mas com os dados do cliente no campo observações?
Não são todos os clientes que gostam de fazer cadastro.
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Sábado, 23 de outubro de 2010 às 10:14:09
Lucas,

a nota deve ser em nome da pessoa que está devolvendo, claro se ele permitir lhe passar os dados dele, caso contrário, toma o primeiro documento original que gerou a devolução e anexa a nota de devolução, mesmo sem os dados completo do cliente, a legislação não prevê essa situação, mas, como tem o documento de origem, o fiscal analisará e terá bom senso.

Edson Amaral
Mauricio Jose Moretti

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 26 de janeiro de 2011 às 09:00:30
E se o Cupom não tiver o CPF do cliente, como devolver ? No caso foi digitado valor errado.
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Quarta-Feira, 26 de janeiro de 2011 às 09:35:14
Mauricio,

Como dito antes, alguns clientes se omitem de fornecer informaçõs pessoais, mas, se temos o cupom original anexo a nota fiscal já será suficiente para o fiscal analisar e aceitar.

Edson Amaral
postada em: Quarta-Feira, 26 de janeiro de 2011 às 09:59:29
Edson, Bom dia! a empresa foi orientada em dezembro que deveriamos emitir NFe de entrada para devolução. ok
porém pagamos de agosto/2010 a nov/2010 valor ref. a troca + venda:
pergunta: podemos filtrar as devolução destes meses passados e emitir a NFe neste mês para alcansarmos abatimento. Aguardo
Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Quarta-Feira, 26 de janeiro de 2011 às 13:09:45

Neide,

Pelo que entendi nos meses 08/2010 a 11/2010 a empresa teve devolução de venda, só que houve somente a entrada da mercadoria para ajuste do estoque físico, e não houve o cancelamento da receita pelo desfazimento do negocio, e isso gerou tributos pagos indevidamente, neste caso deve retificar sua apuração e solicitar a compensação ou retificação dos valores pagos a maior.

Edson Amaral
Karen Felippe

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 2 de fevereiro de 2011 às 11:50:15
Olá, Edson.

Realmente muitos clientes se recusam a fornecer os dados para a emissão da NF de entrada, dizendo inclusive que é contra a lei e tal. Estamos sofrendo muito, pois além disso nossa empresa já trabalha com a NF-e, o que nos obriga a informar todos os campos da nota fiscal, senão ela é recusada pela SEFAZ.
Sendo assim, como emitir a NF-e se o cliente realmente se recusar a fornecer seus dados??? Posso emitir em nome de nossa própria empresa???
Alias, tu saberia me informar em qual trecho da legislação fica CLARO que o cliente deve nos fornecer os seus dados para a emissão da NF de entrada nos casos de troca e devolução? Preciso afixar a legislação na loja, a fim de minimizar os questionamentos por parte dos clientes.

Óbrigada.

Karen

Edson Eugenio do Amaral Junior

Usuário 5 Estrelas

postada em: Quarta-Feira, 2 de fevereiro de 2011 às 12:28:23
Karen,

Infelizmente não é obrigatório para o Cliente fornecer esse tipo de informação, na Legislação pede para colocar o RG e o motivo da devolução.

Sugiro que faça uma consulta informal na SEFAZ para ver se pode usar os dados da sua empresa nessa situação, creio que não seja problema, desde quando anexe o cupom original.

Melhor ainda é colher a assinatura do cliente na nota com o motivo da devolução.

Edson Amaral

mostrando página 1 de 2
1 2

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.96 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César