Contábeis o portal da profissão contábil

26
Mar 2017
00:29
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Contabilização Terceiro Setor

7respostas
239acessos
  

Priscila Ferraz Raimundo

Usuário Novo

profissão
mensagens14
pontos107
membro desde02/11/2012
cidadeSorocaba - SP
Postada:Quarta-Feira, 1 de fevereiro de 2017 às 14:05:08
Boa tarde Pessoal,

estou começando a contabilidade de uma empresas sem fins lucrativos, e estou com dúvidas quanto aos lançamentos contábeis de repasses de convênios e subvenções. Se devo provisionar, passar estes valores no ativo ou simplesmente reconhecer como receita?
Se alguém puder me ajudar agradeço.

att.Priscila

"Sem o esforço da busca torna-se impossível a alegria da conquista"
Helio da Silva Pontes

Usuário 5 Estrelas Novas

profissãoConsultor(a) Contabilidade
mensagens446
pontos2.593
membro desde06/10/2011
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 1 de fevereiro de 2017 às 14:24:10
Priscila Ferraz Raimundo

veja se esse artigo te ajuda:
http://portal.convenios.gov.br/images/manuais/manual_de_procedimentos_para_o_terceiro_setor.pdf

Sds,

HÉLIO PONTES
Consultoria e Assessoria Contábil, Fiscal e Societária
heliopontes_cont@outlook.com

1 pessoa aprovou esta mensagem.

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens22
pontos203
membro desde28/02/2010
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Sexta-Feira, 3 de fevereiro de 2017 às 16:40:49
Prezada Priscila, boa tarde!


Primeiramente você deve ter em mãos o documento que originou o repasse/pagamento de tais valores, que pode ser: Contrato, Convênio, Termo de Parceria, etc....
Independentemente do tipo de documento você deverá verificar se possui alguma cláusula que torna *VINCULADO o recurso destinado a essa parceria.
(*) Quando você deve manter o recurso separado das outras C/C da entidade, ele tem finalidade específica e ao final da parceria, se houver sobra, o valor deve ser devolvido ao órgão.


Se acaso não possuir restrição, ou seja, vocês prestam um serviço e são remunerados por isso, baseado por exemplo em uma relação de atendimentos (em se tratando de SUS), o recurso recebido DEVE ser reconhecido como RECEITA.


Se acaso possuir destinação específica, ou seja, RECURSO VINCULADO, deve ser tratado no Ativo e no Passivo, e ir reconhecendo como Receita a medida em que o objeto do Convênio/Contrato/Termo de Parceria vai sendo executado.

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Priscila Ferraz Raimundo

Usuário Novo

profissão
mensagens14
pontos107
membro desde02/11/2012
cidadeSorocaba - SP
Postada:Segunda-Feira, 6 de fevereiro de 2017 às 10:15:20
Muito boa sua explicação Ezequiel! Obrigada.

Tem um exemplo de como ficaria os lançamentos de (Recurso Vinculado)?

"Sem o esforço da busca torna-se impossível a alegria da conquista"
profissãoAnalista Contabilidade
mensagens22
pontos203
membro desde28/02/2010
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 6 de fevereiro de 2017 às 11:06:17
Mensagem Editada por Ezequiel Martinez dos Santos em 06/02/2017 11:13:06
Prezada Priscila, bom dia!


Na provisão do Contrato/Convênio/Termo de Parceria:

D - Valores a Receber-Recurso Vinculado (parcelas à receber em 12 meses).....(ATIVO-CURTO PRAZO).......500.000,00
D - Valores a Receber-Recurso Vinculado (parcelas à receber após 12 meses)..(ATIVO-LONGO PRAZO).......500.000,00
C - Recursos de Entidade Pública (valor total do instrumento à realizar)...........(PASSIVO-CURTO PRAZO)..................500.000,00
C - Recursos de Entidade Pública (valor total do instrumento à realizar)...........(PASSIVO-LONGO PRAZO)..................500.000,00


No recebimento das parcelas referente aos 12 primeiros meses:

D - Bancos Conta Movimento - Recurso Vinculado.............................................(ATIVO-DISPONÍVEL)..........500.000,00
C - Valores a Receber - Recurso Vinculado (parcelas à receber em 12 meses)...(ATIVO-DISPONÍVEL)..........................500.000,00


No pagamento das despesas referentes ao mês de janeiro/2017:

D - Despesas Administrativas/Pessoal/Financeiras/Tributárias.......................(DESPESAS)...........................50.000,00
C - Bancos Conta Movimento - Recurso Vinculado............................................(ATIVO-DISPONÍVEL)..........................50.000,00


No registro (baixa) da execução do instrumento e respectivo reconhecimento como Receita:

D - Recursos de Entidade Pública......................................................................(PASSIVO-CURTO PRAZO)...50.000,00
C - Receita - Recurso Vinculado Realizado........................................................(RECEITAS).........................................50.000,00




Todas as contas informadas, devem estar em um grupo específico no Plano de Contas.
Se precisar de algum esclarecimento, ezequiel.xingu@gmail.com

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Renato Saalfeld

Usuário Novo

profissãoMicro-Empresário
mensagens7
pontos116
membro desde25/02/2015
cidadeQueimados - RJ
Postada:Segunda-Feira, 6 de fevereiro de 2017 às 11:10:07
RESPOSTA SHOW.
Priscila Ferraz Raimundo

Usuário Novo

profissão
mensagens14
pontos107
membro desde02/11/2012
cidadeSorocaba - SP
Postada:Segunda-Feira, 6 de fevereiro de 2017 às 11:22:32
Muito Obrigada Ezequiel!

"Sem o esforço da busca torna-se impossível a alegria da conquista"
Jéssica Morais

Usuário Novo

profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens2
pontos16
membro desde22/12/2015
cidadeItabirito - MG
Postada:Segunda-Feira, 20 de março de 2017 às 15:32:51
Oi, boa tarde!

estou fazendo a contabilidade de uma entidade que recebeu um recurso através de um convênio para administrar um projeto social. Foi adquirido com este recurso, alguns equipamentos de ginástica e computadores, que ao final do projeto serão doados para terceiros.

Como deve contabilizar esses equipamentos? Serão tratados como imobilizados ou despesa do projeto? Como fiariam os lançamentos contábeis?

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Certificado Digital certificados digitais com preços promocionais para contadores

desconto de 15% em certificados digitais e pague no boleto ou parcele sem juros no cartão.

conheça mais

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.12 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César