Contábeis o portal da profissão contábil

22
Dez 2014
08:33
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Baixa de bens do Ativo Imobilizado

40   respostas
52.453   acessos
  

mostrando página 1 de 2
1 2

POSTS RELACIONADOS

Wilton do Espirito Santo

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 28 de julho de 2009 às 16:12:04
Tenho uma dúvida, na minha contabilidade, na conta maquinas e equipamentos, existem muitos equipamentos ja 100% depreciados.

A minha dúvida é, como devo proceder para realizar a baixa destes ativos, que não tem mais utilidade para a empresa e ainda aparece no meu balanço.
Alcir Braz Brighenti

Usuário 4 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 28 de julho de 2009 às 17:49:28
Wilton.

Voce não pode simplesmente "baixar" por estarem ja totalmente depreciados.

Voce poderá baixar quando vende-los.

Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos Céus! Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados! Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra!
Ricardo C. Gimenez

Moderador

postada em: Quarta-Feira, 29 de julho de 2009 às 14:50:39
Boa tarde, Wilton


Alcir tem razão, pois o simples fato de um bem estar totalmente depreciado não justifica sua baixa arbitrária.

É fato que a venda será motivo suficiente para a baixa física do objeto, porém, se além de estar contabilmente 100% depreciado, talvez tal produto também possa estar obsoleto ou imprestável, sem valor comercial.

No caso de se encaixar na segunda hipótese, o melhor modo seria vender o objeto por valor simbólico (R$ 1,00) a alguma empresa de sucatas.

Portanto, a baixa só pode ser feita com nota fiscal.

Boa sorte

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
Glauber Robson Neves Silva

Usuário Iniciante

postada em: Segunda-Feira, 19 de outubro de 2009 às 09:06:45
Na empresa que eu estou fazendo a contabilidade na parte de veiculos , ele vendeu 3 veiculos, e quero saber como faço o lançamento para baixar esses bens no ativo?
Wilton do Espirito Santo

Usuário Iniciante

postada em: Segunda-Feira, 19 de outubro de 2009 às 09:47:34
Neste caso é simples, vc deve primeiro verificar, por quanto foi comprado o veículo, depois verificar por quanto foi vendido. Supondo que foi vendido pelo mesmo valor do que foi comprado o lançamento ficaria assim.

D = Cliente a receber (Ativo Circulante)
C = Veículos (Ativo Imobilizado)

Agora supondo que foi vendido o veículo com um valor a mais do que foi comprado, ou seja a empresa obteve um ganho, ficaria assim.

D = Cliente a Receber (Ativo Circulante)
C = Veículos (Ativo Imobilizado)
C = Ganho s/ venda (Resultado)

Um detalhe importante, eu coloquei o nome destas contas de um modo geral, mas o nome pouco importa ok? o que importa são as classificações delas.

Depois disso faça as baixas das depreciações destes veículos ok? espero ter ajudado.
Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Segunda-Feira, 19 de outubro de 2009 às 13:51:32
Boa tarde Glauber,

Diferentemente do que expôs o Wilton, e independentemente da forma de tributação adotada por sua empresa, você deve - obrigatoriamente - considerar no valor contábil do veículo a depreciação já acumulada.

Vale dizer que o ganho ou a perda na operação será determinado pela diferença entre o valor da venda e o custo contábil, assim entendido o valor de aquisição menos a depreciação acumulada. Se positivo, terá apurado ganho, se negativo, perda.

Para o exemplo suponha que tenha adquirido o veiculo por 20.000,00 a depreciação já acumulada seja de 5.000,00 e que o tenha vendido por 17.000,00

Neste caso, pela transparência e para que fiquem demonstrados os saldos que interessam, registre:

Pela emissão e recebimento da Nota Fiscal de Venda
D - Caixa/Bancos ou Contas a Receber (AC)
C - Alienação de bens do Ativo Imobilizado (RNO) - 17.000,00

Pela baixa da Depreciação acumulada
D - Depreciação Acumulada de Veículos (AI)
C - Veículos (AI) - 5.000,00

Pela baixa do veículo depreciado
D - Custo do Ativo Imobilizado Alienado - (DNO)
C - Veículos (AI) - 15.000,00

O ganho ou a perda de capital se dará pela apuração do Resultado Não Operacional (Receitas menos Despesas).

No exemplo o ganho foi de 2.000,00, haja vista que hoje o custo do veículo é de 15.0000,00. Se a venda se desse por valor menor do que 15.000,00 não haveria ganho na transação e sim perda.

Desta forma, além de se ter a Demonstração dos Resultados Não Operacionais, estará facilitando o entendimento dos usuários da contabilidade e as informações que devam ser prestadas na DIPJ, ou seja, o valor total da venda e o custo contábil do veiculo.

...
Jaber Polanczyk Suleiman

Usuário Iniciante

postada em: Quarta-Feira, 21 de outubro de 2009 às 08:58:12
Bom dia,

Saulo, fiquei na dúvida quanto a sua resposta acima, o resultado alcançado com os valores acima dá perca de 3.000,00 e não ganho de 2.000,00 como seria o correto. Acredito que tenha transcrito errado o valor da venda no lançamento "Pela emissão e recebimento da Nota Fiscal de Venda" quando colocou 12.000,00 e não 17.000,00.

Independente disso, eu efetuo os lançamentos da seguinte maneira:

Pela venda do bem:

D- Caixa/bancos ou Contas a receber (AC)
C- Alienação de bens do Ativo Imobilizado (RNO) - 17.000,00

Pela baixa da depreciação:

D- Depreciação acumulada de Veículos (AI)
C- Custo do Ativo imobilizado Alienado (DNO) - 5.000,00

Pela baixa do veículo vendido

D- Custo do Ativo Imobilizado Alienado (DNO)
C- Veículos (AI) - 20.000,00

Estaria errado o lançamentodesta forma? o resultado seria o mesmo, unica coisa que fiquei na dúvida é pelo fato de creditar a conta do grupo de DNO quando da baixa da depreciação. Mas também não vejo nenhum impedimento disso, tendo em vista que a formula para chegar no custo do bem alienado é Valor de aquisição - depreciação acumulada, seria então a depreciação acumulada redutora do custo do bem.

Gostaria de saber a opnião de vocês.

Grato.
Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Quarta-Feira, 21 de outubro de 2009 às 09:35:57
Bom dia Jaber,

Grato pelo alerta quanto a correção do valor indicado no registro da venda do veículo. A despeito de eu ter mencionado que a venda teria sido por 17.000,00, indiquei (no lançamento) apenas 12.000,00 daí eu ter editado (hoje) minha resposta.

Quanto a sua forma de contabilizar a mesma operação, considerando a depreciação acumulada como redutora do custo contábil na própria conta "Custo do Ativo Imobilizado Alienado" ao invés da conta "Veículos" no "Ativo Imobilizado", está também correta e é largamente utilizada.

Prefiro indicar a baixa da depreciação contra o valor de aquisição do bem, para que fique clara a operação e contribua para a facilitação do entendimento de quem está com dúvidas acerca da operação. Desta maneira se tem na mesma conta o valor líquido (custo) do bem e que deverá ser transferido para conta "Custo do Ativo Imobilizado Alienado".

...
postada em: Terça-Feira, 27 de outubro de 2009 às 08:59:46
bom dia
então com a resposta do ricardo falando da segunda hipotese só posso dar baixa quando vender o produto ou equipamento por valor simbolico e tenho que fazer nf fiscal desse?

Nota da Moderação

Sua mensagem foi editada por estar grafada em desacordo com a regra de numero 14, cuja integra transcreve-se para sua leitura.

"14 - Evite escrever perguntas inteiras com o CAPS LOCK ligado, isso deixa impressão que o autor está GRITANDO."

não entendi pois não escrevi com caps lock ligado só queria saber se tenho que tirar uma nf para dar baixa no estoque
Josias Souza

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 27 de outubro de 2009 às 10:21:25
Bom dia, estou à contabilizar a baixa de diversas máquinas e equipamentos que nunca foram depreciados e foram vendidos abaixo do preço de aquisição.
Supomos que não lance a depreciação, a empresa terá perda. Ex: Um computador foi adquirido por R$ 2.158,74 e vendido por R$ 200,00. Como devo proceder com a contabilização desses bens?
Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Terça-Feira, 27 de outubro de 2009 às 13:15:46
Boa tarde Josias,

Ainda que a depreciação não tenha sido registrada na contabilidade, por ocasião da venda do bem, para efeitos da apuração de ganhos de capital, ela deve ser considerada como se registrada fosse.

Vale dizer que no exemplo dado por você (acima) o fato de tê-lo adquirido por 2.158,74 e alienado por 200,00 não significa que a empresa teve prejuízo (perda) na operação.

...
Elvan Santos

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 27 de outubro de 2009 às 17:02:52
gostaria de saber a correta contabilização da venda do bem AI o veiculo totalmente depreciado e vendido pelo preço de 50% do valor de sua compra.
D-caixa
C-RNO(alienação de Bens do AI)
D-Depreciação Acumulada
C-Veiculos (AI)
D-RNO
C- Perda do AI

ou eu não estou correto.
Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Terça-Feira, 27 de outubro de 2009 às 18:44:09
Boa tarde Elvan,

De conformidade com o último registro contábil apontado por você, estaremos debitando Receita Não Operacionais e creditando Perda do Ativo Imobilizado. Não lhe parece estranho?

Verifique nos exemplos postados por mim e pelo Jaber neste mesmo tópico, a forma correta de registrar vendas de bens do Ativo Imobilizado.

Se persistirem dúvidas, torne a entrar em contato.

...
Valkiria Ieda Terrone

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 19 de novembro de 2009 às 16:12:18
Boa Tarde,

Ocorreu venda do ativo em 2007, porém só enviaram para a contabilidade essa informação com NF. em 2009. Como a contabilidade está encerrada, estou efetuando os lançamentos de venda ativo em 01/2009;

Segue que: o bem totalmente depreciado, devo calcular o ganho de capital do período da venda, atualizado com multas e juros, porem a empresa obteve prejuizos do exercicio nos anos 2007 e 2009 ?

Aguardo,

grata.
Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Quinta-Feira, 19 de novembro de 2009 às 19:50:11
Boa noite Valkiria,

Apenas para que eu possa entender e me posicionar na questão, confirme:

- O bem foi vendido em 2007
- A Nota Fiscal de Venda foi emitida em 2007
- A contabilidade de 2007 e 2008 está encerrada
- A contabilidade foi informada em 2009 com a entrega da NF
- Você está efetuando os registros em 01/2009
- Empresa apurou prejuízos em 2007 e 2009.

Corrija-me (por favor) naquilo que entendi errado. Assim teremos condições de orientá-la de forma a corresponder suas expectativas.

...
Valkiria Ieda Terrone

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 20 de novembro de 2009 às 10:41:42
Bom dia Saulo,

Sim, os fatos ocorreram em 2007 e só agora (2009) recebemos as N.F. de vendas.

A empresa é tributada pelo Lucro Real e apurou prejuizos em 2007 e 2008.

Agradeço desde já,

Abraço.

Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Sábado, 21 de novembro de 2009 às 17:33:30
Boa tarde Valkiria,

A despeito de emitida a Nota Fiscal de Venda, supõe-se que não tenha sido apurado o ganho de capital nem recolhido o imposto de renda, pois a contabilidade não foi informada da transação e não houve orientações nesse sentido.

Face ao exposto a regularização deve se dar na seguinte ordem:

1 - Apurar o ganho de capital com base na diferença positiva entre o custo de aquisição bem já diminuído da depreciação acumulada até a data da alienação e o valor efetivo da venda.

2 - Recolher o Imposto de Renda sobre o ganho de capital (se houve) acrescido de multa e juros desde o último dia útil do mês subsequente ao da venda.

3 - Retificar as DCTFs e DIPJs referentes aos anos envolvidos (2007 e 2008)

4 - Por se tratar de vendas de bens do Ativo Imobilizado, o Resultado do Exercício será alterado pela inclusão deste valor nas contas de Resultado Não-Operacional.

Vale dizer que a regularização deve ser feita via Ajustes de Exercícios Anteriores tão logo se tenha detectado o erro ou, se possível, nos primeiros dias do exercício seguinte.

Para saber mais acerca dos registros contábeis referentes ajustes de exercícios anteriores pesquise no Banco de Dados do Fórum.

...
Valkiria Ieda Terrone

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 23 de novembro de 2009 às 08:42:05
Obrigada, Saulo!!!
Lidiane Piedade de Almeida

Usuário Frequente

postada em: Quarta-Feira, 6 de janeiro de 2010 às 08:37:00
Bom dia !

Por favor me ajudem.

Qual o lançamento contábil que faço para baixar bem do Ativo Imobilizado que foi roubado ?

1_) Preciso baixar a depreciação acumulada.

2_) Preciso baixar o bem

Qual o lançamento ?

Desde já agradeço.
Wellington Resende Melo

Usuário 2 Estrelas de Prata

postada em: Quarta-Feira, 6 de janeiro de 2010 às 10:02:19
Bom dia!

Lidiane, na primeira instancia você devera fazer o seguinte lançamento.

Caso houver o B O (boletim de ocorrência)

simulação.
D: ganho ou perda de capital.
C: ativo imobilizado
................................. 50.000,00

D DEPERCIAÇÃO ACUMULADA
C GANHO OU PERDA DE CAPITAL.
............................................... 40.000,00

Caso houver reembolso da seguradora você devera fazer o seguinte lançamento contabil:

Apropriação (se souber o valor de recebimento da seguradora)

D: ativo (indenizações de seguros a receber)
C: ganho ou perda de capital
............................................................... 40.000,00


Recebimento (seguradora)
D: ativo circulante (caixa ou bancos)
C: ativo (indenizações de seguros a receber)
........................................................................ 40.000,00

Ganho de capital de .............................................................30.000,00


Serve penas como exemplo.


Wellington Resende.

Boa sorte!
Wellington Resende.
e-mail: meloresende@ig.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/wellingtonresendemelo.resende
Tel : (9) 7993-4472 (011)
Contabilidade Zanata.
Lidiane Piedade de Almeida

Usuário Frequente

postada em: Quarta-Feira, 6 de janeiro de 2010 às 14:00:01
Wellington Resende Melo

Muito obrigado pela explicação, só confere abaixo se meu raciocínio esta certo.

1 Maquina fotografica adquirida R$ 520,00
Depreciação acumulada R$ 47,63

lançamento ficará assim:

D=> Perda de Capital R$ 520,00
C=> Ativo Imobilizado

D=> Depreciação Acum. R$ 47,63
C=> Perda de Capital

Com isso só o valor Residual vai para conta de Perdas ?

Obrigado.
Wellington Resende Melo

Usuário 2 Estrelas de Prata

postada em: Quarta-Feira, 6 de janeiro de 2010 às 15:23:59
Boa tarde!

Por nada Lidiane.

(perda de capital)
Perfeito, com esses lançamentos já identificará a sua perda (contábil) ........ r$ 472,37

Complemento.....

1 - Pela baixa do bem.

D - Ganhos ou Perdas de Capital (Conta de Resultado)
C - Imobilizado (Ativo não circulante)

2 - Pela baixa da depreciação acumulada, se houver.

D - Depreciação Acumulada (Conta Redutora do Imobilizado)
C - Ganhos ou Perdas de Capital (Conta de Resultado)

3 - Pelo valor recebido da companhia seguradora.

D - Disponibilidade (Ativo Circulante)
C - Ganhos ou Perdas de Capital (Conta de Resultado)

O saldo da conta Ganhos ou Perdas de Capital compõe o Resultado do Exercício como Resultado não Operacional.

(Art. 418 do RIR/1999 )

Abraços,

Wellington Resende.

NOTA DA MODERAÇÃO:
Mensagem editada por conter espaços sem utilidades.
Evite espaçamentos em suas mensagens sem necessidade, isso além de culminar em perda de espaço no banco de dados do Forum, esteticamente fica em desconformidade.

Boa sorte!
Wellington Resende.
e-mail: meloresende@ig.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/wellingtonresendemelo.resende
Tel : (9) 7993-4472 (011)
Contabilidade Zanata.
Leonildadagostin Rehn

Usuário Iniciante

postada em: Quarta-Feira, 24 de fevereiro de 2010 às 16:05:32
Boa Tarde pessoal, alguém pode me responder como faço os lançamentos contábeis de um veículo caminhão)adquirido em 03/10/2003 por 110.000,00 e vendido em 30/10/2009 por 90.000,00 e com este dinheiro dando a entrada em outro caminhão de 115.000,00. Este veículo vendido não foi feito a depreciação em nenhum ano. Como eu faço com relação a esta depreciação?
Grata
Leo
Claudio Rufino

Moderador

postada em: Quinta-Feira, 25 de fevereiro de 2010 às 00:31:14
Leonildadagostin Rehn.

Para que alguem possa lhe dar uma resposta a alura de sua duvida. informe ao menos os seguintes ítens:

1 - quando da compra do veiculo era novo ou usado?
2 - em 2003 esse veiculo foi registrado na contabilidade?
3 - qual a forma de tributação de sua empresa?

Sem esses minimos detalhes é impossivel darmos alguma solução para seu caso.

Sds.

Não as franquias de serviços contábeis
Professor de Contabilidade
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
twitter @claudio_rufino
skype : c_rufino
@FCSContabeis
http://www.facebook.com/fcscontabeis
Leonildadagostin Rehn

Usuário Iniciante

postada em: Quinta-Feira, 25 de fevereiro de 2010 às 16:04:14
Boa tarde Cláudio.
O veículo era novo, foi contabilizado em 2003 e a empresa é pelo lucro real.
abraços
Leo
postada em: Sexta-Feira, 26 de fevereiro de 2010 às 08:41:08
Bom Ddia.

preciso de ajuda.
Tenho um veiculo que foi comprado em 2006 em forma de liasing ja quitado, isso na empresa x e depois foi feito um financiamento em banco desse mesmo veiculo pela empresa y sem ser feito a tranferencia do mesmo, e agora venderam o veiculo para uma outra empresa k e so agora me informaram da situação como devo proceder nesse caso, lembrando que o veiculo esta devidamente registra e a depreciação em dia na empresa x e o regime é lucro real. [ha dessa venda foi feito tambem a trasferencia do saldo do financiamento].

se puderem me ajudar como proceder a baixa agradeço.
postada em: Sexta-Feira, 26 de fevereiro de 2010 às 08:55:26
bom dia

so uma corresão a empresa é lucro presumido.

grato
Claudio Rufino

Moderador

postada em: Sexta-Feira, 26 de fevereiro de 2010 às 10:14:01
Leonildadagostin Rehn.

Nesse caso, o veiculo já esta 100% depreciado e certamente por qualquer valor que tenha ocorrido a alienação o mesmo dará resultado positivo.

Sobre a depreciação consulte o link a seguir Veja minha postagem do dia 24/07/2008

O bem deveria ter passado pos todas as etapas da depreciação, até porque se sua empresa é tributada pelo lucro real, nos meses em que foi recolhido o IR e a CSLL esses foram pagos a maior, visto que se houvesse feito a depreciação, o lucro real teria sido menor, concorda?

Agora não há muito o que fazer a não ser trabalhar com as contas de "ajustes de exercicios anteriores" cuja figuração aparece no PL.

Faça os ajustes e dê a devida baixa no bem.

Já pela aquisição do novo veiculo.

Faça os lançamentos levando a debito a conta de imobilizado e tendo como contra-partida a conta de credito que deu origem a obrigação.

Em seguida faça a baixa de parte da obrigação, debitando a conta do passivo e creditando a conta de debito que recebeu o valor de R$ 90.000,00.

NOTA:
De acordo com a postagem de 24/07/2008 a depreciação de bens do ativo imobilizado é obrigatória segundo os preceitos do CFC.

Sds.

Não as franquias de serviços contábeis
Professor de Contabilidade
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
twitter @claudio_rufino
skype : c_rufino
@FCSContabeis
http://www.facebook.com/fcscontabeis
Kalyne Tavares

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 9 de abril de 2010 às 16:27:05
Boa tarde.

Como contabilizo a baixa de um bem no fim de sua vida útil?

Li lá em cima que o Alcir disse que não pode-se dar baixa em um ativo somente pelo fato do mesmo estar totalmente depreciado.
Em seguida, o Ricardo disse que o bem deveria ser vendido a um valor simbólico, que poderia ser de R$1,00 (logo, o bem deveria deixar uma nota fiscal)

Se for assim mesmo, como posso fazer os lançamentos contábeis??

Agradeço desde já.

Kalyne Tavares
Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Domingo, 11 de abril de 2010 às 08:49:55
Bom dia Kalynne,

Estar "totalmente depreciado" não significa "deixar de existir".

Analise o (típico) caso dos veiculos. A lei determina que devem estar totalmente depreciados ao cabo de cinco anos (20% ao ano). Entretando praticamente todos os veículos estão "inteiros" e ainda valem muito, mesmo depois de passados cinco anos da data de aquisição.

Está certo o Alcir ao afirmar que "não se pode dar baixa de um ativo apenas por que está totalmente depreciado".

A baixa de qualquer bem do imobilizado dar-se-á apenas pela alienação ou imprestabilidade. Neste último caso, será dada mediante comprovação da imprestabilidade total. Vale dizer que mesmo reduzido a sucata, se esta for vendida, está configurado o ganho que deve ser oferecido à tributação pelo IRPJ e (se for o caso) pela CSLL.

...


mostrando página 1 de 2
1 2

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.72 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César