Contábeis o portal da profissão contábil

13
Dec 2017
05:17

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Folha de Pgto Contrato Intermitente

17respostas
465acessos
  

Carlos Silva

Usuário 4 Estrelas de Prata

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens895
pontos5.953
membro desde30/09/2010
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 14:14:44
Boa tarde!

Como fica a folha de pgto de um funcionário com contrato de trabalho intermitente que prestou serviços durante alguns dias ou no mês completo?
O salário será calculado pelas horas trabalhadas e não se paga o repouso remunerado?
Quais os descontos e proventos serão usados no fechamento do mês?
Desde já agradeço pela ajuda!

Att,

Carlos

"Quando se olha para o futuro, não faz mal deixar o passado para trás"
Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial

profissãoAnalista Pessoal
mensagens10.371
pontos61.223
membro desde31/01/2013
cidadeSao Jose dos Campos - SP
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 14:34:01
Carlos, boa tarde.
Primeiro, a CEF irá disponibilizar uma nova versão da SEFIP/GFIP.

Com relação a folha de pagto, você terá que solicitar do suporte da folha ou a empresa que vendeu para adequar a nova legislação.

Eu, particularmente, irei pagar o DSR, seguindo a formula

DSR = (feriados + domingos)/Dias restante do mês.

O resultado aplico sobre o valor das horas/dia trabalhado.

Com relação as férias e decimo terceiro, será proporcional, exemplo

Férias = 2,5 dias, então dividindo por (caso receba por hora) 220 (se o mês for de trinta dia) =
Férias = (2,5 x 7,33)/220 x horas trabalhadas =0,083

Vamos supor que o valor total das horas trabalhadas seja de 200,00 x 0,083 = 16,60 + 1/3 = 22,12

O decimo terceiro mesmo raciocinio, ok..

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Carlos Silva

Usuário 4 Estrelas de Prata

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens895
pontos5.953
membro desde30/09/2010
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 14:55:52
Boa tarde Carlos Alberto dos Santos!

Caso a jornada seja de 200 horas mensais com o salário hora a R$ 5,17, como ficaria os valores? Em cima do resultado aplico 8% para o Fgts e Inss?
O mês de novembro tem 7 dias entre domingos e feriados (incluindo o dia 20/11) e 23 dias restantes entre segunda a sábado.
Mais uma vez agradeço pela ajuda!

Att,

Carlos

"Quando se olha para o futuro, não faz mal deixar o passado para trás"
Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial

profissãoAnalista Pessoal
mensagens10.371
pontos61.223
membro desde31/01/2013
cidadeSao Jose dos Campos - SP
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 15:32:38
Carlos, se a jornada for de 200 horas, então não e Trabalho Intermitente, isso porque ele estaria trabalhando todos os dias.
Sendo que a jornada normal seria de no máximo (220hs - dsr).
Carlos Silva

Usuário 4 Estrelas de Prata

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens895
pontos5.953
membro desde30/09/2010
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 15:45:57
Boa tarde Carlos Alberto dos Santos!

Uma empresa solicitou que fosse registrado dessa maneira, porém tenho percebido que o empregado tem trabalhado por dias seguidos?
Mesmo se o mesmo trabalhar por exemplo, três horas por dia, o contrato não seria intermitente? Que tipo de contrato posso enquadrá-lo?

Obrigado novamente!

Att,

Carlos

"Quando se olha para o futuro, não faz mal deixar o passado para trás"
Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial

profissãoAnalista Pessoal
mensagens10.371
pontos61.223
membro desde31/01/2013
cidadeSao Jose dos Campos - SP
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 16:08:58
Carlos, nesse caso e contrato de trabalho normal, o INTERMITENTE o proprio nome já menciona,

"""intermitente"""
adjetivo de dois gêneros
1. em que ocorrem interrupções; que cessa e recomeça por intervalos; intervalado, descontínuo.
"trovoadas i."
2. med diz-se de episódios de febre alta que se alternam com intervalos de temperatura normal.

Nesse caso e contrato normal, onde deverá registrar por HORA e pagar sobre as horas trabalhadas, não será considerado como Intermitente.
Carlos Silva

Usuário 4 Estrelas de Prata

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens895
pontos5.953
membro desde30/09/2010
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 16:16:55
Carlos Alberto dos Santos,

Muito obrigado pelos esclarecimentos!

Att,

Carlos

"Quando se olha para o futuro, não faz mal deixar o passado para trás"
Karina Louzada

Usuário 4 Estrelas Vermelhas

profissão
mensagens7.654
pontos47.541
membro desde17/07/2014
cidadeVitoria - ES
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 16:31:56
Carlos Alberto dos Santos

Onde vc encontrou essa forma de cálculo?

Agradecida,

Karina Louzada de Oliveira -Vitória-ES.
Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial

profissãoAnalista Pessoal
mensagens10.371
pontos61.223
membro desde31/01/2013
cidadeSao Jose dos Campos - SP
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 16:33:05
Karina, você está se referindo ao decimo terceiro e férias?
Karina Louzada

Usuário 4 Estrelas Vermelhas

profissão
mensagens7.654
pontos47.541
membro desde17/07/2014
cidadeVitoria - ES
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 16:34:42
Carlos Alberto dos Santos

Isso!!!

Agradecida,

Karina Louzada de Oliveira -Vitória-ES.
Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial

profissãoAnalista Pessoal
mensagens10.371
pontos61.223
membro desde31/01/2013
cidadeSao Jose dos Campos - SP
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 16:42:04
Karina, menciona a legislação que ferias e decimo terceiros terão que ser pago proporcionalmente, após a conclusão do trabalho, certo

Então
Férias = 12 avos = 30 dias
.............01 avo = xx dias

Aplicando temos
Férias = (1 x 30)/12 = 2,5 dias

Se o contrato for por hora, temos então (no mês de 30 dias)

(2,5 x 7,33 hs)/220 = 0,083 por dia

Se multiplicarmos por 220 hs, temos então (0,083 x 30) = 2,5

vamos supor que o salario mensal seja de 200 reais, e ele tem férias vencidas, mas tem 01 avo de férias proporcionais,
então se dividirmos 200,00/12 x 1 = 16,66 ou seja se multiplicarmos 200,00 x 0,083 = 16,66 a mesma coisa, ok..
Karina Louzada

Usuário 4 Estrelas Vermelhas

profissão
mensagens7.654
pontos47.541
membro desde17/07/2014
cidadeVitoria - ES
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 16:47:13
Carlos Alberto dos Santos

Isso pra mim está bem confuso ainda, pois a legislação fala em pgto proporcional, mas até onde sei, tem direito a avos proporcionais a fração igual ou superior a 15 dias certo?

Essa forma de cálculo é mencionada na legislação?

Agradecida,

Karina Louzada de Oliveira -Vitória-ES.
Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial

profissãoAnalista Pessoal
mensagens10.371
pontos61.223
membro desde31/01/2013
cidadeSao Jose dos Campos - SP
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 17:11:18
Karina, como e contrato intermitente, nem sempre o trabalhador irá trabalhar fração igual ou superior a 15 dias.
Karina Louzada

Usuário 4 Estrelas Vermelhas

profissão
mensagens7.654
pontos47.541
membro desde17/07/2014
cidadeVitoria - ES
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 17:17:34
Carlos Alberto dos Santos

Justamente por isso que não entendo como seria feito esse cálculo proporcional que a legislação menciona, se só menciona cálculo proporcional para fração igual ou superior a 15 dias trabalhados.

Entendi sua forma de cálculo, seria a lógica, mas minha duvida é que isso não está previsto na legislação ainda.

Agradecida,

Karina Louzada de Oliveira -Vitória-ES.
Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial

profissãoAnalista Pessoal
mensagens10.371
pontos61.223
membro desde31/01/2013
cidadeSao Jose dos Campos - SP
Postada:Terça-Feira, 28 de novembro de 2017 às 17:52:15
Karina, tá todo mundo confuso, principalmente quando se trata do recolhimento complementar ao inss, entendo que somente para trabalho intermitente, isso porque com a nova versão da SEFIP e código especifico, então haverá por parte do INSS quando o salario contribuição for inferior dentro do mês (somando todas as empresas no qual prestou o serviço) um confronte(conferência) se o contribuinte recolheu a diferença referente aquela competência, através da GPS com o respectivo código.
Entendo que isso só vale para TRABALHO INTERMITENTE.

Essa é uma questão que não ficou clara na divulgação da Receita Federal, acredito que logo ela irá se pronunciar, ok.
Valnir Soares de Paulo

Usuário Novo

profissãoAssistente Contabilidade
mensagens1
pontos37
membro desde02/07/2009
cidadeGuarulhos - SP
Postada:Quarta-Feira, 29 de novembro de 2017 às 08:47:43
Mensagem Editada por Valnir Soares de Paulo em 29/11/2017 08:59:31
Bom dia.

Sobre o cálculo das férias pagas proporcionalmente.

Gostaria de compartilhar a minha fórmula e aceitar sugestões.

Exemplo:

Horas mês= 220 horas.
Horas férias ano 12 meses= 220 x 12= 2640 horas.
Valor bruto das férias= 1333,33

Valor .................. horas

R$ 1333,33 = 2640 (horas)
x.................. = 1 (hora)

resultado = 0,51 (hora)

Se trabalhou no dia 6 horas.

6 x 0,51= R$ 3,06.

Obrigado a todos.
Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial

profissãoAnalista Pessoal
mensagens10.371
pontos61.223
membro desde31/01/2013
cidadeSao Jose dos Campos - SP
Postada:Quarta-Feira, 29 de novembro de 2017 às 10:04:03
Valdir, bom dia.
O resultado também e o mesmo

6 x 0,083 = 0,50.

Ana Ale

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens1
pontos14
membro desde08/06/2016
cidadeManaus - AM
Postada:Sexta-Feira, 1 de dezembro de 2017 às 13:11:24
Bom dia,


Estou na duvida a respeito do INSS :

1- Ref. ao empregado.... a empresa retém de 8 a 11% e também recolhe na mesma GPS os 20% patronal. Como fica a questão do empregado no regime de Contrato Intermitente ... é retido o INSS proporcional do empregado nas horas trabalhadas ?


2 - Na Sefip será cadastrado como CATEGORIA DE TRABALHADOR 04.... e na parte de OCORRÊNCIAS ?, visto que o mesmo pode trabalhar para outras empresas .

Exemplos das Ocorrencias :

- Sem exposição a agente nocivo - Trabalhador nunca esteve exposto ( Neste há RETENÇÃO NA SEFIP)
05 - Mais de um vínculo empregatício (ou fonte pagadora) - Não exposição a agente nocivo. Neste NÃO há RETENÇÃO NA SEFIP)

Se cadastrar na ocorrência 05, não será recolhido os 8 a 11% ?


Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

WebContábeis Conteúdo contábil atualizado e de qualidade em seu site.

Desconto de 10% na mensalidade dos planos básicos de conteúdo.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.05 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César