Contábeis o portal da profissão contábil

26
Apr 2018
08:31

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Carga tributaria p/ Venda de Polpa de Frutas para fora do Estado

10respostas
589acessos
  

Eduardo

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a)
mensagens5
pontos30
membro desde24/08/2017
cidadeManaus - AM
Postada:Segunda-Feira, 9 de abril de 2018 às 12:47:05
Prezados,

Qual seria a carga tributária para venda de polpa de frutas para fora do estado do Amazonas?

Existe alguma alícota para reduzir legalmente essa carga tributária?

A empresa faz parte do Simples Nacional e o CNAE é : 10.31­7­00 ­ Fabricação de conservas de frutas


muito obrigado, desde já.
Eduardo
Jose Flavio da Silva

Usuário Estrela Dourada

profissãoAtendente
mensagens1.082
pontos6.101
membro desde24/10/2017
cidadeFortaleza - CE
Postada:Segunda-Feira, 9 de abril de 2018 às 14:52:57
Tributada a doze por cento conforme artigo 109, §4º, I, 'b', combinado com o artigo 12, II, 'a', todos do RICMS/AM.

As operações internas e interestaduais com polpa de cupuaçu e açaí são isentas do ICMS, de acordo com o Convênio ICMS 66/94.
As polpas de buriti, patauá e camu-camu são isentas do ICMS quando a operação interna for realizada por pessoa física que exerça atividade de extração, assim como por cooperativa ou associação que a represente, conforme Convênio ICMS 58/05.
Eduardo

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a)
mensagens5
pontos30
membro desde24/08/2017
cidadeManaus - AM
Postada:Segunda-Feira, 9 de abril de 2018 às 18:36:22
Jose Flavio da Silva
Obrigado, José Flávio !
Isso quer dizer, 12% em cima do Faturamento bruto ?

Com relação ao Convênio ICMS 66/94, muito obrigado pela informação, irei compartilhar com o nosso contador, isso quer dizer que o cliente no caso só irá arcar com o custo do produto e não com o custo de ICMS ?

Jose Flavio da Silva

Usuário Estrela Dourada

profissãoAtendente
mensagens1.082
pontos6.101
membro desde24/10/2017
cidadeFortaleza - CE
Postada:Segunda-Feira, 9 de abril de 2018 às 19:00:25
Sim, 12% sobre o valor da operação (que corresponde ao faturamento bruto), conforme art. 13, I, RICMS/AM.

2) Exatamente, como não tem ICMS, então o custo da operação é o valor do produto.
Eduardo

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a)
mensagens5
pontos30
membro desde24/08/2017
cidadeManaus - AM
Postada:Terça-Feira, 10 de abril de 2018 às 09:36:11
Jose Flavio da Silva

Prezado José Flávio, bom dia !

Esqueci de lhe perguntar, sobre os 12% seria em cima do Faturamento bruto ( por nota fiscal ) ou mensal ?

Somos Simples Nacional.
Jose Flavio da Silva

Usuário Estrela Dourada

profissãoAtendente
mensagens1.082
pontos6.101
membro desde24/10/2017
cidadeFortaleza - CE
Postada:Terça-Feira, 10 de abril de 2018 às 09:48:31
O período de apuração ocorre nos termos do artigo 100 do Regulamento do ICMS do Amazonas:

Art. 100. O período de apuração do imposto, durante o exercício, de conformidade com o respectivo regime de pagamento, será:

I - mensal, para os contribuintes inscritos na categoria normal;

II - trimestral, para os contribuintes inscritos na categoria estimativa;

III - anual, para os contribuintes inscritos na categoria de microempresa.

Parágrafo único. Para efeito do disposto neste Regulamento, será considerado exercício o ano civil, dividido em quatro trimestres, doze meses, vinte e quatro quinzenas e trinta e seis decêndios.
Eduardo

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a)
mensagens5
pontos30
membro desde24/08/2017
cidadeManaus - AM
Postada:Terça-Feira, 10 de abril de 2018 às 09:57:20
Jose Flavio da Silva

Desconsidero a tabela do SN 2018 ?

Receita Bruta Total em 12 meses Alíquota Quanto descontar do valor recolhido
Até R$ 180.000,00 4,5% 0
De 180.000,01 a 360.000,00 7,8% R$5940
.
.
.
.
.
Jose Flavio da Silva

Usuário Estrela Dourada

profissãoAtendente
mensagens1.082
pontos6.101
membro desde24/10/2017
cidadeFortaleza - CE
Postada:Terça-Feira, 10 de abril de 2018 às 10:30:38
Ah optantes do simples não tem nada com alíquota de 12% (não destacam ICMS, não são regulados pela Legislação do ICMS do Estado) porque seguem as regras da legislação do simples (LC 123 e Resoluções do CGSN). O fato gerador é a receita bruta, conforme art. 3º, §1º, LC 123/2006 deve sim observar os anexos da LC 123/2006.

Desconsiderar tudo o que foi dito anteriormente.
Eduardo

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a)
mensagens5
pontos30
membro desde24/08/2017
cidadeManaus - AM
Postada:Terça-Feira, 10 de abril de 2018 às 10:35:35
Jose Flavio da Silva

Em outras palavras para o cenário de venda de polpa para fora do estado, qual seria a regra mais atraente a seguir? continuar no Simples Nacional OU adequar a empresa para o cenário já explicado anteriormente ?

obrigado pelo suporte..

Jose Flavio da Silva

Usuário Estrela Dourada

profissãoAtendente
mensagens1.082
pontos6.101
membro desde24/10/2017
cidadeFortaleza - CE
Postada:Terça-Feira, 10 de abril de 2018 às 10:47:22
Esse questionamento é antigo e é o grande dilema dos empresários e contadores. O SEBRAE possui no site um simulador para tal, observe-o.
Suzana de Aquino

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens2
pontos33
membro desde30/09/2010
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Quarta-Feira, 18 de abril de 2018 às 11:42:22
Bom dia, sou um MEI em Rio das Ostras/RJ e gostaria de comprar polpas de frutas no Espirito Santo.
Eu teria que pagar alguma substituição tributaria nesta compra?
E quando eu revendesse para supermercados e off shore, teria que pagar algum ICMS?



Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César