Contábeis o portal da profissão contábil

26
Out 2014
00:54

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


NF-e Remessa para exposição ou feira

28   respostas
20.224   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Nadia Alves da Silva

Usuário 5 Estrelas

postada em: Terça-Feira, 23 de março de 2010 às 17:18:17
Boa tarde!

Preciso emitir uma NF-e de remessa para uma feira localizada em outro estado.
Antigamente, quando a NF era M1, eu usava os dados da minha empresa... hoje, com a NF-e, o programa impede que eu faça isso, pois ao colocar o meu CNPJ ele carrega automaticamente os dados e aparece vários erros...

Gostaria de saber se algum colega tem uma outra alternativa?

Abraço!

Nádia

"Whatever you give to life, life gives you back"
Juliano Ambrosio

Usuário Iniciante

postada em: Sexta-Feira, 9 de abril de 2010 às 14:07:49
boa tarde nadia

desculpe pela demora na resposta em sua questão.

mas olha é o seguinte, para vc enviar uma nfe, tem de ligar lá para o organizador do evento pegar o cnpj deles, e gerar a nfe com o destinatário o organizador do evento, com os dados do endereço, pavilhão "x" estande "y" senão o sistema realmente não gera a nfe.

mas olha colocar o destinatário como sua empresa msm pode trazer mais complicações pois como uma mercadoria pode sair de sua empresa estabelecidade em sua cidade e viajar p/ outro destino(as vezes em outro estado até) e o destinatário ser sua pr´´opria empresa em sua própria cidade.

não esqueça de inserir no campo dados adicionais os textos do icms e do ipi:

icms : "isenção do icms nos termos do artigo 33, anexo i, do decreto 45.490/2000 - (ricms/sp)".

ipi : "suspensão do ipi nos termos do artigo 42, inciso ii do decreto 4.544/02"

JR Assessoria Contabil
http://www.jrassessoria.cnt.br
juliano@jrassessoria.cnt.br
Mirassol / SP
Joelson Gomes de Araujo

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 6 de maio de 2010 às 23:46:35
Olá,

Fiz várias consultas na web sobre remessa para feira. Quase todas as empresas organizadoras estão se eximindo de responsabilidade e incluindo em seus "Manual do Expositor" para que a NF seja emitida em nome da empresa Remetente.
Tem alguma orientação fiscal específica sobre este assunto?
O que considerar, orientação fiscal ou orientação do Organizador do Evento?

Abraços,

Joelson.
Fabiana Souza

Usuário Frequente

postada em: Terça-Feira, 25 de janeiro de 2011 às 15:42:03
boa tarde a todos! minha dúvida é a mesma acima, alguém poderia nos dar uma ajuda sobre a emissão da nf p feira, emitir em nome da propria empresa ou organizador do evento? grata
Lucros Contabilidade

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 25 de janeiro de 2011 às 19:14:41
Boa Noite


Gostaria de saber se é possivel emitir uma nota de SIMPLES REMESSA em nota fiscal de serviço?

Pois um cliente esta solicitando .

Alguem pode me ajudar?

Obrigada
Wagner Pereira

Usuário 4 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 29 de novembro de 2011 às 09:09:33
Bom dia!

vou reforçar os questionamentos acima...

Tenho situação semelhante de envio de mercadoria para exposição/feira,
e tudo que encontro é que realmente não podemos emitir em nosso proprio nome |( o que tem uma lógica) se não conseguir no nome/razão da feira, em nome de quem eu poderia fazer?

atte

Wagner

As dificuldades são convites à superação. Jamais, uma justificativa para quedas.
---------
Yevarechecha Adonai veyishmerecha.
Ya’er Adonai panav eleicha vichunecha.
Yissa Adonai panav eleicha veyasem lecha shalom.
(Num 6, 24-26)
Juliano Ambrosio

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 29 de novembro de 2011 às 09:23:12
Boa tarde amigos

Como havia citado acima, lá estão os prcedimentos em linhas gerais, entretanto, caso o organizador da feira se exima de emitir o retorno, dá pra emitir sim em nome da própria empresa, o q não acho muito correto, mas vamos lá, há o artigo do RICMS/SP que permite isso:

Para transportar mercadorias a serem expostas em feiras de mostra ao público em geral, o contribuinte deverá emitir a nota fiscal sem o destaque do ICMS, fundamentado no art. 33 do Anexo I do RICMS-SP/2000.

Essa isenção está condicionada a que haja o retorno da mercadoria no prazo de 60 dias, contados da data de sua saída.

A nota fiscal será emitida em nome da própria empresa e, no campo "Informações Complementares", deve ser mencionado o endereço completo do local onde as mercadorias ficarão expostas.

( RICMS-SP/2000 , Anexo I , art. 33 , Resposta à Consulta nº 9.422/1976, item 5)

JR Assessoria Contabil
http://www.jrassessoria.cnt.br
juliano@jrassessoria.cnt.br
Mirassol / SP
Juliano Ambrosio

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 29 de novembro de 2011 às 09:25:29
Somente complementando:

Para transportar mercadorias a serem expostas em feiras de mostra ao público em geral, o contribuinte deverá emitir nota fiscal sem destaque do ICMS, fundamentado no RICMS-SP/2000 , Anexo I , art. 33 , aprovado pelo Decreto nº 45.490/2000 . Essa isenção está condicionada a que haja o retorno da mercadoria no prazo de 60 dias, contado da data de saída da mercadoria, conforme mencionado no item 3.


A nota fiscal será emitida com o nome e o endereço da própria empresa remetente, tendo como natureza da operação "Remessa de mercadoria para exposição (ou feira)", CFOP 5.914 e, no campo "Informações Complementares", deve ser mencionado o endereço completo do local onde as mercadorias ficarão expostas.

(Resposta à Consulta nº 9.422/1976, Item 5)


Retorno das mercadorias

Por ocasião do retorno das mercadorias, deverá ser emitida Nota Fiscal de Entrada, para acompanhar o transporte das mercadorias, conforme disposto no art. 136, I, "c", do RICMS-SP/2000 .


O campo "Destinatário" dessa nota fiscal deve ser preenchido com os dados da própria empresa. No campo "Informações Complementares" deverá ser indicado o fundamento legal da isenção (art. 33 do Anexo I do RICMS/2000), o número, a série e a data de emissão da nota fiscal de remessa, bem como a circunstância de que se trata de retorno de mercadoria remetida para exposição em feira.


Observe-se que o benefício da isenção está condicionado a que haja o retorno da mercadoria no prazo de 60 dias, contados da data de sua saída.

( RICMS-SP/2000 , art. 136 , I, "c"; Anexo I , art. 33 )

JR Assessoria Contabil
http://www.jrassessoria.cnt.br
juliano@jrassessoria.cnt.br
Mirassol / SP
Wagner Pereira

Usuário 4 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 29 de novembro de 2011 às 09:37:55
Agora ficou bem claro. entendo então que (pelo menos nas operações aí em SP) o emitente pode ser o mesmo destinatário, desde que não efetuada venda, certo?

Wagner

As dificuldades são convites à superação. Jamais, uma justificativa para quedas.
---------
Yevarechecha Adonai veyishmerecha.
Ya’er Adonai panav eleicha vichunecha.
Yissa Adonai panav eleicha veyasem lecha shalom.
(Num 6, 24-26)
Juliano Ambrosio

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 29 de novembro de 2011 às 09:56:54
Esse emaranhado de legislações estaduais, cada qual com a sua é o q dana com a vida da gente.

Realmente não pode ocorrer a venda e o retorno da remessa para exposição deve ser em no áximo 60 dias.

Mas em que estado vc esta?

JR Assessoria Contabil
http://www.jrassessoria.cnt.br
juliano@jrassessoria.cnt.br
Mirassol / SP
Wagner Pereira

Usuário 4 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 29 de novembro de 2011 às 10:24:34
Estou no Paraná, e realmente varia. Essa questão dos 60 dias todos estão de acordo.
Agora com relação ao emitente/destinatário que tenho encontrado muita divergencia.

em fim, obrigado pela atenção!
Abraço

Atte.

Wagner

As dificuldades são convites à superação. Jamais, uma justificativa para quedas.
---------
Yevarechecha Adonai veyishmerecha.
Ya’er Adonai panav eleicha vichunecha.
Yissa Adonai panav eleicha veyasem lecha shalom.
(Num 6, 24-26)
Juliano Ambrosio

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 29 de novembro de 2011 às 10:30:50
Realmente como vc disse quanto ao prazo SP e PR comungam dele:

Há isenção do ICMS nas saídas e retornos de mercadorias com destino a exposição ou feira, para mostra ao público em geral, desde que retornem ao estabelecimento de origem, no prazo de 60 dias contados da data da saída.

( RICMS-PR/2007 , Anexo I, item 61)

e o procedimento é o mesmo, somente muda o RICMS e seu artigo:

Para transportar mercadorias a serem expostas em feiras de amostra ao público em geral, o contribuinte deverá emitir nota fiscal sem destaque do ICMS. Essa isenção está condicionada a que haja o retorno da mercadoria no prazo de 60 dias, contado da data de saída da mercadoria, conforme mencionado no item 3.


A nota fiscal será emitida em nome da própria empresa, tendo como natureza da operação "Remessa de mercadoria para exposição (ou feira)", CFOP 5.914 (nas operações internas) e 6.914 (nas operações interestaduais) e no campo "Informações complementares" deve ser mencionado o endereço completo do local onde as mercadorias ficarão expostas.

( RICMS-PR/2007 , art. 138)


JR Assessoria Contabil
http://www.jrassessoria.cnt.br
juliano@jrassessoria.cnt.br
Mirassol / SP
Wagner Pereira

Usuário 4 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 29 de novembro de 2011 às 10:42:51
Juliano, muito obrigado, você ajudou 100%!!!

resposta completa!

bom, pode sempre contar, ok?

novamente, muito obrigado.

Atte.

Wagner

As dificuldades são convites à superação. Jamais, uma justificativa para quedas.
---------
Yevarechecha Adonai veyishmerecha.
Ya’er Adonai panav eleicha vichunecha.
Yissa Adonai panav eleicha veyasem lecha shalom.
(Num 6, 24-26)
Thais

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 3 de agosto de 2012 às 16:05:01
Juliano,

E no caso de remessa para degustação, muda o CFOP? E a forma de tratamento de destinatario e imposto, fica igual a remessa para exposição?
Gilberto C. Olgado

Consultor Especial

postada em: Sexta-Feira, 3 de agosto de 2012 às 23:57:08
Olá Thais!

Quando se envia mercadorias para degustação não se pode utilizar como operação de remessa, é uma Bonificação ou Brinde e deve ser tributado normalmente como venta à consumidor final.

Veja este assunto neste link:
http://www.contabeis.com.br/site/buscasite.php?cx=partner-pub-4073057802217469%3ajgr23wms47u&cof=forid%3a10&ie=iso-8859-1&q=bonifica%e7%e3o+ou+brindes+site%3ahttp%3a%2f%2fwww.contabeis.com.br%2fforum+site%3ahttp%3a%2f%2fwww.contabeis.com.br%2fforum&sa=buscar&bpq=1

A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração...
" VIVA INTENSAMENTE CADA MINUTO "
postada em: Quarta-Feira, 12 de dezembro de 2012 às 17:15:51
Boa tarde a todos.

Tenho uma duvida, tenho um cliente que costuma viajar com algumas mercadorias para demonstração e viaja pelo pais todo. O problema que ele é estrangeiro e ainda não tem CPF ( estamos providenciando ) e o ajuste SINIEF não esta mais permitindo emitir a nfe com 999.999.999-99. Como eu poderia proceder, acredito que em nome da própria empresa eu não posso emitir, até onde eu lembro só é possível para feiras.
Obriago
Gilberto C. Olgado

Consultor Especial

postada em: Quinta-Feira, 13 de dezembro de 2012 às 14:02:40
Olá Eduardo!

O tema deste tópico é remessa para exposição ou feira, pesquise em "remessa para demonstração" que você vai encontrar a resposta para seu questionamento.

Vale observar que se seu cliente está em situação irregular, não está apto à trabalhar no país, verifique esta situação.

A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração...
" VIVA INTENSAMENTE CADA MINUTO "
Luiz Claudio Caparelli

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 7 de janeiro de 2013 às 17:28:37
Gostaria de saber o seguinte:

Estou em Minas Gerais e vou fazer uma feira em Sao Paulo, eu vou levar primeiramente os moveis para eu montar o estande a pergunta é : como eu tiro a nf
Roberto Alves

Usuário Frequente

postada em: Segunda-Feira, 7 de janeiro de 2013 às 18:46:25
Olá, todo o que for para a Feira voce deve tirar como CFOP 6.914 "Remessa de mercadoria ou bem para exposição ou feira".

Roberto Alves
Andre Amaral

Usuário Estrela Nova

postada em: Quarta-Feira, 8 de maio de 2013 às 15:05:18
Minha duvida com relação ao tema é a seguinte:

A empresa estará enviando alguns equipamentos para ficarem em exposição em uma outra empresa, porem, não existe um tempo determinado que esses equipamentos ficarão expostos. Ou seja, a segunda empresa funcionará, mais ou menos como um show-room da primeira.

Suponhamos que essa mercadoria fique 1 ano em exposição. Posso, a cada 60 dias emitir uma NF de entrada e posteriormente outra de saída, ou isso poderia gerar algum questionamento do fisco?
Gilberto C. Olgado

Consultor Especial

postada em: Quarta-Feira, 8 de maio de 2013 às 16:58:53
Olá André Amaral, não só pode como deve ser emitidas as notas fiscais para que seja caracterizado que o equipamento permanece em exposição.

A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração...
" VIVA INTENSAMENTE CADA MINUTO "
Andre Amaral

Usuário Estrela Nova

postada em: Quarta-Feira, 8 de maio de 2013 às 17:04:06
Olá Gilberto C. Olgado, obrigado pela atenção
Edinilson Alves Moreira

Usuário Iniciante

postada em: Segunda-Feira, 15 de julho de 2013 às 11:18:32
Bom dia!

Uma empresa emitiu remessa para feira no seu próprio nome com o cfop 6914, a emissão da nota de devolução desse mercadoria será com qual cfop?


obrigado
Daniel A. S. Pinto

Usuário Frequente

postada em: Segunda-Feira, 5 de agosto de 2013 às 08:51:34
Olá Edinilson,

Por ocasião do retorno das mercadorias deverá ser emitida nota fiscal identificada como de entrada, para acompanhar o transporte das mercadorias, no seu caso 2914.

O campo destinatário dessa nota fiscal deve ser preenchido com os dados da própria empresa. No campo informações complementares deverão ser indicados o fundamento legal de isenção (art. 33 do Anexo I do RICMS/2000), o numero, a série e a data de emissão da nota fiscal de remessa, bem como as circunstâncias de que trata o retorno da mercadoria remetida para exposição.
Marcelo Giovani

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 4 de setembro de 2013 às 08:20:57
Olá a todos!

Sou de Minas Gerais, alguém sabe me responder qual a fundamentação legal de isenção do RICMS/MG, que deverá constar nas informações complementares da nf-e, em uma Remessa para Demonstração?

Desde já agradeço.
Daniel A. S. Pinto

Usuário Frequente

postada em: Quarta-Feira, 4 de setembro de 2013 às 10:34:33
Olá Marcelo,

No caso de saída em demonstração não é isento e sim suspenso.

"Suspenso do ICMS conforme Artigo 19, Anexo III, Parte 1/1 do RICMS/2002."



Saudações!
Marcelo Giovani

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 4 de setembro de 2013 às 16:07:35

Obrigado Daniel!

Mesmo quando pra fora do estado, será o ICMS "suspenso"?

Outra dúvida é o CSOSN que será usado.
Daniela Souza

Usuário Novo

postada em: Domingo, 1 de junho de 2014 às 17:21:32
Olá,

tenho uma dúvida, quando o material promocional como um expositor não retorna da feira, pois pode ter sido destruído, como se deve proceder? mesmo assim deve-se emitir nota fiscal de retorno? e depois?

aguardo retorno,

Daniela Souza
Frá

Usuário 5 Estrelas

postada em: Quarta-Feira, 24 de setembro de 2014 às 12:08:56
Bom dia Daniela Souza tudo bem?

Você obteve resposta para a sua pergunta? Também gostaria de saber. Acredito que tenha que emitir nota de entrada somente dos itens que estão retornando mas nao tenho base legal para tal informação, por isso gostaria de saber se já obteve resposta...

Eu preciso enviar brindes (canetas/agendas/catálogos) para serem destribuidos na feira fora do estado de SP e queria saber de que forma emito a nota fiscal.

att,

Eufrasia

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.89 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César