Contábeis o portal da profissão contábil

1
Set 2014
10:46
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Ajustes de exercícios anteriores

14   respostas
6.401   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Pabyllo Ribeiro

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 15 de setembro de 2010 às 11:10:46
Boa tarde,
Sabendo que para efetuar Ajuste de Exercícios antereiores, deve ser obedecida as regras que constão no § 1º do art. 186 da Lei nº. 6.404/1976.

De acordo com o comentário tenho um problema: Uma empresa que está com seu CAIXA e seu LUCRO ACUMULADO com valores muito alto, que acumlaram durante os exercícios, pois, não houve distribuição entre os sócios e nem reservas ou seja, nada. Como não tinhamos atentado para esse problema, agora precisamos baixar os valores do CAIXA e de LUCRO ACUMULADO. De que forma posso fazer isso poderia ser com ajustes de exercícios anteriores? preciso de algumas sugestões.

Abraços Grato!
Wellington Resende Melo

Usuário 2 Estrelas de Prata

postada em: Quarta-Feira, 15 de setembro de 2010 às 12:53:13
Boa tarde!

Pabyllo Hennesten dos S. Ribeiro

Permita-me, por favor, dê mais detalhes sobre a sua duvida, feito isso poderá obter respostas sobre seu questionamento.



Ate a próxima,
Wellington Resende.

Boa sorte!
Wellington Resende.
e-mail: meloresende@ig.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/wellingtonresendemelo.resende
Tel : (9) 7993-4472 (011)
Contabilidade Zanata.
Pabyllo Ribeiro

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 15 de setembro de 2010 às 13:58:53

Boa tarde Wellington Resende,

Pergunta editada, aguardo ajudas.
Obrigado!
Wellington Resende Melo

Usuário 2 Estrelas de Prata

postada em: Quarta-Feira, 15 de setembro de 2010 às 14:41:29
Boa tarde!

Pabyllo Hennesten dos S. Ribeiro

Acho que vou te ajudar de alguma forma passando links com pesquisas (ajuste exercícios anteriores), inclusive o fórum contábeis já abordou esses temas em outros tópicos.

Link 1
http://www.google.com.br/cse?cx=partner-pub-6514179695368964%3a18hu4kk47ep&q=ajustes+exercicios+anteriores

Link 2
http://www.portaldecontabilidade.com.br/guia/ajustesexercanteriores.htm

Por nada, ficando na duvida volte a postar.

Wellington Resende

Boa sorte!
Wellington Resende.
e-mail: meloresende@ig.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/wellingtonresendemelo.resende
Tel : (9) 7993-4472 (011)
Contabilidade Zanata.
Pabyllo Ribeiro

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 15 de setembro de 2010 às 14:59:58
Caro Wellington Resende,

Compreendo os Links, portanto, não queria usar ajuste de saldos de exercícios anteriores para baixar esse CAIXA ( 5.000.000,00) e esse LUCRO ACUMULADO (4.000.000,00), pois, pelo meu entendimento ele não me da suporte para tal procedimento.
Como esses saldos veio acumulando durante os exercícios e não destinados a nada. Posso:
* Retificar as declarações dos sócios colocando retiradas, e fazendo Ajuste de Exercícios anteriores.
* Procurar algumas fazer algumas reservas mas isso não baixaria o saldo alto do caixa.
?
Procuro uma confirmação ou sugestão de você (s) que e mais experiente.
Ricardo C. Gimenez

Moderador

postada em: Quarta-Feira, 15 de setembro de 2010 às 17:29:26
Boa tarde, amigos


É oportuno observarmos que as técnicas de ajustes de exercícios anteriores são empregadas somente quando o problema tenha sido gerado no fechamento das contas de resultado, cujo saldo final (lucro ou prejuízo) já tenha sido deslocado para o Patrimônio Líquido.

Conforme indica o próprio nome da técnica, ajuste de exercícios "anteriores", deduz-se que esta metodologia só pode ser aplicada, e somente se, se num exercício em curso foi percebido que em algum exercício anterior e já encerrado, por algum erro, foi lançada alguma receita ou despesa a mais ou a menos, por variados motivos (erro de cálculo, esquecimento, documento que chegou em atraso ou foi omitido - com ou sem intenção, etc.)

Deste modo, a título ilustrativo, admitamos que uma nota fiscal de despesa só foi entregue ao departamento contábil alguns dias após o último balanço patrimonial ter sido encerrado.

O quê fazer?

Algumas pessoas imaginam que basta lançar esta despesa nos lançamentos deste ano e esperam que tal improviso não cause problemas. No entanto, considerando que este tipo de lançamento pertence a um exercício que já foi encerrado e que não pode mais ser modificado, é evidente que tal fato também não pode influenciar a movimentação do exercício em andamento. Quando tal procedimento - um retrato de pedantismo - é empregado são frontalmente atingidas duas normas, sendo uma técnica (princípio da competência) e outra legal (§ 1º do Art. 186 da Lei 6404/76)

Analisando a dúvida de Pabyllo facilmente é possível notar que este assunto não deve, em todas as hipóteses (possíveis e impossíveis), se apoiar na metodologia de ajustes de exercícios anteriores porque não é um problema oriundo de faltas ou excessos no fechamento das contas de resultado pertencentes a ajustes anteriores, e sim, é um problema que envolve as contas patrimoniais; "caixa" pertence ao Ativo e "lucros acumulados" está no Patrimônio Líquido, que faz parte do Passivo.

Embora eu não pretenda debater o fato do caixa estar alto demais, é oportuno observar que, hoje em dia, as empresas que tiverem dinheiro o aplicarão (estoques, imobilizado, aplicações financeiras, participações, especulações, etc.) e nunca o deixarão mofando no cofre.

O que se faz com lucros apurados?

1 - Compensação dos prejuízos
2 - Reservas legais
3 - Pagamento aos sócios

Finalizando, é importante reiterar que os conceitos de ajustes de exercícios anteriores devem ser analisados com estrita dedicação porque se tal técnica fosse normal e plenamente aceita em toda e qualquer situação, ela sempre estaria a fomentar um perverso ciclo de ajustes de saldos de origem duvidosa, induzindo os contabilistas a deixar de investigar as causas e origens das discrepâncias.


Reflitam

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
postada em: Sexta-Feira, 7 de outubro de 2011 às 14:56:03
Pabyllo, se a sua empresa tem disponibilidade de caixa e lucros acumulados; verifica se ela esta em dia com a Receita e Previdencia,estando tudo OK faz a DISTRIBUIÇÃO DE LUCROS para os sócios.

Espero ter te ajudado....
Alex da Silva Machado

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 14 de outubro de 2011 às 14:31:00
e se nesse caso, o nosso amigo não tenha constituido reserva legal por exemplo, no exercício seguinte como ele pode proceder para não sofrer nenhuma punição???
Ricardo C. Gimenez

Moderador

postada em: Sexta-Feira, 14 de outubro de 2011 às 22:29:24
Boa noite, Alex


Embora este tópico esteja tratando de "Lucros a Distribuir", convenhamos que as "Reservas Legais" dependem da natureza jurídica da empresa, e a constituição ou não disto e possíveis punições por eventuais infrações dependem de enésimos fatores.

Por gentileza, seja mais específico em sua dúvida.


Estamos no aguardo.

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
Diego

Usuário Iniciante

postada em: Quarta-Feira, 1 de fevereiro de 2012 às 11:42:34
Não sei se minha dúvida se encaixa aqui, mas vou fazê-la e caso esteja no lugar errado me desculpem os moderadores:
Recebi um cliente novo onde sua contabilidade era feita por outra empresa, enfim constatei que foi deixado de lançar no imobilizado um veículo que a empresa adquiriu em 2010 e não foi feita nenhuma depreciação dos bens do imobilizado. Sendo assim cabe ajuste de exercício anterior e caso sim alguem poderia me dar um exemplo em qual conta seria lançado?
Muito obrigado
Francisco Avelino Jorge

Usuário 2 Estrelas de Prata

postada em: Quarta-Feira, 1 de fevereiro de 2012 às 18:23:51
boa tarde,

Cabe sim. Neste caso tem que fazer o ajuste de exercicios anterios em conta de mesmo nome no PL. Você poderá fazer esses ajustes retroagindo 5 anos, pois a partir desta data já foi prescrito.

Atenc.
Reginaldo Teixeira da Silva

Usuário Iniciante

postada em: Segunda-Feira, 13 de fevereiro de 2012 às 16:23:41
Prezados Colegas,

Revendo a contabilização do Parcelamento pela Lei 11.941/09 surgiu uma dúvida.

No caso de um cliente, os valores dos impostos não estavam reconhecidos no passivo a recolher, então gerei agora tal obrigação lançando contra a conta Ajustes de Exercícios Anteriores, pelo total do Parcelamento, mas ai veio a dúvida, os encargos imbutidos no parcelamento também devíam ter sido lançados contas a rubrica Ajustes ou somente o valor do principal dos impostos e tais encargos seriam reconhecidos nas contas de resultados do exercício corrente.


Outra dúvida também é quanto ao tratamento dado aos encargos de juros de cada parcela, pois tem os encargos incluso no total do parcelamento e aquele que vem em cada parcela quando se emite o DARF no site da Receita. Então que tratamento dá para esses valores de juros ?


Obrigado pela atenção.
Luiz José

Moderador

postada em: Segunda-Feira, 13 de fevereiro de 2012 às 21:06:45
Boa noite Reginaldo, como ta meu River? :)


mas ai veio a dúvida, os encargos imbutidos no parcelamento também devíam ter sido lançados contas a rubrica Ajustes ou somente o valor do principal dos impostos e tais encargos seriam reconhecidos nas contas de resultados do exercício corrente.


Os Encargos da divida tem o mesmo tratamento do principal.

Outra dúvida também é quanto ao tratamento dado aos encargos de juros de cada parcela, pois tem os encargos incluso no total do parcelamento e aquele que vem em cada parcela quando se emite o DARF no site da Receita. Então que tratamento dá para esses valores de juros ?


Esses valores é que devem ser reconhecidos nas contas de resultado do exercicio corrente. São despesas financeiras do periodo e lançados de acordo com o regime de competencia.


Abraço.

AVISO AOS NAVEGANTES: Qualquer pessoa tem o direito de presumir–se inocente até a sua culpabilidade ser provada. Cabe a cada um ser reto em suas ações para que seja sempre inocente.
postada em: Quarta-Feira, 11 de julho de 2012 às 09:59:55
Bom dia,

Li todos os tópicos mas ainda estou com dúvidas...

Estou com uma empresa, em que os lançamentos estão todos atrasados, sendo assim, estou ainda contabilizando o ano de 2011.

No Balanço de 2010 não consta no Ativo a conta Clientes e no Passivo as contas de Fornecedores e Parcelamentos de Impostos.

Como faço esse ajuste em janeiro de 2011?

Grata
Suzana

Atenciosamente
Suzana Sanches de Oliveira
Mariza Nascimento

Usuário 5 Estrelas Novas

postada em: Sexta-Feira, 19 de outubro de 2012 às 13:43:07
uma empresa fez ajuste de exercicios anteriores referente saldo de aplicações financeiras de bancos, que não tinham sido lançadas antes na contabilidade no ano de 2010 e em 2011 fez este ajuste, já ouvi falar que quando e ajuste de exercicios anteriores sobre nota fiscal esquecida tem que recolher imposto de renda, e sobre este saldo de aplicações financeiras( que é o saldo final de 12/2010 que passou a ser inicial em 2011)tenho que recolher alguma coisa? nós recolhemos imposto de renda e contribuição social sobre os rendimentos no periodo.

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 1.56 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César