Contábeis o portal da profissão contábil

20
Abr 2014
23:27

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Como manter empresa inativa

12respostas
7.041acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Linara Debon

Usuário Novo

profissãoModelista
mensagens3
pontos17
membro desde23/09/2010
cidadeCaxias do Sul - RS
Postada:Quinta-Feira, 23 de setembro de 2010 às 16:14:51
Boa Tarde!
Tenho uma empresa registrada desde março de 2009, porém não tiro NF há 6 meses e não irei tirar durante algum tempo... Minha contadora continua cobrando o mesmo valor pelo serviço, alegando que existem obrigações a serem cumpridas pelo escritorio, então gostaria de saber como deixar a empresa inativa. Ela me diz que isto não é possivel, mas li em vários posts no fórum sobre isso... Só o que eu gostaria era de economizar nos honorários do contador durante este período que não estou movimentando a empresa... Até analisar e ver se volto a movimentá-la ou se dou baixa. Como proceder?
Desde já obrigada
Leduardo da Silva

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens290
pontos2.234
membro desde08/07/2009
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 23 de setembro de 2010 às 17:18:40
boa tarde,linara,tem que se analisar que uma empresa ela tem um ano fiscal,e ano fiscal tem obrigaçoes, a ser declaradas sim ,ex;simples nacional de janeiro a junho tem obrigaçoes a ser entregues,se caso emitiu nf nao esqueça que as mesmas precisar constar nas obrigaçoes,mas a questao de deixar parada pode sim,visto se a pessoa nao quer mais ser empresario e nem fechar a empresa,entao ficara parada,agora a questao dos honorarios contabeis,alguns colegas fecham um contrato com o cliente se foi seu caso pode sim ficar parada depois de vencer o contrato ou se houver algum aditivo que se pode rescindir,mas se nao fez contrato algum entao nao tem porque arcar com uma carga que nao deseja mais,ate aqui mesmo no forum tem diversos assuntos sobre isso,acredito que ambas as partes podem chegar a um concenso,se for o caso peça pra negociar um honorario baixo que possa arcar,..mais vale um cliente contente do que um cliente insatisfeito,ai pode queimar o filme do profissional,,boa tarde espero ter ajudado..
Linara Debon

Usuário Novo

profissãoModelista
mensagens3
pontos17
membro desde23/09/2010
cidadeCaxias do Sul - RS
Postada:Quinta-Feira, 23 de setembro de 2010 às 17:51:20
Olá!
Obrigado pelas respostas, na verdade estou pensando em falar com outro escritorio contabil, pois no meu a resposta que obtive foi que nao há como deixar a empresa inativa, que preciso pagar os honorários pq ainda existem obrigações que ela precisa fazer todo o mês. Com a empresa inativa, ouvi falar que no maximo teria que pagar uma multa, o valor dessa multa é o que pago mensalmente ao escritorio, prefiro pagar a multa!
Tem algo sobre fazer uma declaração, um pedido temporário de paralização, no qual vc informa que a empresa ficará inativa por determinado tempo, sabes algo sobre isso?
obrigada!
Regina Vitoria Rastrelli Teixeira

Usuário Estrela Nova

profissãoContador(a)
mensagens219
pontos1.872
membro desde16/07/2010
cidadeNova Iguacu - RJ
Postada:Quinta-Feira, 23 de setembro de 2010 às 17:59:14
Boa tarde,

Na minha opinião, ninguém é obrigado a nada.
Se o empresário entende que estando inativo não tem que pagar honorários, deve então solicitar ao Contador os documentos da Empresa.
No caso, fica por conta do empresário entregar os relatórios das obrigações acessórias ao devidos órgãos do Govêrno.
Aqui eu tenho sido flexível e até reduzo os honorários para não perder o cliente e ao mesmo tempo manter a empresa em dia com as obrigações.
Mas, tem casos que o cliente não quer nem pagar valor reduzido. Aí, eu devolvo os documentos.
Não é justo o contador ficar com caixas ocupando espaço e trabalhando gratuitamente.
Como dizem alguns : "Minha empresa está inativa e não preciso fazer nada" ou "Só pra preencher um papelzinho, está cobrando?"
Para evitar estes problemas, devolvo a empresa ao cliente.
Quando ele desejar baixar pode regularizar.

Abraços,

Regina

Regina Rastrelli
Rastrelli Assessoria Contábil

Linara Debon

Usuário Novo

profissãoModelista
mensagens3
pontos17
membro desde23/09/2010
cidadeCaxias do Sul - RS
Postada:Quinta-Feira, 23 de setembro de 2010 às 18:04:07
Exatamente, o ue tentei negociar foi justamente um valor menor tendo em vista que o trabalho diminuiu... Como não houve acordo, conversei com outro escritorio, que me propos cobrar uma taca anual no mesmo valor que pago mensalmente ao atual... Acredito que conversando e negociando dá pra chegar a um acordo, o injusto é pagar o mesmo valor que outras empresas gerando um trabalho mto menor... Concordo com vc Regina, na questão flexibilidade, que infelizmente o meu atual escritório não teve... Acabou perdendo o cliente, pois vou para outro, e no momento em que reativar minha empresa, será neste que continuarei, que foi mais honesto comigo e justo com o valor proporcional ao serviço prestado...
Obrigada!
Regina Vitoria Rastrelli Teixeira

Usuário Estrela Nova

profissãoContador(a)
mensagens219
pontos1.872
membro desde16/07/2010
cidadeNova Iguacu - RJ
Postada:Quinta-Feira, 23 de setembro de 2010 às 18:09:45
Boa noite Linara,


Por isso procuro conversar com os clientes.
Acho absurdo perder cliente nos dias de hoje por falta de diálogo.

Um grande abraço,

Regina Rastrelli
Rastrelli Assessoria Contábil

Jacyara Alves da Silva

Usuário 5 Estrelas de Prata

profissãoAdministrador(a)
mensagens941
pontos5.922
membro desde16/01/2010
cidadeMaceio - AL
Postada:Quinta-Feira, 23 de setembro de 2010 às 21:20:18
Linara,

Acesse o site do DNRC (http://www.dnrc.gov.br) - Serviços do CCivil
Na última posição, "Comunicações", está disponibilizado um modelo de "Comunicação de Paralisação Temporária de Atividades".
Vc pode preenchê-la em 03 vias (originais) + capa de processo + taxa estadual (fixada pela Junta Comercial do seu Estado) e arquivá-la lá. Realmente, como falou antes, é vc quem estabelece o tempo em que permanecerá com as atividades paralisadas - e esse prazo deverá constar na declaração, mas, não significa que deverá ser seguido à risca;
vamos supor que vc comunique que por 2 anos, e resolva funcionar passado só 1. Não terá problemas, é só arquivar uma "comunicação de funcionamente" e tudo voltará ao "normal".

Boa sorte c/o novo Contador.

Recomendações
Elisabete Vitoriano Machado

Usuário Estrela Dourada

profissão
mensagens1.235
pontos9.100
membro desde27/11/2009
cidadeCaieiras - SP
Postada:Sexta-Feira, 24 de setembro de 2010 às 12:04:40
Bom dia Jacyara,

Voce saberia me informar se com esta comunicação de paralização temporária a empresa estará dispensada da entrega de declarações, por exemplo DSPJ Inativa?
Abraços!

O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano. (Isaac Newton).
Jacyara Alves da Silva

Usuário 5 Estrelas de Prata

profissãoAdministrador(a)
mensagens941
pontos5.922
membro desde16/01/2010
cidadeMaceio - AL
Postada:Segunda-Feira, 27 de setembro de 2010 às 17:56:23
Elisabete,

Consultei um Contador que se utilizou desse recurso para uma das empresas que assessora e ele foi taxativo: desde que, após arquivar na Junta Comercial a tal "Comunicação de Paralisação Temporária de Atividades" também seja levada para as outras repartições normalmente envolvidas - RFB, SEFAZ ou Prefeitura - nenhum imposto ou obrigação serão gerados a partir de.
De qualquer modo, sugiro uma confirmação nestes órgãos, pois, como já dizia minha avó, "cautela e caldo de galinha não faz mal a ninguém..."

Abçs e
Recomendações
Elisabete Vitoriano Machado

Usuário Estrela Dourada

profissão
mensagens1.235
pontos9.100
membro desde27/11/2009
cidadeCaieiras - SP
Postada:Terça-Feira, 28 de setembro de 2010 às 12:01:12
Jacyara,

Obrigada por sua informação.
Vou consultar a Prefeitura e SEFAZ de SP para poder ter certeza, pois cada ente tributante tem uma posição.

Abraços e bom dia!

O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano. (Isaac Newton).
Neide Santos

Usuário Estrela Nova

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens246
pontos2.355
membro desde04/03/2010
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 18 de outubro de 2012 às 13:49:26
Elisabete Vitoriano Machado boa tarde estou no mesmo dilema acima... por acaso saberia me informar se ao efetivar essa comunicação na Jucesp devo também levar a Prefeitura e quanto a RECEITA FEDERAL como devo proceder?
Phillipe Gambôa

Consultor Especial

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens2.584
pontos18.145
membro desde28/04/2010
cidadeRecife - PE
Postada:Quinta-Feira, 18 de outubro de 2012 às 14:57:36
Mensagem Editada por Phillipe Gambôa em 18/10/2012 14:58:35
Elisabete Vitoriano Machado

Acho dificil, a dspj inativa é uma obrigação acessória para tal caso e nenhum documento por oficio que eu tenha tido conhecimento tira esta obrigação.

Abertura, alterações e baixa de empresas em todo Brasil.
Escrituração contábil, fiscal, Recursos Humanos.

Av. Eng. Domingos Ferreira, 890, Edf.Domingos Ferreira, Pina, Recife
phillgamboa@gmail.com
(81) 4102.0743
Jadir Murara Machado Lopes

Usuário Estrela Nova

profissãoAnalista Administrativo
mensagens234
pontos1.583
membro desde15/07/2009
cidadeJaragua do Sul - SC
Postada:Sexta-Feira, 16 de novembro de 2012 às 17:21:00
Para os municipios que tem convenio com a Receita Federal é fazer a declaração e gerar o DBE através do sistema CNPJ, evento 412 a data do evento é a mesma data do comunicado.
Caso não tem convenio com a Receita Federal, primeiro manda registrar o comunicado na Junta Comercial e após registrado faz o CNPJ, evento 412 a data é a do registro na Junta.

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

Facebook

Receba Novidades


POSTS RELACIONADOS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Quem participa

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.49 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César