Contábeis o portal da profissão contábil

22
Set 2014
11:13

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


icms e ipi na entrada CFOP 1653

6   respostas
9.101   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Bruno Cabrini Pereira

Usuário Iniciante

postada em: Quarta-Feira, 5 de janeiro de 2011 às 10:27:45
Bom dia

Estou com uma dúvida com a entrada das notas fiscais de combustíveis / lubrificantes relacionados ao CFOP 1653 (Compra de combustível ou lubrificante por consumidor ou usuário final).

O pessoal do recebimento lança a nota fiscal com o crédito do imposto, na minha apuração do ICMS e de IPI todos os meses o crédito aparece.

Por gentileza, gostaria de saber se estou procedendo corretamente, aceitando o crédito do imposto?

Aguardo.

Atenciosamente,

Bruno.



Bruno Cabrini Pereira

Usuário Iniciante

postada em: Quinta-Feira, 6 de janeiro de 2011 às 07:33:33
Bom dia...

Por gentileza, teria como alguém me ajudar nesse assunto?

No aguardo.

Bruno.
Ericke César Cruz

Usuário 3 Estrelas Novas

postada em: Quinta-Feira, 6 de janeiro de 2011 às 08:27:46
Bom dia Bruno!

Ao receber mercadoria para consumo, a empresa não tem direito aos créditos de ICMS e IPI.

Para verificar as hipóteses de lançamento de créditos do IPI, consulte o art. 226 do Decreto 7212/2010 (Regulamento do IPI).

Para informações sobre SPED e NF-e acesse http://www.spedbrasil.net/ e participe do forum.
Cassia Carvalho

Usuário Iniciante

postada em: Segunda-Feira, 7 de março de 2011 às 18:25:38
Olá.
Estou apurando os impostos de uma empresa lucro real e sei que não posso me creditar do ICMS quando efetuo compra de combustível para consumidor final.O que estou com dificuldades é de achar a base legal disto.Alguém poderia me ajudar?
Cosmo Luiz de França

Usuário 2 Estrelas de Prata

postada em: Quarta-Feira, 9 de março de 2011 às 10:07:01
Bom dia Rita!

O direito ao crédito do ICMS relativo à entrada de mercadoria destinada ao seu uso ou consumo está previsto na Lei Complementar nº 87/1996 , art. 20.


Inicialmente, esse direito estava assegurado somente a partir de 1º.01.98.


Contudo, posteriormente o mencionado prazo foi prorrogado cinco vezes: a primeira para 1º.01.2000, por meio da Lei Complementar nº 92/1997 , a segunda, para 1º.01.2003, por intermédio da Lei Complementar nº 99/1999 , a terceira para 1º.01.2007 por intermédio da Lei Complementar nº 114/2002 , a quarta para 01.11.2011 por intermédio da Lei Complementar nº 122/2006 e a quinta para 1º.01.2020, por meio da Lei Complementar nº 138/2010 .


Deste modo, somente darão direito ao aproveitamento de crédito as mercadorias destinadas ao uso ou consumo do estabelecimento, nele entradas a partir de 1º.01.2020.


Cosmo Luiz de França
Contador
CLF Assessoria Contábil e Tributária

clf_contabil@hotmail.com
Fone: (11) 96629-8576 (Claro) / 96467-4634 (Tim) e 94600-4634 (Oi)
Skype: cosmo.luiz
http://consultoriatributariaefiscal.blogspot.com.br/
Charleson Martins Resende

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 9 de agosto de 2011 às 17:03:08
Boa tarde, no Sped fiscal uma empresa que compra no CFOP 1653 e 2653, deverá lançar os produtos, ou seja os iten deverão ser lançados? Ou basta dar entrada em valor contabil e outras!?
Desde já obrigado!
postada em: Segunda-Feira, 10 de outubro de 2011 às 13:09:39
Por gentileza, preciso de uma orientação a respeito do CFOP 1653 -> compra de combustível e lubrificantes por consumidor ou usuário final.
Para lançamento da DAPI, como será disposto o valor na linhas?
Exemplo: Valor contábil: r$ 1.418,89.

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.2 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César