Contábeis o portal da profissão contábil

20
Oct 2017
04:45

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


INSS Simples Nacional Anexo V

3respostas
6.444acessos
  

Marli Olimpia Gomes

Usuário Iniciante

profissãoContador(a)
mensagens41
pontos483
membro desde23/09/2010
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 11 de janeiro de 2011 às 17:51:39
Pessoal,
Não ficou claro para mim sobre o calculo da GPS das empresas enquadradas no Anexo V, como Desenvolvimento de Sistemas.
Pelo que entendi na Lei Complementar 128/2008 e CGSN 50/2008, no texto abaixo, os 20% patronais só são devidos para empresas enquadradas no anexo IV.

"Anexo IV
As atividades de prestação de serviços seguintes serão tributadas na forma do Anexo IV, hipótese em que não estará incluída no Simples Nacional a Contribuição Patronal Previdenciária - CPP, devendo ela ser recolhida segundo a legislação prevista para os demais contribuintes ou responsáveis:
i) construção de imóveis e obras de engenharia em geral, inclusive sob a forma de subempreitada, execução de projetos e serviços de paisagismo, bem como decoração de interiores;
j) serviço de vigilância, limpeza ou conservação;

Anexo V
As atividades de prestação de serviços seguintes serão tributadas na forma do Anexo V desta Lei Complementar:
k) cumulativamente administração e locação de imóveis de terceiros;
l) academias de dança, de capoeira, de ioga e de artes marciais;
m) academias de atividades físicas, desportivas, de natação e escolas de esportes;
n) elaboração de programas de computadores, inclusive jogos eletrônicos, desde que desenvolvidos em estabelecimento do optante;
o) licenciamento ou cessão de direito de uso de programas de computação;
p) planejamento, confecção, manutenção e atualização de páginas eletrônicas, desde que realizados em estabelecimento do optante......"

Alguém poderia me auxiliar, se entendi corretamente.

Obrigado.

Saulo Heusi

Usuário VIP

profissão
mensagens21.877
pontos213.969
membro desde24/07/2006
cidade
Postada:Terça-Feira, 11 de janeiro de 2011 às 19:19:35
Boa noite Marli,

Está correto seu entendimento, portanto você está certa em suas conclusões.

Desde 1º de Janeiro de 2009 as atividades de prestação de serviços elencados abaixo serão tributadas na forma do Anexo IV, hipótese em que não estará incluída no Simples Nacional a Contribuição Patronal Previdenciária - CPP, devendo ela ser recolhida segundo a legislação prevista para os demais contribuintes ou responsáveis:

i) construção de imóveis e obras de engenharia em geral, inclusive sob a forma de subempreitada, execução de projetos e serviços de paisagismo, bem como decoração de interiores;

j) serviço de vigilância, limpeza ou conservação

Fontes: As mencionadas por você.

...
Marli Olimpia Gomes

Usuário Iniciante

profissãoContador(a)
mensagens41
pontos483
membro desde23/09/2010
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 11 de janeiro de 2011 às 22:03:43
Obrigado Saulo,

Mas, voltando ao que entedi, as atividades enquadradas no anexo V não estão obrigadas ao recolhimento da parte patronal do INSS, pois não menciona no anexo. Correto?
Adalberto José Pereira Junior

Consultor Especial

profissãoContador(a)
mensagens2.723
pontos38.395
membro desde27/01/2010
cidadeRibeirao Preto - SP
Postada:Terça-Feira, 11 de janeiro de 2011 às 23:47:32
Mensagem Editada por Adalberto José Pereira Junior em 11/01/2011 23:53:19
Marli,

Art. 13. O Simples Nacional implica o recolhimento mensal, mediante documento único de arrecadação, dos seguintes impostos e contribuições:

VI - Contribuição Patronal Previdenciária - CPP para a Seguridade Social, a cargo da pessoa jurídica, de que trata o art. 22 da Lei no 8.212, de 24 de julho de 1991, exceto no caso da microempresa e da empresa de pequeno porte que se dedique às atividades de prestação de serviços referidas no § 5o-C do art. 18 desta Lei Complementar

Art. 18

§ 5o-C. Sem prejuízo do disposto no § 1o do art. 17 desta Lei Complementar, as atividades de prestação de serviços seguintes serão tributadas na forma do Anexo IV desta Lei Complementar, hipótese em que não estará incluída no Simples Nacional a contribuição prevista no inciso VI do caput do art. 13 desta Lei Complementar, devendo ela ser recolhida segundo a legislação prevista para os demais contribuintes ou responsáveis:

I - construção de imóveis e obras de engenharia em geral, inclusive sob a forma de subempreitada, execução de projetos e serviços de paisagismo, bem como decoração de interiores;

VI - serviço de vigilância, limpeza ou conservação.

Portanto, as atividades enquadradas no Anexo V já recolhem o CPP dentro do Simples Nacional

Fonte: LC 123/2006

Att.
Adalberto

Adalberto José Pereira Junior
Contabilidade
Consultoria/Assessoria Tributária
[email protected]
(16) 99263-0266

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.09 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César