Contábeis o portal da profissão contábil

21
Set 2014
09:03

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


ESCRITURAÇÃO LIVROS FISCAIS SIMPLES NACIONAL!

3   respostas
2.319   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Paulo Alberto Rodrigues Ferreira

Usuário 2 Estrelas de Prata

postada em: Quinta-Feira, 9 de agosto de 2007 às 09:05:12
A escrituração dos Livros Fiscais no SIMPLES NACIONAL ficará como?

Se temos que separar receitas para então calcular o valor do imposto, teremos que discriminar separadamente nos livro fiscal de saída?

E as Microempresas que não saõ obrigadas a ter livro de saídas? como fazer?


Abraço a todos..

Paulo Alberto
Técnico em Contabilidade
"Ninguém é tão grande que não possa aprender, nem tão pequeno que não possa ensinar"
Luiz José

Moderador

postada em: Quinta-Feira, 9 de agosto de 2007 às 15:30:42
Não, agora na condição de optante pelo simples nacional fará a apuração do imposto de modo simplificado no site da RFB, veja ni link. http://www8.receita.fazenda.gov.br/simplesnacional/

AVISO AOS NAVEGANTES: Qualquer pessoa tem o direito de presumir–se inocente até a sua culpabilidade ser provada. Cabe a cada um ser reto em suas ações para que seja sempre inocente.
Moraes_contábeis

Usuário Ativo

postada em: Terça-Feira, 3 de maio de 2011 às 11:24:17
Quais Livros as empresas optantes pelo simples nacional devem escriturar ?
Fernando Ribeiro Costa

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 3 de maio de 2011 às 13:06:35
Resolução CGSN nº 10, de 28 de junho de 2007

LIVROS FISCAIS E CONTÁBEIS
Art. 3º As ME e as EPP optantes pelo Simples Nacional deverão adotar para os registros e controles das operações e prestações por elas realizadas:
I - Livro Caixa, no qual deverá estar escriturada toda a sua movimentação financeira e bancária;
II - Livro Registro de Inventário, no qual deverão constar registrados os estoques existentes no término de cada ano-calendário, quando contribuinte do ICMS;
III - Livro Registro de Entradas, modelo 1 ou 1-A, destinado à escrituração dos documentos fiscais relativos às entradas de mercadorias ou bens e às aquisições de serviços de transporte e de comunicação efetuadas a qualquer título pelo estabelecimento, quando contribuinte do ICMS;
IV - Livro Registro dos Serviços Prestados, destinado ao registro dos documentos fiscais relativos aos serviços prestados sujeitos ao ISS, quando contribuinte do ISS;
V - Livro Registro de Serviços Tomados, destinado ao registro dos documentos fiscais relativos aos serviços tomados sujeitos ao ISS;
VI - Livro de Registro de Entrada e Saída de Selo de Controle, caso exigível pela legislação do Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI.
§ 1º Os livros discriminados neste artigo poderão ser dispensados, no todo ou em parte, pelo ente tributante da circunscrição fiscal do estabelecimento do contribuinte, respeitados os limites de suas respectivas competências.
§ 2º Além dos livros previstos no caput, serão utilizados:
I - Livro Registro de Impressão de Documentos Fiscais, pelo estabelecimento gráfico para registro dos impressos que confeccionar para terceiros ou para uso próprio;
II - Livros específicos pelos contribuintes que comercializem combustíveis;
III - Livro Registro de Veículos, por todas as pessoas que interfiram habitualmente no processo de intermediação de veículos, inclusive como simples depositários ou expositores.
§ 3° A apresentação da escrituração contábil, em especial do Livro Diário e do Livro Razão, dispensa a apresentação do Livro Caixa. (Incluído pela Resolução CGSN n° 28, de 21 de janeiro de 2008)

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.1 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César