Contábeis o portal da profissão contábil

22
Out 2014
02:47

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Como emitir carta de correção para NFe?

24   respostas
90.293   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

postada em: Sexta-Feira, 30 de março de 2012 às 16:30:29
Como faço para emitir uma carta de correção para NFe?
postada em: Sexta-Feira, 30 de março de 2012 às 17:03:52
Segue o link da legislação pertinente a nota fiscal eletronica.

Cláusula décima quarta-A
“§ 7º A partir de 1º de julho de 2012 não poderá ser utilizada carta de correção em papel para sanar erros em campos específicos de NF-e.”

http://www.fazenda.gov.br/confaz/confaz/ajustes/2005/aj_007_05.htm

e esse é o ajuste que diz o que pode ser alterado com carta de correção

http://www.fazenda.gov.br/confaz/confaz/ajustes/2007/aj_001_07.htm

Wellington.

É permitido somente para pequenos erros.
Glauber Carvalho

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 27 de setembro de 2012 às 11:25:02
Bom dia a todos.
como faço para imprimir a carta de correção eletrônica .
Bruna Karen Dias de Lima

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 18 de outubro de 2012 às 10:45:51
Bom dia!

Poderiam me ajudar? Estou na seguinte situação: O cliente solicitou carta de correção eletrônica, no entanto, não temos como emiti-la por não ter aderido esta opção junto ao pacote do sistema emissor de NF-e.
Como posso sanar o erro se a legislação não permite que faça carta de correção em papel?

Att,
Bruna
Leandro Marques

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 19 de outubro de 2012 às 13:31:39
Bruna, primeiro vc já emiti NFe? se sim é facil fazer a CC-e basta baixar o programa de emissão de NFe http://www.emissornfe.fazenda.sp.gov.br/download_v2.html e importar o XML da NFe a corrir.

Att:

Leandro
Bruna Karen Dias de Lima

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 19 de outubro de 2012 às 14:37:58
Boa tarde Leandro!

Sim nós já emitimos NF-E por meio de um sistema particular e não aderimos no pacote desse sistema a opção de emitir carta de correção eletrônica.

Por favor me corrija se eu estiver errada, você quis dizer que seu eu baixar o programa emissor de NF-E e importar o XML da NF-E a corrigir, consigo emitir a CC-E e corrigir essa NF?? Este programa emissor da Secretaria da Fazenda não deve ser usado só pelas empresas que não possuem sistema próprio?

Obrigada!

Bruna
Leandro Marques

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 22 de outubro de 2012 às 13:28:48
Boa tarde!

Bruna, vc pode sim utilizar o programa da Sefaz, eu msm utilizo ele pq meu sistema tbm não tem a opçao de CC-e.
Bruna Karen Dias de Lima

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 22 de outubro de 2012 às 14:42:55
Olá Leandro!

Muito bom saber disso.

Muito Obrigada por compartilhar essa informação.

Att,

Bruna
Paulo R. Schafer

Moderador

postada em: Quinta-Feira, 25 de outubro de 2012 às 15:09:12
Bruna Karen Dias de Lima,
Boa tarde!

Para emitir Carta de Correção Eletrônica no sistema gratuito disponibilizado pela Sefaz SP, proceder da seguinte forma.

Abra o arquivo da Nf-e a ser corrigido, vá no Menu Arquivo / Gerenciar Notas Fiscais.

Selecione a Nf-e clicando na barra lateral esquerda, em seguida, verá que nas opções disponibilizadas abaixo do campo Nf-e, habilitará então a opção Carta de Correção Eletrônica.

Abrirá caixa de texto para discriminar as devidas correções, vale lembrar que o número mínimo de caracteres é 15.

Qualquer dúvida, a disposição.

Sds...

"Se pensarmos no pássaro garantido em nossa mão, perdemos uma revoada de oportunidades..."
Bruna Karen Dias de Lima

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 26 de dezembro de 2012 às 14:55:14
Boa tarde Paulo!!

Poderia me ajudar?
Utilizo um sistema para emitir a NF-E e estou tentando emitir a carta de correção pelo programa emissor gratuito, para isso tive que importar o XML da NF, mas aparece o seguinte erro: situação do reg. rejeitado, arquivo contém caracteres especiais. Entendo que isso se dá porque o arquivo contém parênteses, chaves e etc...Qual opção eu tenho? Pois no pacote do meu sistema não tenho a opção de emitir carta de correção.

Obrigada
Bruna.
Ivan Pimentel

Usuário Ativo

postada em: Quarta-Feira, 26 de dezembro de 2012 às 15:13:44
Boa tarde a todos, é permitido fazer isso sem que seja necessário alteração do Pedido de Uso na Sefaz, desde que o mesmo foi feito para uso específico do Software informado nele?????????

Abraços,

Ivan Pimentel
Paulo R. Schafer

Moderador

postada em: Terça-Feira, 8 de janeiro de 2013 às 11:09:00
Ivan Pimentel,
Bom dia!

A carta de correção eletrônica está vinculada ao seu software emissor de Nf-e.

Para tal, é necessário solicitar junto a Sefaz, autorização para emissão de Nf-e.

O software escolhido nada implica na autorização, pois o mesmo não é mencionado.

"Se pensarmos no pássaro garantido em nossa mão, perdemos uma revoada de oportunidades..."
Luciane Alves da Penha

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 1 de março de 2013 às 10:31:37
Bom dia!

O sistema em que trabalho também não disponibiliza alteraçõea através de CC-e, então eu utilizo o programa emissor gratuito 2.0, tudo funciona perfeitamente até a autorização para emissão da CC-e, sendo que quando tento visualizar ou imprimir, o emissor só permite a emissão do danfe relativo a NFe. Existe alguma forma de emitir este danfe relativo à CC-e?

Att.

Luciane Alves

Atenciosamente,

Luciane Alves.
Rodrigo de Souza Soares

Usuário Estrela de Prata

postada em: Sexta-Feira, 1 de março de 2013 às 10:36:55
Bom dia Luciane alves.

Seja bem vinda ao Portal.

sendo que quando tento visualizar ou imprimir, o emissor só permite a emissão do danfe relativo a NFe. Existe alguma forma de emitir este danfe relativo à CC-e?


Sua duvida seria como fazer a emissão da CC-e Através do Sistema ?

No aguardo

" Em tempo de paz convém ao homem serenidade e humildade; mas quando estoura a guerra deve agir como um tigre! "
William Shakespeare

Sempre pesquise antes de Postar.
Respeite as regras do Fórum.
Luciane Alves da Penha

Usuário Novo

postada em: Sexta-Feira, 1 de março de 2013 às 10:54:35
Bom dia Rodrigo,

Sim, existe essa possibilidade?

Att. Luciane Alves

Atenciosamente,

Luciane Alves.
Rodrigo de Souza Soares

Usuário Estrela de Prata

postada em: Sexta-Feira, 1 de março de 2013 às 11:04:09
Bom dia Luciane.

Pelo que tenho visto, ainda não há possibilidade de fazer a impressão da CC-e, apenas consultar a CC-e que é através do Portal da NF-e


Sds.

" Em tempo de paz convém ao homem serenidade e humildade; mas quando estoura a guerra deve agir como um tigre! "
William Shakespeare

Sempre pesquise antes de Postar.
Respeite as regras do Fórum.
Tatiane Viana

Usuário Iniciante

postada em: Quarta-Feira, 14 de agosto de 2013 às 14:29:46
Boa tarde,

aproveitando o assunto, pode haver emissão de carta de correção eletrônica para alterar o CNPJ e parte do endereço do destinatário?
Mário Gomes

Usuário Iniciante

postada em: Quarta-Feira, 14 de agosto de 2013 às 14:34:43
Boa tarde!



CARTA DE CORREÇÃO ELETRÔNICA É OBRIGATÓRIA A PARTIR DE 01.07.2012


Nos termos do § 7º, da Cláusula décima quarta-A, do Ajuste SINIEF 7/2005, a partir de 01.07.2012 não poderá ser utilizada carta de correção em papel para sanar erros em campos específicos de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).

Após a concessão da autorização de uso da NF-e, o emitente poderá sanar erros em campos específicos da NF-e, por meio de Carta de Correção Eletrônica, transmitida à Administração Tributária da unidade federada do emitente.

Lembrando que, de acordo com o item 6.2 – Regras de validação da CC-e – da NT 2011/004, o prazo para emissão é 30 dias (720 horas) da autorização de uso.

Em regra, as cartas de correções podem ser utilizadas para sanar erros que não estejam associados com:

i) As variáveis que determinam o valor do imposto tais como: base de cálculo, alíquota, diferença de preço, quantidade, valor da operação ou prestação;

ii) A correção de dados cadastrais que implique mudança do remetente ou do destinatário;

iii) A data de emissão ou de saída.

A Carta de Correção Eletrônica deverá atender ao leiaute estabelecido e ser assinada pelo emitente com assinatura digital, contendo o número do CNPJ de qualquer dos estabelecimentos do contribuinte, a fim de garantir a autoria do documento digital.

A transmissão da CC-e será efetivada via Internet, por meio de protocolo de segurança ou criptografia.

A cientificação da recepção da CC-e será feita mediante protocolo disponibilizado ao emitente, via Internet, contendo, conforme o caso, a “chave de acesso”, o número da NF-e, a data e a hora do recebimento da solicitação pela administração tributária da unidade federada do contribuinte e o número do protocolo, podendo ser autenticado mediante assinatura digital gerada com certificação digital da administração tributária ou outro mecanismo de confirmação de recebimento.
Havendo mais de uma CC-e para a mesma NF-e, o emitente deverá consolidar na última todas as informações anteriormente retificadas.
Claudenir

Usuário 4 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 10 de setembro de 2013 às 19:44:06
Busco orientação:
Uma marcenaria realizará um serviço, desta forma,o prestador comprará todos os materiais de utilização como falha de madeiras, barrotes,etc.e realizará o serviço de aplicação dos materiais comprados no espaço do tomador, neste caso o prestador tem que fazer a nf-e (icms) ou somente a nfs-e(iss),caso seja somente a nfs-e(iss)será obrigado informar os materiais comprados no corpo da nfs-e e seus respectivos valores? Se tem algo mais por gentileza informe.
Claudenir

Usuário 4 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 10 de setembro de 2013 às 19:47:53
Completando minha orientação acima o trabalho é:
Compra de material para assoalho, rodapé e revestimento para espelho e o serviço de instalação do material na escola de arte.
Sérgio Ramos

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 26 de novembro de 2013 às 15:11:51
Você que emitir ou imprimir?
Para imprimir ou gerar em pdf acesse o site DANFE ONLINE
Esse site é muito útil e muito confiável tbm
postada em: Terça-Feira, 21 de janeiro de 2014 às 10:10:45
Olá gente a data da Carta de correção tem que ser igual a data da NF?
ou nao??
porque esta dando erro nessa parte falando que data nao pode ser superior
Taua

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 23 de janeiro de 2014 às 16:01:55
boa tarde, Renata Não precisa ser a mesma , Lembrando que, de acordo com o item 6.2 – Regras de validação da CC-e – da NT 2011/004, o prazo para emissão é 30 dias (720 horas) da autorização de uso.

descreva o erro.
Veronice Rocha

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 8 de abril de 2014 às 10:55:13
Bom dia!

Pessoal quando a empresa emite uma NF-e da saída (Remessa p/ demonstração) com o CFOP 5.102 e os devidos impostos obrigados a este, passado o prazo para cancelamento, pode fazer a carta de correção? Se não, porque? Já ouvi que a empresa pode emitir uma NF-e de entrada (devolução) dessa mercadoria e depois emitir a saída corretamente, isso é legal? Qual é a base legal que permite esse tipo de operação?

Grata!

Atenciosamente,

Veronice Rocha
e-mail: etca.veronice@gmail.com
Frá

Usuário Ativo

postada em: Terça-Feira, 6 de maio de 2014 às 10:35:01
Bom dia Taua, tudo bem?

Referente ao prazo da carta de correção ser em até 30 dias, eu enviei essa pergunta à Sefaz de SP e a mesma me respondeu da seguinte forma:

Pergunta:
A Nota Técnica 2011.003 determina que o prazo para emissão da Carta de Correção Eletrônica é 30 dias (720 horas) da autorização de uso da NF-e. Qual a legalidade na limitação deste prazo?
Lendo o art. 138 combinado como art. 173 do Código Tributário Nacional, o prazo para a emissão da carta de correção é de cinco anos.

Qual seria o prazo, 30 dias ou até 5 anos?

Resposta:

Bom dia

O prazo de 30 dias foi excluído da Nota Técnica.


Atenciosamente,
Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

(Resposta da Mensagem 6253647)

Voce saberia dessa exclusão? Eu procurei e não encontrei...
Mas no meu entendimento a carat de correção pode ser feita em até 5 anos...

Aguardo retorno.

Eufrásia


Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.82 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César