Contábeis o portal da profissão contábil

23
Aug 2017
05:05

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Tomar crédito de ICMS

1respostas
2.790acessos
  

profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens1
pontos109
membro desde07/01/2012
cidadeDiadema - SP
Postada:Segunda-Feira, 30 de abril de 2012 às 20:26:02
Olá Boa Noite,

Tenho umas dúvidas com relação ao ICMS, pq deve-se tomar crédito de ICMS? ? O que isso gera de beneficio? quem toma o crédito depois vai paga-lo lá na frente e quem deu o crédito pq isso ocorreu.....gostaria de entender esse mecanismo!!! Se puderem me dar um exemplo acho que seria bom para meu entendimento!!!!!
Agradeço

Tamires F. S. Rocha
Gilberto C. Olgado

Consultor Especial

profissãoContador(a)
mensagens4.011
pontos36.163
membro desde21/02/2008
cidadeTupa - SP
Postada:Quarta-Feira, 2 de maio de 2012 às 10:24:15
Bom dia Tamires !

Olha, não sei o nível de conhecimento que você tem sobre tributação e contabilidade, mas vou explicar de forma simples.

O ICMS é o imposto cobrado sobre a circulação de mercadorias e prestação de serviços que é de competência aos Estados, ou Unidades da Federação do Brasil fazer a apuração e cobrança.

Este imposto não é cumulativo e é cobrado sobre o lucro das empresas na comercialização dos produtos, sendo que cada UF possui um Regulamento, existem Protocolos e Convênios entre os Estados ou UF para as atividades Interestaduais que regulamento também para quem o ICMS é devido nestes casos.

O ICMS deve ser destacado na Nota fiscal de acordo com a alíquota do produto e deve ser pago através de uma apuração mensal entre débito e crédito do ICMS.

Esta apuração é feita de forma que a empresa toma o crédito do ICMS que está nas notas fiscais de compra, mas tem que destacar o ICMS nas suas notas fiscais de vendas, com isso sobra um débito à recolher somente do lucro auferido na operação comercial.

Exemplo:

1.Compra de mercadoria:
Vr. total da nota...... 10.000,00
Vr. do ICMS destacado.. 1.800,00
Obs: no registro da entrada a empresa toma este crédito de 1800,00.

2. Venda desta mercadoria:
Vr. total da nota...... 15.000,00
Vr. do ICMS destacado.. 2.700,00
Obs: no registro da saída a empresa toma débito de 2.700,00

3. Apuração do ICMS :
Crédito......... 1.800,00
Débito.......... 2.700,00

Saldo à recolher. 900,00

Abraços...

A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração...
" VIVA INTENSAMENTE CADA MINUTO "

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.06 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César