Contábeis o portal da profissão contábil

18
Dez 2014
17:25

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


férias antecipadas

9   respostas
2.956   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

postada em: Segunda-Feira, 2 de julho de 2012 às 15:20:26
Boa tarde, farei 5 meses como funcionaria CLT de uma empresa e querem me dar férias antecipadas (15 dias), isso é pertinente?


Regiane Grecco Dias Festa

Usuário 3 Estrelas Novas

postada em: Segunda-Feira, 2 de julho de 2012 às 16:00:33
Valéria, pela CLT o funcionário só tem direito a férias após vencidas, fora o caso de coletivas.
Espero ter ajudado.
Michele Alves

Usuário Frequente

postada em: Segunda-Feira, 2 de julho de 2012 às 16:04:41
Boa tarde.
Mas temos que nos atentar do porquê estão te dando férias agora e proporcional, não seria férias coletivas?
Se for férias coletivas está correto.

Fonte: http://www.guiatrabalhista.com.br/tematicas/ferias_coletivas.htm

Vivendo e aprendendo
postada em: Segunda-Feira, 2 de julho de 2012 às 16:11:09
Não é ferias coletivas.
recebo meus vencimentos 5ºdia util e vale dia 20 - se sair de férias agora dia 03/07/12 fui informada que receberei meu pgto do 5ºdia util e não receberei o pagto do vale dia 20/07. Tem algo incorreto, não é possível???? O q receberei de férias não supre minhas contas do dia 20. Por favor me ajudem.
Ana Paula Basilio

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 2 de julho de 2012 às 16:14:51
O correto é sair 30 dias de ferias ou 20 + 10, apos 1 ano de trabalho que vence as ferias.
as demais opções não é correto.

Paulo dos Santos

Usuário Estrela Dourada

postada em: Segunda-Feira, 2 de julho de 2012 às 16:17:14
se for ferias coletivas é correto


e pq as ferias nao supre suas necessidades?ja que as ferias é maior que o salario do mes?
Michele Alves

Usuário Frequente

postada em: Segunda-Feira, 2 de julho de 2012 às 16:41:28
Continuando o comentário do Paulo, como são 15 dias de férias vc receberia 50% do seu salário + 1/3 deste valor.

Pergunte para eles porque vc esta saindo de férias, para ser legal só pode ser coletiva.

Vivendo e aprendendo
Celso Serrano Araujo

Usuário 3 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 3 de julho de 2012 às 08:31:12
Olá Valéria, como já bem mencionado nas resposta, a única possibilidade seria Férias Coletivas, porém já ouvi muitos casos desses, o empresário, talvez por queda na produção, solicita férias aos empregados por liberalidade e o profissional de RH, por falta de conhecimento ou imposição do "patrão", acata a decisão. Apesar de férias normais serem possíveis somente após o empregado completar o período aquisitivo, tem muitos trabalhadores de férias com tempo proporcional, nunca ouvi falar que ouve alguma penalidade por isso. Assim a impunidade dá a base (lastimável) para esse empresário desinformado.
Danielle Alvarenga

Usuário 3 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 3 de julho de 2012 às 08:36:59
Bom dia pessoal,
E se por um acaso, for necessidade do empregado de que seja antecipada uma parte de suas férias?

"Agir corretamente quando está sendo observado é uma coisa;
A ética, porém, está em agir corretamente quando ninguém está observando."
Celso Serrano Araujo

Usuário 3 Estrelas Novas

postada em: Terça-Feira, 3 de julho de 2012 às 08:45:22
O período de gozo de férias, fica a cargo do empregador, e como já mencionado, o funcionário deve completar o período aquisitivo para sair de férias. Umas das penalidades possíveis, seria a antecipação ser desconsiderada e a empresa ter que pagá-la novamente. Caso o empregado necessite se ausentar verifique a possibilidade de uma Licença Remunerada ou Sem Vencimentos, mas reforçando, já ouvi várias pessoas efetuando essa prática de antecipação de férias e nunca reportaram qualquer problema.

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.58 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César