Contábeis o portal da profissão contábil

25
Out 2014
21:30

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Recursos do Exame CFC

123   respostas
13.077   acessos
  

mostrando página 1 de 5
1 2 3 4 5

POSTS RELACIONADOS

Washington Luiz Ramos Cruz

Usuário 3 Estrelas de Prata

postada em: Sábado, 29 de setembro de 2012 às 10:34:51
Bom dia!

Caros amigos, criei esse tópico para postarmos os nossos recursos, com objetividade e assuntos correlacionados com o exame do CFC.
Portanto vamos postar só o que é necessário sobre recursos das questões.

Abraços Washington

Washington Luiz Ramos Cruz
http://mw-contabilidade.negociol.com/
email:washingtoncontabilidade@hotmail.com
Jesus Cristo é o único salvador.
Paulo Henrique Ramiro

Usuário Novo

postada em: Sábado, 29 de setembro de 2012 às 11:16:39
Caro Colega Washington,

Fiz o exame para tecnico e acertei 23,sabes de alguma questão que possa me ajudar e ajudar colegas que estão na mesma situação...

Existe um forum onde estão falando muito das questões 32 e 48 de tecnico...podeis nos ajudar,com sua experiência???

Atenciosamente,
Paulo Henrique
Nathalia Araujo

Usuário Novo

postada em: Sábado, 29 de setembro de 2012 às 15:50:32
Questão 42 Exame CRC 2012.2 - Justificativa para anulação

Questão do Exame CRC 2012.2 (realizado em 23/09/2012)

42. No encerramento do Balanço de 2011 de uma sociedade empresária, foi constatada a ausência de registro de uma despesa financeira referente ao exercício de 2010, no montante de R$30.000,00. Na mesma data, verificou-se que uma provisão para questões judiciais registrada em 2010 por R$12.000,00 deveria ser revertida, uma vez que novos fatos ocorridos em 2011 levaram a equipe jurídica a avaliar como remota a possibilidade de a empresa vir a perder a questão.

O registro contábil das duas situações irá provocar um impacto no resultado de 2011 de:

a) R$12.000,00.
b) R$18.000,00.
c) R$30.000,00.
d) R$42.000,00.

Resposta oficial: letra A

JUSTIFICATIVA PARA SOLICITAÇÃO DE ANULAÇÃO DA QUESTÃO:

Solicito anulação da questão 42 da prova do Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade para Contador, conforme justificativa a seguir.

O enunciado da questão provoca dupla interpretação. No texto não ficou claro se a despesa financeira referente ao exercício de 2010 foi contabilizada naquele ano, o que dispensaria sua contabilização no encerramento do Balanço de 2011.

Caso tal despesa financeira não tivesse sido contabilizada no ano em que foi incorrida (2010), deveria ser contabilizada no Exercício 2011, em conta de "Ajuste de Exercícios Anteriores". Ainda assim, caso o fosse, a questão solicita do candidato o cálculo do impacto no resultado de 2011.

O problema é que a questão não esclarece se o resultado é o constante na Demonstração do Resultado do Exercício ou na Demonstração do Resultado Abrangente.

Sabe-se que na Demonstração do Resultado Abrangente são consideradas receitas e despesas contabilizadas diretamente no Patrimônio Líquido, dentre elas, aquelas constantes na conta "Ajustes de Exercícios Anteriores".

Portanto, considerando que a questão, pelo fato de ter seu enunciado incompleto, o que provoca dúvidas quanto à apuração e tipo de resultado, solicito que a mesma seja anulada.


* Outros comentários:

AJUSTES CONTÁBEIS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES

Os erros contábeis mais comuns que se traduzem em aumento indevido do resultado podem ocorrer devido a despesa lançada a menor do que a efetivamente paga ou incorrida;


Na hipótese que os erros que provocaram a redução indevida do resultado tenham sido detectados após o encerramento do balanço, não sendo mais possível o estorno ou retificação dos lançamentos efetuados, o procedimento contábil a ser seguido pela empresa será o seguinte:

a) lançamento de ajuste a crédito da conta "Ajustes de Exercícios Anteriores";
b) transferência do valor do ajuste da conta "Ajustes de Exercícios Anteriores" para a conta "Lucros ou Prejuízos Acumulados";
c) contabilizar a parcela correspondente ao Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o ajuste, caso houverem.


Postado por Prof. Ricjardeson Dias às 19:02
fonte: http://ricjardesondias.blogspot.com.br/2012/09/questao-42-exame-crc-20122.html
Tania Silva

Usuário Frequente

postada em: Sábado, 29 de setembro de 2012 às 16:40:57
Boa Tarde Paulo,


Segue...


clique aqui
Alisson Moreira Batista

Usuário Iniciante

postada em: Sábado, 29 de setembro de 2012 às 17:51:17
Caro colega Paulo Henrique, a questão 32 ao meu ver não cabe recurso. pois está mesma caio na prova de contador e é mesma alternativa.

a explicação dela você encontra nesse site.


http://ricjardesondias.blogspot.com.br
Junior Lops

Usuário Frequente

postada em: Domingo, 30 de setembro de 2012 às 00:41:01
Recurso – Exame de Suficiência – Questão 12

Prezados.

Peço a anulação da questão 12 por falta de informações no enunciado conforme explicação abaixo:

“O valor destinado para dividendos é de:”

Como o enunciado não traz a parcela dos lucros destinadas a distribuição aos acionistas, entende-se como omisso, portanto, fica impossivel dar continuidade na resolução dessa questão.

Minha solicitação está embasada na lei abaixo:

A LEI:
Dividendo Obrigatório

Art. 202. Os acionistas têm direito de receber como dividendo obrigatório, em cada exercício, a parcela dos lucros estabelecida no estatuto ou, se este for omisso a importância determinada de acordo com as seguintes normas: (Redação dada pela L-010.303-2001)

I - metade do lucro líquido do exercício diminuído ou acrescido dos seguintes valores:
a) importância destinada à constituição da reserva legal (Art. 193); e
b) importância destinada à formação da reserva para contingências (Art. 195) e reversão da mesma reserva formada em exercícios anteriores;

(+) R$ 70.000,00 - LUCRO DO EXERCÍCIO
(-) R$ 3.500,00 (70.000,00 X 5%) - RESERVA LEGAL-
(+) R$ 25.000,00 - REVERSÃO DO TOTAL DAS RESERVAS PARA CONTINGÊNCIAS
(=) R$ 91.500,00 - LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO (BASE DE CÁLCULO)
50% (METADE DO LUCRO AJUSTADO)
=45.750,00 (DIVIDENDO OBRIGATÓRIO, CONSIDERANDO QUE O ESTATUTO FOI OMISSO)

Como não existe uma alternativa correta, peço anulação.

Lei Federal nº 6404/76, quando sancionada, tratava da questão da distribuição de resultados estabelecendo que os acionistas têm direito de receber como dividendo obrigatório, em cada exercício, a parcela dos lucros estabelecida no estatuto, ou, se ele for omisso, metade do lucro líquido do exercício diminuído ou acrescido dos seguintes valores: I - quota destinada à constituição da reserva legal; II - importância destinada à formação de reservas para contingências, e reversão das mesmas reservas formadas em exercícios anteriores;III - lucros a realizar transferidos para a respectiva reserva e lucros anteriormente registrados nessa reserva que tenham sido realizados no exercício (artigo 202).
Junior Lops

Usuário Frequente

postada em: Domingo, 30 de setembro de 2012 às 00:41:27
Recurso – Exame de Suficiência – Questão 34

Solicito a anulação da questão 34 tendo em vista que não existe uma única resposta correta, a resposta correta pelo CRC foi à alternativa C, que realmente está correta em se tratando de principio de competência, porem, a alternativa “A” também está correta conforme principio abaixo:
O PRINCÍPIO DO REGISTRO PELO VALOR ORIGINAL
O Princípio do Registro pelo Valor Original determina que os componentes do patrimônio devem ser inicialmente registrados pelos valores originais das transações, expressos em moeda nacional.
Uma vez integrado ao patrimônio, os componentes patrimoniais, ativos e passivos, podem sofrer variações decorrentes dos seguintes fatores:

a) Custo corrente. Os ativos são reconhecidos pelos valores em caixa ou equivalentes de caixa, os quais teriam de ser pagos se esses ativos ou ativos equivalentes fossem adquiridos na data ou no período das demonstrações contábeis. Os passivos são reconhecidos pelos valores em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que seriam necessários para liquidar a obrigação na data ou no período das demonstrações contábeis;

b) Valor realizável. Os ativos são mantidos pelos valores em caixa ou equivalentes de caixa, os quais poderiam ser obtidos pela venda em uma forma ordenada. Os passivos são mantidos pelos valores em caixa e equivalentes de caixa, não descontados, que se espera seriam pagos para liquidar as correspondentes obrigações no curso normal das operações da Entidade;

c) Valor presente. Os ativos são mantidos pelo valor presente, descontado do fluxo futuro de entrada líquida de caixa que se espera seja gerado pelo item no curso normal das operações da Entidade. Os passivos são mantidos pelo valor presente, descontado do fluxo futuro de saída líquida de caixa que se espera seja necessário para liquidar o passivo no curso normal das operações da Entidade;

d) Valor justo. É o valor pelo qual um ativo pode ser trocado, ou um passivo liquidado, entre partes conhecedoras, dispostas a isso, em uma transação sem favorecimentos; e

e) Atualização monetária. Os efeitos da alteração do poder aquisitivo da moeda nacional devem ser reconhecidos nos registros contábeis mediante o ajustamento da expressão formal dos valores dos componentes patrimoniais.
Ou seja, a alternativa C, também está correta.
postada em: Domingo, 30 de setembro de 2012 às 02:31:24
Estimados(as)

Não havia me dado conta ainda para o número de questões com problemas no exame de suficiência do CFC. Convenhamos, chega a ser cômico. Como pode um orgão desta grandeza e com o número de profissionais qualificados que ali estão abrigados conseguem criar um tumulto em cada exame em função de questões mal formuladas ? Tenha a Santa Paciência, não bastasse o absurdo de terem criado esse maldito exame, pelo menos sejam competentes em sua elaboração ! Meu protesto e minha indignação pela ansiedade, pelas horas de tensão e pelo stress porporcionado pelos incompetentes intitulados bacharéis aos sofridos futuros profissionais que após concluirem seu curso no período regular ainda necessitam passar por tudo isso !
Silvia Cristiane Lemos

Usuário Novo

postada em: Domingo, 30 de setembro de 2012 às 09:36:04
bom dia pessoal!

Estou com uma dúvida, tive 23 acertos no exame, e vi que alguns colegas estão enviando recursos.Se esses recursos forem deferidos, mesmo sem ter entrado com o recurso eu somo pontuação? Posso entrar com recurso de questões, mesmo que minha resposta esteja diferente da solução do referido recurso?

Obrigada

Cristiane
Nathalia Araujo

Usuário Novo

postada em: Domingo, 30 de setembro de 2012 às 11:30:37
Pessoal, quando for fazer o recurso precisa identificar a prova, se de contador ou de tecnico?
Paulo Menezes

Usuário Novo

postada em: Domingo, 30 de setembro de 2012 às 11:37:58
Paulo Henrique Ramiro,
Também fiz para técnico e gostaria de entrar com recurso da questão 3
ao meu ver o ítem III que fala do contrato de seguro está com dupla interpretação, pois de acordo com o princípio da competência as receitas e as despesas devem ser incluídas na apuração do resultado do período em que ocorrerem, então este item estaria correto também!!
Mas não sei como preparar o recurso, gostaria de ajuda.
Paulo Menezes

Usuário Novo

postada em: Domingo, 30 de setembro de 2012 às 12:14:24
Pessoal segue modelo de recurso, estou enviando hoje se alguém quiser vir comigo, segue abaixo:
JUSTIFICATIVA PARA SOLICITAÇÃO DE ANULAÇÃO DA QUESTÃO 03 2° EXAME DE SUFICIÊNCIA 2012:


Solicito anulação da questão 03 da prova do Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade para Técnico de Contabilidade, conforme justificativa a seguir:

O enunciado da questão 3 item III provoca dupla interpretação. No texto ficou claro que a despesa financeira referente ao período da contratação (setembro a agosto) foi considerado como despesa do mês. De acordo com o PRINCIPIO DA COMPETÊNCIA Resolução CFC n° 750, O enunciado está correto “...as receitas e as despesas devem ser incluídas na apuração do resultado do período em que ocorrerem...”

Caso tal despesa, uma parcela do mês que fosse, não tivesse sido contabilizada no mês estaríamos indo contra os princípios contábeis. O problema é que a questão não esclarece se é parcela do mês ou o total da despesa do período que foi considerado como despesa.

Portanto, considerando que a questão, pelo fato de ter seu enunciado incompleto, o que provoca dúvidas quanto a interpretação, solicito que a mesma seja anulada.

Junior Lops

Usuário Frequente

postada em: Domingo, 30 de setembro de 2012 às 19:45:44
Nathalia Araujo

Isso, onde você envia o recurso, logo acima, tem o modelo de recurso, você deverá marcar um X na respectiva prova.
postada em: Segunda-Feira, 1 de outubro de 2012 às 00:14:31
Boa Noite não vi nenhuma postagem para recurso da questão 30 de bacharel sendo que não tem nenhuma alternativa que da o valor exato conforme o enunciado da questão.
postada em: Segunda-Feira, 1 de outubro de 2012 às 13:17:51
Pessoal fiz a prova de tecnico e gostaria de saber se esta sendo discutido alguma anulação de questões? eu precisava de 3 pontos.
Luciene Alves

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 2 de outubro de 2012 às 07:10:49
Recurso questão 12
elaborada pelo Professor Anderson Nunes Fraga

Com base nas informações a seguir, elabore a Demonstração da Mutação do Patrimônio Líquido (DMPL) e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

Patrimônio Líquido 31.12.2011

Capital Social R$230.000,00

Reservas de Lucro R$65.000,00

Reserva Legal R$10.000,00

Reservas de Lucros para Expansão R$30.000,00

Reservas para Contingências R$25.000,00

Total do Patrimônio Líquido R$295.000,00

Informações adicionais:

• O lucro do Exercício foi de R$70.000,00.

• A Reserva Legal é de 5% do Lucro do Exercício.

• Houve reversão total das Reservas para Contingências por deixarem de existir as razões que justificaram a sua constituição.

• Foram constituídas Reservas de lucros para Expansão de R$50.000,00.

O valor destinado para dividendos é de:

LUCRO DO EXERCÍCIO R$ 70.000,00

Constituição Reserva de Legal 5% (R$ 3.500,00)

Reversão Reservas para Contingências R$ 25.000,00

Dividendos Propostos R$ 91.500,00

* Distribuição dividendos obrigatórios Estatuto Omisso 50% R$ 47.750,00



* A Banca deveria informar o percentual estabelecido pelo estatuto. Uma vez não informado, pressupõe-se estatuto omisso.

A resposta correta do valor destinado aos dividendos é 47.750,00.



Lei 6404/76

Art. 198. A destinação dos lucros para constituição das reservas de que trata o artigo 194 e a retenção nos termos do artigo 196 não poderão ser aprovadas, em cada exercício, em prejuízo da distribuição do dividendo obrigatório (artigo 202).

Art. 202. Os acionistas têm direito de receber como dividendo obrigatório, em cada exercício, a parcela dos lucros estabelecida no estatuto ou, se este for omisso, a importância determinada de acordo com as seguintes normas: (Redação dada pela Lei nº 10.303, de 2001)

I - metade do lucro líquido do exercício diminuído ou acrescido dos seguintes valores: (Redação dada pela Lei nº 10.303, de 2001)

a) importância destinada à constituição da reserva legal (art. 193); e (Incluída pela Lei nº 10.303, de 2001)

b) importância destinada à formação da reserva para contingências (art. 195) e reversão da mesma reserva formada em exercícios anteriores; (Incluída pela Lei nº 10.303, de 2001)

II - o pagamento do dividendo determinado nos termos do inciso I poderá ser limitado ao montante do lucro líquido do exercício que tiver sido realizado, desde que a diferença seja registrada como reserva de lucros a realizar (art. 197); (Redação dada pela Lei nº 10.303, de 2001)

III - os lucros registrados na reserva de lucros a realizar, quando realizados e se não tiverem sido absorvidos por prejuízos em exercícios subseqüentes, deverão ser acrescidos ao primeiro dividendo declarado após a realização. (Redação dada pela Lei nº 10.303, de 2001)

§ 1º O estatuto poderá estabelecer o dividendo como porcentagem do lucro ou do capital social, ou fixar outros critérios para determiná-lo, desde que sejam regulados com precisão e minúcia e não sujeitem os acionistas minoritários ao arbítrio dos órgãos de administração ou da maioria.

Alexandre Moreira

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 2 de outubro de 2012 às 07:13:40
Entrei com recurso nas questões 1 e 19, ambas pela falta de clareza no enunciado, caso alguém tem errado as questões, posso enviar por e-mail, deixando claro que de forma alguma deverá ser cópiado o meu recurso, fins evitar indeferimento em bloco. Acrescento ainda que não posto recurso no forum pois sabemos que existem examinadores que irão avaliar os mesmos que monitoram o forum.
Junior Lops

Usuário Frequente

postada em: Terça-Feira, 2 de outubro de 2012 às 08:43:09
Luciene Alves

Muito bacana esse Recurso, eu mandei o meu bem parecido, você já enviou esse recurso?

Tenho os recuros prontos das questões 12, 22, 34, 42 e 50.
Wellington Nunes da Silva

Usuário Estrela Nova

postada em: Terça-Feira, 2 de outubro de 2012 às 14:16:08
Alexandre, boa tarde.

de onde tirou isso?
"Acrescento ainda que não posto recurso no forum pois sabemos que existem examinadores que irão avaliar os mesmos que monitoram o forum."

Às vezes, melhor é fazer valer o seu direito, e não dizer tudo que pensa, se àquele que ouve, sequer se dá ao direito de pensar.

Wellington Nunes da Silva ®
Junior Lops

Usuário Frequente

postada em: Terça-Feira, 2 de outubro de 2012 às 14:40:59
Wellington Nunes da Silva

Tem algum outro tópico falando sobre a prova e recursos alem desse?

Obrigado.
postada em: Terça-Feira, 2 de outubro de 2012 às 14:58:03
Segue abaixo nossa orientação para os técnicos:





Após analisarmos o gabarito oficial do último exame de suficiência em contabilidade, prova para Técnicos de Contabilidade, entendemos que a QUESTÃO 48 é passível de recurso, pelo fundamento abaixo exposto.





Fundamento: A revista onde os versos foram publicados é da Madison Avenue, que fica em New York. Em lugar algum se diz de revista de Villarino, cidade dos EUA. É incorreto fazer essas afirmações, logo, a resposta é C.

Ruan Santos

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 2 de outubro de 2012 às 18:46:43
pessoal; acertei 24 questões...será que na prova do técnico pode haver alguma questão que pode ser anulada?
postada em: Terça-Feira, 2 de outubro de 2012 às 18:49:59
QUESTÃO 42. No encerramento do balanço de 2011 de uma sociedade empresária, foi constatada a ausência de registro de uma despesa financeira referente ao exercício de 2010, no montante de R$ 30.000,00. Na mesma data, verificou-se que uma provisão para questões judiciais registrada em 2010 por R$ 12.000,00 deveria ser revertida, uma vez que novos fatos ocorridos em 2011 levaram a equipe jurídica a avaliar como remota a possibilidade de a empresa vir a perder a questão.
Resposta do gabarito oficial do CFC.
a)R$ 12.000,00
justificativa
Os R$ 30.000,00 realmente não viriam a interferir no resultado de 2011, uma vez que devem ser registrados na conta de ajuste de exercícios anteriores. Tal fato merece destaque em Nota Explicativa, na DLPA e consequentemente no Balanço Patrimonial de 2010.
Entretanto, no que diz respeito aos R$ 12.000,00, existe uma possibilidade de a questão em juízo se tratar de uma questão tributária, já que em nenhum momento na questão Nº 42, se afirma que não se trata de uma provisão para uma questão judiciária tributária. Pois poderia a equipe jurídica ter feito uma avaliação equivocada, pois se esta equipe estivesse se baseado pela TG 25 onde existe a possibilidade de se reverter as provisões não julgadas, mas certamente ganhas em juízo. Segundo o OFÍCIO-CIRCULAR/CVM/SNC/SEP Nº 01/2007, diz no tópico 23.2.2 "Com base nesses fundamentos, o exemplo em questão não deve ser encarado como uma posição literal. No momento em que a administração se deparar com o exame acerca do tratamento a ser dispensado a um tributo, deve ter em mente que a Norma prevê o seu registro e, somente, em alguns raros casos tem ao seu dispor, desde que consubstanciada nos Princípios Fundamentais de Contabilidade, a prerrogativa de exercer seu julgamento quanto ao seu registro como uma obrigação. Se avaliar pela necessidade do registro, este deveria ser mantido até o momento de sua extinção por uma das formas previstas no art.156 do Código Tributário Nacional." Onde temos: Art. 156 – extinguem o crédito tributário; X - A decisão judicial passada em julgado. Mesmo que haja uma tendência de ganho, e ainda que o advogado julgue como provável o ganho de causa em definitivo, pelo fato de que pode ainda caber recurso por parte do credor (a União), a situação não é ainda considerada praticamente certa, e, portanto, o ganho não deve ser registrado.
Assim sendo, solicita-se a ANULAÇÃO da questão.
postada em: Terça-Feira, 2 de outubro de 2012 às 19:07:37
Há um erro de digitação proveniente do Valor Futuro mencionado na questão 30. Este está R$119.970,00, mas podemos comprovar através de cálculos que a pessoa que digitou trocou o número 9 e 7 dos R$119.970,00. O correto seria R$119.790,00.

Fazendo-se os cálculos na HP 12c podemos comprovar tal afirmação.
99.000 CHS PV
2 n
119.790,00 FV
i = 10
RESPOSTA LETRA D!

Mas, o valor que está na questão é R$119.970,00.
Com estes valores o cálculo ficaria assim:
99.000 CHS PV
2 n
119.970,00 FV
I = 10,08261361

Neste caso,

Solicito a anulação da questão 30, visto que não existe uma alternativa correta.

Se considerarmos o arredondamento para uma casa decimal, a resposta seria 10,1 %.

Se considerarmos o arredondamento para duas casas decimas, a resposta seria 10,08 %

A resposta só seria 10% se fosse considerado o TRUNCAMENTO para que não houvesse nenhuma casa decimal , mas isso não foi pedido no enunciado da questão e também não há nenhuma limitação física que dificulte a colocação da resposta com mais casas decimais, visto que 2 das 4 alternativas tem 3 casas decimais.

No enunciado deveria ficar claro, se deveria ser utilizado o arredondamento, e que tipo de arredondamento iria ser utilizado.

Portanto fica cabível a anulação desta, em função da clara troca de números do elaborador/digitador da questão que acarretou na distorção do resultado final. Não cabendo alternativa correta.
Moema Gomes Marques Dantas

Usuário Frequente

postada em: Quarta-Feira, 3 de outubro de 2012 às 00:04:34
Boa noite!

Já encerrou o prazo de recursos, né?
Alguém sabe dizer se o gabarito oficial é divulgado junto com a lista de aprovados ou se é antes?

Obrigada!
Junior Lops

Usuário Frequente

postada em: Quarta-Feira, 3 de outubro de 2012 às 08:52:01
Acredito que esse gabarito não terá alterações, somente anulações, provavelmente saira uma lista dos aprovados sem a analise dos recursos, dai até 60 dias sairá uma nova lista pós recursos...

Pelo menos na anterior foi assim, pelo edital do exame, só diz que eles tem até 60 dias após a prova para liberar a lista de aprovados.
Até dia 22/11/2012.

Como está grande a agilidade nesse exame, espero que já saia tudo junto, a lista dos aprovados juntamente com a analise dos recursos...

Espero que seja anulado as questãos 12 e 42. o/

Ontem acabou realmente o prazo para entrega dos Recursos, enviei os meus para as questões 12, 22, 34 e 42.
postada em: Quarta-Feira, 3 de outubro de 2012 às 09:13:05
Bom dia,
Pessoal
Como temos o exame para bacharel e para o técnico, quando mencionar algo sobre questões, recursos, ou qualquer assunto relacionado com CRC, não esqueça de mencionar de qual vc se refere: bacharel ou técnico.

att
Junior Lops

Usuário Frequente

postada em: Quarta-Feira, 3 de outubro de 2012 às 09:28:42
O de Tecnico tem um outro tópico...

tem que procurar na barra acima

Ou se já foi trancado ficará com esse aqui mesmo...
postada em: Quarta-Feira, 3 de outubro de 2012 às 12:25:56
Os recursos sugeridos por mim acima são para a prova de bacharel.
Maria Domingos Cordeschi

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 3 de outubro de 2012 às 20:13:16
Gente por favor sabem quando sai os recursos enviados

mostrando página 1 de 5
1 2 3 4 5

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 1.29 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César