Contábeis o portal da profissão contábil

23
Dez 2014
00:54

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Como fazer GPS rescisão empregada domestica

21   respostas
26.452   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Helen Brancaglion

Usuário 5 Estrelas Novas

postada em: Quarta-Feira, 24 de outubro de 2012 às 15:04:36
Boa tarde colegas,estou com muitas duvidas sobre como fazer gps de empregada domestica na rescisão.Eu pago tudo em uma gps só o inss, inss sobre 13° e aviso indenizado(porque ela nao cumprirá aviso) me ajudem !!!

Att
Mara

Usuário Ativo

postada em: Quarta-Feira, 24 de outubro de 2012 às 15:08:04
Helen, aqui no escritorio, eu faço apenas uma guia com todos os valores de INSS. Sobre o saldo, o 13º e o aviso indenizado qndo tem.

Abç.
Helen Brancaglion

Usuário 5 Estrelas Novas

postada em: Quarta-Feira, 24 de outubro de 2012 às 15:09:01
preciso colocar alguma informação na GPS? sobre esses valores?

Abraço!
Mara

Usuário Ativo

postada em: Quarta-Feira, 24 de outubro de 2012 às 15:10:52
Eu não coloco, so informo o valor do INSS que será recolhido.
Flavio Zenicola

Usuário 4 Estrelas Douradas

postada em: Quarta-Feira, 24 de outubro de 2012 às 15:11:45
Boa tarde a todos
Nao esquecer da parte PATRONAL (12%) e se quiser colocar informaçao sobre a base de calculo na GPS.
Att
Helen Brancaglion

Usuário 5 Estrelas Novas

postada em: Quarta-Feira, 24 de outubro de 2012 às 15:30:08
Muito Obrigada
Emanoel

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 31 de outubro de 2012 às 16:36:50
Qual a parte patronal da GPS de uma empregada domestica?
Rogério Silva

Usuário Iniciante

postada em: Quarta-Feira, 31 de outubro de 2012 às 21:48:49
O INSS patronal refere-se a 12% sobre a remuneração do funcionário no mês e é devido pelo empregador doméstico.

O INSS do empregado é o valor que é retido no pagamento dele, apurado de acordo com a tabela do INSS, sendo 8%, 9% ou 11%.

A GPS de uma empregada doméstica que recebe salário de 622,00 por exemplo, seria de 124,40 onde:

74,64 é o INSS patronal (12% sobre 622,00)
49,76 é o INSS descontado do trabalhador (8% sobre 622,00, conforme tabela vigente do INSS)
Kael Gasparini

Usuário Iniciante

postada em: Segunda-Feira, 14 de janeiro de 2013 às 10:25:43
Bom dia!!

Como é feito a rescisão da empregada doméstica? preciso gerar uma rescisão normal no sistema enviando sefip, caged normalmente?, ou somente faço um recibo a empregada em 02 vias discriminando tudo (saldo de salário, aviso, férias e 13º)?

Na rescisão:
- qual código de afastamento de acordo com a sefip?
- qual código que coloco na Causa do Afastamento?
- qual código que coloco no código de saque de fgts se não possuir?

Aguardo
Anya Santos

Usuário 4 Estrelas Douradas

postada em: Segunda-Feira, 14 de janeiro de 2013 às 18:53:48
Boa noite Kael
Leia o tópico abaixo

clique aqui

Espero ter ajudado

''Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.'' ( Clarice Lispector)
Kael Gasparini

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 15 de janeiro de 2013 às 09:45:46
A empregada doméstica demitida após 1 anos de trabalho registrado em ctps, preciso informar normalmente o caged, sefip e gerar o seguro desemprego a ela?
Sinara do Amaral Gomes Correia

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 15 de janeiro de 2013 às 10:32:42
Bom dia Kael,
além de todos esses procedimentos que vc citou é preciso fazer a multa de 40% também.


Sinara A. Gomes Correia
Eduardo de Limas

Moderador

postada em: Terça-Feira, 15 de janeiro de 2013 às 15:25:01
Kael Gasparini Bom Dia;

Não é enviado caged informando a movimentação de empregada doméstica;

Caso ele seja optante pelo FGTS ,devera ser informado na sefip a movimentação do trabalhador. (ou estar vinculada ao CEI) .

Seguro-Desemprego:
Concedido, exclusivamente, ao(à) empregado(a) inscrito(a) no FGTS, por um período mínimo de 15 meses nos últimos 24 meses contados da dispensa sem justa causa, que não está em gozo de qualquer benefício previdenciário de prestação continuada, excetuados auxílio-acidente e pensão por morte, e, ainda, que não possui renda própria de qualquer natureza.
FONTE: MTE [ clique aqui para acessar ] ;


Abraços

Att
Kael Gasparini

Usuário Iniciante

postada em: Terça-Feira, 15 de janeiro de 2013 às 15:33:24
E caso a empregada não seje optante de FGTS, preciso fazer a movimentação normal dela e informar a sefip ou não é necessário?...pois o empregador esta como CEI/CPF e não possui certificado digital para informar esta movimentação,e na época só registrou a empregada na carteira e faz os recolhimentos de inss mensais de 20% sobre o salário mínimo.


Posso somente gerar a rescisão no sistema normal e entregar 03 vias ao empregador e 02 vias a empregada e esta correto?--, discriminando tudo (saldo de salário, aviso, férias e 13º) é só isso nestes casos de domésticas?
Eduardo de Limas

Moderador

postada em: Terça-Feira, 15 de janeiro de 2013 às 17:50:29
Kael Gasparini;

É necessário efetuar a informação da demissão na sefip no caso da empregada doméstica estar ligada ao CEI;

Quanto aos documentos rescisórios proceda normalmente, conforme descrito já pelo Sr;

Abraços

Att
Eduardo Silva

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 8 de maio de 2013 às 10:06:27
Prezados,

Demiti a minha no final de abril/13, posso então fazer uma única GPS incluíndo o aviso indenizado, 13º, recolhimento dos dias trabalhados em abril, tudo junto numa única GPS? A competência que coloco é 04/2013?

Att,

Eduardo
Michele C P Nishida

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 8 de maio de 2013 às 10:59:27
Bom Dia,
tenho a mesma duvida que o Eduardo Silva, na Rescisão de trabalho da doméstica, também foi no final de abril/2013; gostaria de saber como faço a guia de GPS, pois tenho, saldo de salário/salário indenizado e 13º proporcional?
faço uma unica guia com o valor total?

Att
Michele
Ana Claudia Braga

Usuário Estrela Dourada

postada em: Terça-Feira, 14 de maio de 2013 às 15:18:12
Caros colegas, sim, basta emitir uma GPS contendo o valor total a ser recolhido referente a rescisão da empregada. A competência será a da demissão, ou seja, 04/2013.

Att,
Carlos Alexandre

Usuário Novo

postada em: Domingo, 16 de junho de 2013 às 14:04:46
Por favor,
Como é calculado o saldo de salário a pagar na demissão de empregada doméstica.
Seria proporcional aos dias trabalhados no mês em que ela deixou de trabalhar ?

Obrigado.
Tiago de Lannes

Usuário Estrela Dourada

postada em: Domingo, 16 de junho de 2013 às 14:48:37
Boa tarde,

Carlos,

O INSS devido na rescisão contratual será o proporcional aos dias trabalhados no mês juntamente com outras verbas rescisórias, como décimo terceiro salário. Você irá verificar na rescisão os valores devidos, e observará qual tem incidência de INSS dai irá recolher tudo em uma GPS.

Exemplo:

Demissão em 10/06/2013


Salario contratual 678,00

Saldo de salário------ 226,00

Férias prop.-----------------xxxx não tem incidencia
1/3 férias------------------xxxx não tem incidência

13º 5/12----------------- 282,50


parcelas que tem incidência: 226+282,50= 508,50 x 20% (8% empregado descontado + 12% patrao) = 101,70


GPS 06/2013
valor: 101,70


Saudações,

Espero ter lhe ajudado.

Tiago de Lannes
Carlos Alexandre

Usuário Novo

postada em: Domingo, 16 de junho de 2013 às 16:30:55
Tiago,
Ajudou bastante. Obrigado.

Saberia dizer qual prazo tenho para recolher o INSS sobre as verbas rescisórias que sofrem incidênia desse imposto?

Seria até dia 15 do mês seguinte ao mês da data da rescisão ?
A competência do recolhimento será a do mês da rescisão, certo ?

Obrigado.
Tiago de Lannes

Usuário Estrela Dourada

postada em: Segunda-Feira, 17 de junho de 2013 às 08:23:53
Bom dia Carlos,

Isto mesmo, o prazo de vencimento é o dia 15 do mês subsequente e a competência o mês da rescisão.

Att.

Tiago de Lannes

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.66 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César