Contábeis o portal da profissão contábil

23
Abr 2014
06:09

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


ferias coletivas

6respostas
4.250acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Tiago André Silva

Usuário Freqüente

profissãoContador(a)
mensagens92
pontos945
membro desde11/07/2006
cidadeArarangua - SC
Postada:Quarta-Feira, 3 de outubro de 2007 às 10:23:01
bom dia colegas consultores..
estou com uma duvida,
uma empresa que para os trabalhos no verao durante 1 mes, que da ferias coletivas para todos os empregados, mas vai ter empregados com menos de um ano de empresa, que nao tem direito a ferias ainda, como proceder nesses casos??
ela recebe a ferias normal? ou fazer adiantamento de ferias? tem alguma base legal nisso??
aguardo resposta
obrigado

ver Anexos (1)

Cilene Oliveira

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens11
pontos199
membro desde17/08/2007
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 3 de outubro de 2007 às 10:41:49
Tiago se as férias coletivas for comunicada ao sindicato da categoria, ao DRT e aos funcionários, não haverá problema nenhum em receber as férias não tendo ainda os 12 meses trabalhados, em caso de demissão as férias pagas poderão ser descontadas na recisão de contrato.

As ferias coletivas devem ser anotadas também na CTPS e no livro de Registro de Funcionários.

ver Anexos (1)

Zilva Candida

Usuário 5 Estrelas de Prata

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens969
pontos5.416
membro desde08/06/2007
cidadePimenta Bueno - RO
Postada:Quarta-Feira, 3 de outubro de 2007 às 11:15:55
Olá Tiago,

levando em consideração o que já foi postado pela colega Cilene, tenho um material muito bom sobre férias coletivas, estareio o enviando ao Luiz josé, para que o mesmo seja postado neste.


abç!!

"Que Deus me dê Serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, Coragem para mudar as que posso e Sabedoria para distinguir uma da outra."

Zilva


ver Anexos (1)

Luiz José

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens4.353
pontos52.161
membro desde10/10/2006
cidadeNiteroi - RJ
Postada:Quarta-Feira, 3 de outubro de 2007 às 13:13:07
Cara colega Zilva, seu arquivo ja foi disponibilizado.

Abraços.

AVISO AOS NAVEGANTES: É dever do usuário estar sempre alerta às Regras.

ver Anexos (1)

Zilva Candida

Usuário 5 Estrelas de Prata

profissãoAuxiliar Administrativo
mensagens969
pontos5.416
membro desde08/06/2007
cidadePimenta Bueno - RO
Postada:Quarta-Feira, 3 de outubro de 2007 às 13:39:53
Grata Luiz!!

abç!!

"Que Deus me dê Serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, Coragem para mudar as que posso e Sabedoria para distinguir uma da outra."

Zilva


ver Anexos (1)

André M. Reis

Usuário 5 Estrelas Novas

profissãoChefe Pessoal
mensagens435
pontos2.626
membro desde24/09/2007
cidadeDivinopolis - MG
Postada:Quinta-Feira, 4 de outubro de 2007 às 03:22:43
Tiago se as férias coletivas for comunicada ao sindicato da categoria, ao DRT e aos funcionários, não haverá problema nenhum em receber as férias não tendo ainda os 12 meses trabalhados, em caso de demissão as férias pagas poderão ser descontadas na recisão de contrato.

As ferias coletivas devem ser anotadas também na CTPS e no livro de Registro de Funcionários.


Discorda da colega. Se você está concedendo férias aos trabalhadores, sendo estas coletivas deverá proceder da seguinte forma:

"Os empregados contratados há menos de 12 meses (doze meses) gozarão, na oportunidade, as férias proporcionais, iniciando-se, então, novo período aquisitivo, que se inicia a partir do primeiro dia de gozo. Se as férias proporcionais forem superiores às férias coletivas, o empregado fica com um saldo favorável, cuja concessão do período de gozo fica a critério do empregador, observando-se sempre o período aquisitivo."
Fonte: Gomes, Elizeu Domingos. Rotinas Trabalhistas e Previdenciárias. 7ª Ed.


"...caso seja concedido ao empregado um número de dias de férias que aquele não teria, em razão do seu pouco tempo de serviço na empresa, o restante deverá ser considerado como licença remunerada por parte do empregador. Vamos adminitr que o empregado tivesse menos de um ano na empresa, concedendo o empregador 20 dias de férias coletivas, mas o empregado só tivesse direito a 10 dias: os restantes, 10 dias, seriam, assim considerados como licença remunerada por parte da empresa. Como o risco da atividade econômica deve ficar a cardo do empregador, sendo ele que entendeu por paralisar os serviços, compreende-se que o período em que o empregado não teria direito às férias será considerado como licença remunerada"
Fonte: Martins, Sérgio Pinto. Comentários à CLT. 11º Ed.


Com relação ao que disse a Cilene. Vejam:

"O empregador não poderá descontar das férias do empregado os períodos superiores às férias proporcionais a que teria direito, por ocasião da concessão de férias coletivas, conforme a orientação analógica do Parágrafo 1º do artigo 130 da CLT"

Adotando a empresa o regime de férias coletivas, se ao trabalhador contratado a menos de 12 (doze) meses, o empregador concede f´´erias integrais, os dias excedentes ao que lhe seriam devidos efetivamente, admitida a proporcionalidade a que alude o art. 140, da CLT, são considerados como de licença remunerada, iniciando-se, em relação ao obreito, um novo período aquisitivo. (TRT, 21ª R.)

Antes de perguntar, pesquise. Nâo seja preguiçoso. A pesquisa enriquece seus conhecimentos.

ver Anexos (1)

Fernando Souza da Silva

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens1
pontos103
membro desde28/03/2007
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 26 de novembro de 2009 às 16:03:27
Gostaria de saber, quando a empresa da férias coletivas ao empregado, exemplo: de 18/12/2009 à 01/01/2010, o funcionário tem 11 meses de registro. Como fica o sálario do empregado? ele recebe o mês de dezembro completo ou 18 dias trabalhado? E quanto aos feriados de 25/12 e 01/01?


Obrigado!


Fernando Souza da Silva

ver Anexos (1)


Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

Facebook

Receba Novidades


POSTS RELACIONADOS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Quem participa

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.27 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César