Contábeis o portal da profissão contábil

18
Dez 2014
21:43

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


cancelamento de vendas

6   respostas
376   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Alexandre Felipe Jorge

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 4 de abril de 2013 às 16:10:44
Boa tarde colegas!
Emitimos uma nota fiscal de venda em 27/03/13. Porém, o cliente desistiu da compra em 03/04/13. A mercadoria não chegou a sair do nosso estabelecimento. Como devo proceder? Devo emitir uma nota de entrada de Devolução, mesmo sem a mercadoria ter saído? Pensei em cancelar a nota, mas como passou um certo tempo e são de meses diferentes acho que não posso fazer isso, certo?
Se puderem informar inclusive o CFOP seria de grande ajuda também.

Muito Obrigado!
Alexandre
Valdemir João Albanes

Usuário Estrela Dourada

postada em: Quinta-Feira, 4 de abril de 2013 às 19:42:41
Boa noite,

Correto, Faz uma Nota de Entrada.
CFOP de Entrada devolução de mercadoria (1201/1202 ou 2201 ou 2202)
e na emissão da nota fiscal de entrada em devolução de mercadoria, no campo DADOS ADICIONAIS você descreve "Devolução total referente NF-e nº xxxx de xx/xx/xxxx que não foi recebida pelo destinatário e devolvida conforme ressalva no veso da nota fiscal".
e anexar a NF-e entrada juntamente com a NF-e de venda que foi devolvida, e arquivar em uma pasta.

att..

Cianorte - PR - "Capital do Vestuário"
"O entendido sabe tudo, o sábio apenas o essencial"
Luciano Alves Tomas

Usuário Ativo

postada em: Sexta-Feira, 5 de abril de 2013 às 14:03:07
Boa Tarde Alexandre e Valdemir

Essa nota fiscal pode ser cancelada, pois ainda pela data não foi apurado os impostos do mês de março para pagar. Não tem necessidade de tirar outra nota e alterá o estoque.

Atenciosamente
Luciano Alves Tomas

Atenciosamente
Luciano Alves Tomas

Ditado do dito do não dito : " Não requer prática nem habilidade qualquer criança aprende se diverte" mas quem sabe escreve e comenta

contato: vide profile
Valdemir João Albanes

Usuário Estrela Dourada

postada em: Segunda-Feira, 8 de abril de 2013 às 10:11:09
Bom dia, Luciano!

O procedimento citado, deve ser adotado no caso da perda de prazo para o contribuinte efetuar o cancelamento de NFe

Deve observar que; Em razão da publicação do Ato COTEPE/ICMS nº 13/2010, alterou o ATO COTEPE/ICMS nº 33/2008 que dispõe sobre os prazos de cancelamento de NF-e e de transmissão de NF-e emitida em contingência, conforme disposto no Ajuste SINIEF nº 07/2005.
Assim, o prazo de cancelamento da NF-e continua de 168 (cento e sessenta e oito) horas, para o ano de 2011, contadas a partir da data e hora do fornecimento da autorização de uso desde que não tenha ocorrido a circulação da mercadoria ou a prestação de serviço e observadas as demais normas constantes no Ajuste SINIEF 07/05, de 5 de outubro de 2005. As solicitações realizadas após este prazo legal serão rejeitadas.
A partir de 01/01/2012 o prazo de cancelamento da NF-e passa para 24 (vinte e quatro)horas, contado do momento em que foi concedida a respectiva Autorização de Uso da NF-e, desde que não tenha ocorrido a circulação da mercadoria ou a prestação de serviço e observadas às demais normas constantes do Ajuste SINIEF nº 07/2005, de 5 de outubro de 2005.


Att..

Cianorte - PR - "Capital do Vestuário"
"O entendido sabe tudo, o sábio apenas o essencial"
Alexandre Felipe Jorge

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 9 de abril de 2013 às 15:11:11
Obrigado pela ajuda amigos!
Acabei fazendo a sugestão do Valdemir pois condizia com o que já havia lido anteriormente.

Até a próxima!
Luciano Alves Tomas

Usuário Ativo

postada em: Terça-Feira, 9 de abril de 2013 às 16:01:06
Boa Tarde Alexandre e Valdemir

No momento que foi postado não havia referencia sobre Nf-e, por isso coloquei que podia ser cancelado, pois pensei que fosse talonário. Observe quando postar uma pergunta Alexandre, para não haver equivocos.


Atenciosamente

Luciano Alves Tomas

Atenciosamente
Luciano Alves Tomas

Ditado do dito do não dito : " Não requer prática nem habilidade qualquer criança aprende se diverte" mas quem sabe escreve e comenta

contato: vide profile
Fred

Usuário Frequente

postada em: Terça-Feira, 9 de abril de 2013 às 16:44:12
Estou com um problema aparente.
Preciso cancelar uma NF-e fora do prazo de 24 horas para cancelamento.

Um fiscal da receita estadual me passou a seguinte instrução:


O cancelamento extemporâneo, até 31/12/2011, ocorria após 168hs, e a partir de 01/01/2012, nos termos do Ato COTEPE 33/2008, após 24hs contadas a partir do momento da autorização da respectiva NF-e. Em ambos os casos era informado apenas através da denúncia espontânea com o devido ajuste na Escrituração Fiscal, ou seja, o Contribuinte não tinha como transmitir os cancelamentos extemporâneos de NF-e.



A partir de 28/02//2013, perdido o prazo de 24 hs contadas a partir do momento da autorização da NF-e, o cancelamento extemporâneo se dará através de solicitação via SIARE e posterior transmissão através do WebService de cancelamento de NF-e.



Será exibida uma opção no menu no SIARE/Internet para que o Contribuinte possa fazer a solicitação de transmissão de cancelamento extemporâneo. Nesse caso deverá ser informada a chave de acesso da NF-e a ser cancelada e a justificativa pela perda do prazo legal.



O SIARE gerará um protocolo, na caixa do Contribuinte, autorizando a transmissão desse cancelamento.



Recebido o protocolo, o Contribuinte deverá transmitir o cancelamento dessa NF-e da mesma forma como se fosse transmitir o cancelamento de uma NF-e dentro do prazo legal, ou seja, utilizando a funcionalidade de cancelamento disponível no sistema emissor de NF-e adotado pela empresa.



Após o SIARE gerar o protocolo, tentei cancelar a Nota fiscal em meu sistema, mas não consegui exito. Qual procedimento a seguir?

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.38 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César