Contábeis o portal da profissão contábil

29
Jul 2014
05:39
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Contabilidade do Terceiro Setor

9respostas
725acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Clovis Igarashi

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoConsultor(a) Contabilidade
mensagens275
pontos3.047
membro desde15/04/2013
cidadeMogi das Cruzes - SP
Postada:Terça-Feira, 16 de abril de 2013 às 14:16:37
Prestamos serviço a uma entidade sem fins lucrativos, que tem convênio com a Prefeitura de São Paulo e recebe subvenções para desenvolvimento dos projetos.

A questão é a seguinte como proceder corretamente nos lançamentos de reconhecimento das despesas envolvendo as subvenções do poder público na qual a entidade em questão é parceira.

Na ocasião do recebimento da subvenção, fazemos o seguinte lançamento:

D - Bancos (Ativo)
C - Subvenções (Receita)

No pagto de despesas:
D - Despesa (resultado)
C - Bancos

E no reconhecimento de despesas, como proceder? alguém pode nos ajudar?

Contador com especialização no Terceiro Setor

http://clovisakira.blogspot.com
Thiago Gustavo Ribeiro

Usuário 5 Estrelas Novas

profissãoContador(a)
mensagens409
pontos3.211
membro desde31/05/2011
cidadeFlorianopolis - SC
Postada:Quarta-Feira, 17 de abril de 2013 às 09:04:17
Bom dia Clóvis!

Conforme o item 15.A CPC 07 - Subvenção e Assistência Governamentais:

15. O tratamento contábil da subvenção governamental como receita deriva dos seguintes principais argumentos:

...

15A. Enquanto não atendidos os requisitos para reconhecimento da receita com subvenção na demonstração do resultado, a contrapartida da subvenção governamental registrada no ativo deve ser feita em conta específica do passivo.


portanto, os lançamentos mais apropriados seriam os seguintes:

1- Pelo recebimento de Subvenção;
D- Ativo
C- Passivo

2- Pelo reconhecimentos das receitas e despesas;
D- Passivo
C- Receita

D- Despesa
C- Ativo

Att.

"Ainda que haja noite no coração, vale a pena sorrir para que estrelas no coração" Arnaldo Padovani
Clovis Igarashi

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoConsultor(a) Contabilidade
mensagens275
pontos3.047
membro desde15/04/2013
cidadeMogi das Cruzes - SP
Postada:Quarta-Feira, 17 de abril de 2013 às 09:48:14
Bom dia Thiago
Obrigado pelo esclarecimento, mas ainda resta uma dúvida.

A entidade firmou convênio com a prefeitura municipal na área da assistência social com subsidio de 300.000,00 por ano, divididos em 12 repasses mensais de 25.000,00.

As despesas são para pagto de pessoal, despesas de água, luz, telefone e materiais utilizados no desenvolvimento do projeto.

No inicio do mês recebemos a subvenção e no fim do mês é feito a prestação de contas.

Para um melhor controle devo abrir uma conta especifica de despesa vinculado ao projeto? por ex.

D- despesa energia elétrica - projeto x
C - Bancos - projeto x

Na prestação de contas geralmente não é utilizado o total do valor recebido, neste caso como fica o reconhecimento da receita?

Recebimento da subvenção 25.000
Prestação de contas 24.500

Contador com especialização no Terceiro Setor

http://clovisakira.blogspot.com
Walter José de Oliveira

Usuário Ativo

profissãoContador(a)
mensagens128
pontos1.742
membro desde16/02/2012
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Quarta-Feira, 17 de abril de 2013 às 10:25:30
Olá CLóvis,

ocorre que como nosso amigo Thiago mencionou o tratamento de reconhecimento das subvenções a sua contabilização do recebimento da subvenção, no primeiro post, está errada, pois logo quando você recebe o recurso da prefeitura vc já está reconhecendo a Receita, quando na verdade nesse momento você possui uma obrigação de efetuar a pretação de um serviço com aquele recurso, logo credita-se o Passivo.

Assim sua contabilização deve ser:

No recebimento da subvenção:
D - Banco........25.000 (Ativo)
C - Projeto X....25.000 (Passivo)

Na ocorrência da Despesa com Pessoal:

D - Despesa com Pessoal....15.000 (Despesa)
C - Salários a pagar.......15.000 (Passivo)

Ao se reconhecer a Despesa relativa ao Projeto, automaticamente você deverá reconhecer a Receita com a subvenção, no mesmo valor da Despesa realizada.

D - Projeto X.........................15.000 (Passivo)
C - Subvenções recebidas - Projeto X..15.000 (Receita)

Pelo pagamento do salário:

D - Salários a pagar....15.000 (Passivo)
C - Banco...............15.000 (Ativo)

Ao final de toda essa contabilização você terá em saldo 10.000 no banco e no Projeto (Passivo) 10.000 a ser executado, sendo que no mês de competencia que a Despesa ocorreu, você também reconheceu a receita com a Subvenção.

Espero ter ajudado e bom trabalho.

Walter Oliveira.
- Contador com atuação no Terceiro Setor;
- Docente em Contabilidade.
Clovis Igarashi

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoConsultor(a) Contabilidade
mensagens275
pontos3.047
membro desde15/04/2013
cidadeMogi das Cruzes - SP
Postada:Quarta-Feira, 17 de abril de 2013 às 10:35:47
Walter

Obrigado pela atenção, agora sim ficou claro.

Contador com especialização no Terceiro Setor

http://clovisakira.blogspot.com
Reinaldo Alvesv

Usuário Iniciante

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens55
pontos392
membro desde24/06/2010
cidadeGuape - MG
Postada:Segunda-Feira, 28 de outubro de 2013 às 10:01:17
uma associação de produtores sem fins lucrativos, deve adotar o regime de caixa ou competencia?

tenho que fazer a contabilidade, completa com livros, razao, diario,etc ou apenas caixa
Clovis Igarashi

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoConsultor(a) Contabilidade
mensagens275
pontos3.047
membro desde15/04/2013
cidadeMogi das Cruzes - SP
Postada:Segunda-Feira, 28 de outubro de 2013 às 10:24:46
Caro Reinaldo

Segundo a ITG 2002 ítem 8 - Reconhecimento as entidades do terceiro setor devem adotar o regime contábil de competência, com a contabilidade completa. http://www.crc.org.br/eventos/arquivos/osprincipaisaspectosdaresolucaocfc.pdf

Espero ter ajudado

Clovis Igarashi

Contador com especialização no Terceiro Setor

http://clovisakira.blogspot.com
profissão
mensagens0
pontos1.417
membro desde25/09/2013
cidade
Postada:Segunda-Feira, 28 de outubro de 2013 às 11:01:22
Bom Dia Clóvis Igarashi!

No link abaixo vc vai encotrara o Manual de Procedimentos Contábeis para Fundações e Entidades de Interesse Social publicado pelo Conselho Federal de Administração:
http://www.cfc.org.br/uparq/livro_manual_fund.pdf

A verba de $ 300,000 que foi recebido da prefeitura só deve ser aplicado na na Assistência Social, conforme contrato assinado entre as partes; todavia a firma, que gerencia o recurso recebido, tem despesas diversas despesas a fim de manter a estrutura administrativa que contém folha de pagamento do pessoal administrativo, contas de água, luz, telefone, internet, material de expediente, etc. logo p/manter toda essa estrutura é cobrado uma taxa mensal a título de "Custeio Administrativo". Os valores mensais creditados na c/c. da firma chama-se repasse e não deve transitar como receita!!! O recurso recebido chama-se de "Repasse". Vamos simular alguns lançamentos do mês:

1.Ativo
11.Ativo Circulante
111.Disponibilidades (ou Caixa e Equivalentes de Caixa)
1111.Caixa Geral
1111.Bancos c/Movimento
1112.Bancos c/Movimento - Recursos Restritos <=======
...
2.Passivo
21.Passivo Circulante
211.Exigibilidades
2111.Empréstimos e Financiamentos
2112.Obrigações Fiscais
2113.Obrigações Trabalhistas e Previdenciárias
211301.Obrigações Trabalhistas
211302.Obrigações Previdenciárias Pref...Projeto..
21130301.
2121.Convênios a Executar
212101.Prefeitura Municipal...
21210101.Projeto Assistência Social
21210101001.Repasses <===== cta. p/provisão dos valores recebidos
21210101002.Rendimentos de Aplicação Financeira
21210101003.(-)Folha de Pagamento
21210101004.(-)Encargos s/Folha...
21210101005.(-)Tarifas Bancárias
21210101010.(-)Custeio Administrativo <=====
3.Patrimônio social
31.Patrimônio Social
4.Custos e Despesas
5.Reitas
51.Custeio Administrativo <==== Essa conta faz parte do resultado da firma!!!


Observe que não se deve usar a nomenclatura/rubrica "Taxa Administrativa"!!! Motivo: a rubrica "Taxa Administrativa" é tributada pelo Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza!

Então deve-se usar a rubrica "Custeio Administrativo", pois é desse valor recebido mensalmente é que a firma vai manter a sua estrutura administrativa.

Tudo o que for despesa do projeto vc deve provisionar em "Convênios a Executar"!

O que for despesas do escritório administrativo vc contabiliza no resultado!

Importante! A sobra de numerário que não utilizada no mês, deve-se fazer aplicação financeira! Os rendimentos das aplições financeiras vão ser computados em "Convênios a Executar"

Lanctos. pelo repasse mensal da prefeitura:

Debite : Banco c/Movimento - Recursos Restritos (AC) $ 25,000
Credite: Repasse (PC)
Histórico: Vlr ref.repasse prefeitura... projeto...


profissãoTécnico Contabilidade
mensagens17
pontos296
membro desde11/08/2009
cidadeSobradinho - BA
Postada:Segunda-Feira, 20 de janeiro de 2014 às 17:31:00
Boa tarde!

Uma Associação assinou o convenio de 500.000,00, para a construção de cisternas.

Gostaria de saber como ficará a contabilização desse convenio.

Veja o seguinte:

Entrada do recurso na contabilidade

D= Banco Conta movimento (ativo)
C= Recursos do convenio (Passivo)

Aplicação dos Recurso

C= Recursos do convenio (Passivo) - Conta retificadora
D = Banco Conta Movimento (ativo)

Não entendi, dentro dessa dinâmica, como irei contabilizar as despesas/custos (funcionarios, alimentação, energia, transporte, etc.). Se alguem poder me ajudar, agradeço.


Cleison Almeida
Walter José de Oliveira

Usuário Ativo

profissãoContador(a)
mensagens128
pontos1.742
membro desde16/02/2012
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Segunda-Feira, 20 de janeiro de 2014 às 17:41:08
Caro Cleisson,

veja 5 mensagens acima da sua que respondo essa questão. Nesse mesmo tópico.

Att.

Walter Oliveira.
- Contador com atuação no Terceiro Setor;
- Docente em Contabilidade.

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

Facebook

Receba Novidades


POSTS RELACIONADOS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Quem participa

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.58 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César