MOMENTO CONTÁBEIS

Distribuição dos lucros do FGTS | Redução de alíquotas para industrias PME | Envelhecimento populacional | CONBCON 2018

Contábeis o portal da profissão contábil

20
Aug 2018
22:48

Sefaz estabelece normas para a transmissão do PGDAS-D

Instrução Normativa SEFAZ-CE 11/2017

data: 10/02/2017 - 6.265 acessos

INSTRUÇÃO NORMATIVA 11SEFAZ, DE 2-2-2017
(DO-CE DE 8-2-2017)
 
SIMPLES NACIONAL - Normas
 
Sefaz estabelece normas para a transmissão do PGDAS-D
Este ato estabelece normas que deverão ser obsevadas para transmissão do Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – Declaratório - PGDAS-D, pelos contribuintes optantes pelo Simples Nacional.
 
O SECRETÁRIO DA FAZENDA DO ESTADO DO CEARÁ, no uso de suas atribuições legais e, CONSIDERANDO o disposto no art.100 do Decreto nº24.569, de 31 de julho de 1997, CONSIDERANDO asdisposições da Instrução Normativa nº27, de 20 de agosto de 2014,
RESOLVE:
Art.1º Para fins de controle da transmissão do Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – Declaratório  (PGDAS-D) pelos contribuintes optantes pelo Simples Nacional, ficam estabelecidos os seguintes por estabelecimento:
I - No prazo: enquanto não transcorrer o prazo de transmissãoda declaração pelo contribuinte;
II – Omisso: quando transcorrer o prazo de transmissão da declaração e o contribuinte não o cumprir;
III – Ok: quando o contribuinte transmitir a declaração;
IV – Inapto: quando o estabelecimento estiver baixado no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da Receita Federal do Brasil, caso em que fica impedido de transmitir o PGDAS-D na RFB, e, em outros casos, por decisão da administração tributária.
§1º Fica a Célula de Controle e Informações (CECOI) da Coordenadoria da Administração Tributária (CATRI) responsável pela alteração do status da geração da obrigatoriedade do PGDASD e exclusão de obrigatoriedade de transmitir, que tenha sido gerada indevidamente pelos sistemas da Secretaria da Fazenda (SEFAZ).
§2º A obrigatoriedade de transmissão do PGDAS-D será gerada:
I - na data da opção do contribuinte pelo Simples Nacional no Cadastro Geral da Fazenda (CGF);
II – no início de atividade, constante do CGF, de estabelecimento filial de contribuinte optante pelo Simples Nacional.
§3º O período de transmissão do PGDAS-D que esteja com status “Inapto” será incluído no planejamento fiscal, mediante o qual deverão ser cobrados os tributos não recolhidos, quando devidos
Art.2º O contribuinte que constar no CGF como optante pelo Simples Nacional na data de solicitação de baixa deverá cumprir todas as obrigações acessórias até a data da solicitação, inclusive a transmissão do PGDAS-D.
Parágrafo único. Quando se tratar de empresa baixada de ofícioque entrar com solicitação de reativação, as obrigações acessórias, inclusive o PGDAS-D, deverão ter sido transmitidos até o mês da baixade ofício.
Art.3º Quando da baixa de inscrição no CGF de matriz ou filial de contribuinte optante pelo Simples Nacional, o estabelecimento deverá adotar os seguintes procedimentos:
I - transmitir as obrigações acessórias;
II - solicitar a baixa da inscrição no CGF antes da solicitação de baixa na RFB.
Art.4º O estabelecimento de contribuinte optante pelo Simples Nacional que se encontrar omisso quanto à entrega do PGDAS-D por 3 (três) meses consecutivos ou intercalados será colocado automaticamente no Sistema Cadastro da SEFAZ na situação “Ativo em Edital”, por omissão de obrigações acessórias.
Parágrafo único. Na hipótese do caput deste artigo, caso não seja regularizada a situação no prazo de 10 (dias) contados da data da inclusão na situação “Ativo em Edital”, o estabelecimento será incluído automaticamente na situação “Baixado de Oficio’.
Art.5º Esta Instrução Normativa entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos, em relação ao art.1º, desde 1º de julho de2016.

João Marcos Maia
SECRETÁRIO ADJUNTO DA FAZENDA
Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Facebook

conheça mais

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César