Contábeis o portal da profissão contábil

12
Dec 2017
21:46

Fazenda dispõe sobre o adicional de alíquotas

Resolução SEFAZ-AM 25/2017

data: 21/07/2017 - 226 acessos

RESOLUÇÃO 25 SEFAZ, DE 14-7-2017
(DO-E SEFAZ-AM DE 20-7-2017)

ADICIONAL DE ALÍQUOTA - Operação Interestadual

Fazenda dispõe sobre o adicional de alíquotas
Esta Resolução estabelece regras transitórias para a exigência do adicional nas alíquotas do ICMS até que os campos específicos do fundo de combate à pobreza sejam disponibilizados na Nota Fiscal Eletrônica – NF-e.


O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso de suas atribuições legais, e
CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer regras transitórias para a exigência do adicional nas alíquotas do ICMS, instituído pela Lei nº 4.454, de 31 de março de 2017, nos termos do art. 82 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição Federal, até que os campos específicos do fundo de combate à pobreza sejam disponibilizados na Nota Fiscal Eletrônica – NF-e;
CONSIDERANDO a autorização prevista no art. 9º do Decreto nº 38.006, de 26 de junho de 2017, que regulamenta a Lei que instituiu o adicional nas alíquotas do ICMS,
RESOLVE:
Art. 1º Nas operações interestaduais com destino ao Estado do Amazonas, o adicional às alíquotas do ICMS, instituído nos termos do art. 82 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias – ADCT da Constituição Federal, regulamentado pelo Decreto nº 38.006, de 26 de junho de 2017, destinado ao Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza - FPS, será exigido com observância do disposto nesta Resolução, em relação às mercadorias a seguir:
I - mercadorias comercializadas pelo sistema de marketing direto, destinadas a revendedores localizados no Estado para venda porta-a-porta a consumidor final;
II - veículos automotores terrestres;
III - combustíveis derivados de petróleo sujeitos ao repasse no Sistema de Captação de Auditoria dos Anexos de Combustíveis – SCANC.
Art. 2º Nas hipóteses previstas no art. 3º, inciso IV, do Decreto nº 38.006, de 2017, o valor da contribuição destinada ao FPS será exigido no desembaraço na Secretaria de Estado da Fazenda - SEFAZ da documentação fiscal que acobertar os produtos provenientes de outra unidade da Federação, observando-se:
I – no caso de mercadorias comercializadas pelo sistema de marketing direto, destinadas a revendedores localizados no Estado para venda porta-a-porta a consumidor final, a contribuição será exigida do remetente, substituto tributário, mediante Extrato de Desembaraço gerado mensalmente pela SEFAZ, no último dia útil do mês, devendo ser recolhida no mesmo prazo previsto na legislação para o ICMS;
II – no caso de veículos automotores terrestres:
a) a contribuição será exigida da concessionária de veículos, mediante Extrato de Desembaraço gerado pela SEFAZ, devendo ser recolhida no momento do desembaraço ou até o dia 15 (quinze) do segundo mês subsequente, caso o contribuinte esteja em situação regular para com suas obrigações junto ao Fisco;
b) nas aquisições realizadas na forma do Convênio ICMS 51/00, em que ocorra faturamento direto ao consumidor pela montadora, a contribuição será exigida do adquirente, devendo ser recolhida no momento do desembaraço na SEFAZ.
Art. 3º Na hipótese prevista no § 6º do art. 3º do Decreto nº 38.006, de 2017, deverá ser considerado o Preço Médio Ponderado a Consumidor Final – PMPF previsto em Ato Cotepe na data da emissão da Nota Fiscal de remessa interestadual, observado o disposto no § 7º do mesmo artigo.
Art. 4º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos até 30 de setembro de 2017.
FRANCISCO ARNÓBIO BEZERRA MOTA
Secretário de Estado da Fazenda

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Facebook

WebContábeis Conteúdo contábil atualizado e de qualidade em seu site.

Desconto de 10% na mensalidade dos planos básicos de conteúdo.

conheça mais

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.05 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César