Contábeis o portal da profissão contábil

13
Dec 2017
12:49

Alteradas as normas relativas ao comodato

Resolução Conjunta SEFIN/CRE-RO 7/2017

data: 24/11/2017 - 85 acessos

RESOLUÇÃO CONJUNTA 7 SEFIN/CRE, DE 10-11-2017
(DO-RO DE 22-11-2017)
- Retificada no DO-RO de 8-12-2017 -

COM0DATO - Normas

Alteradas as normas relativas ao comodato
Foram introduzidas modificações na Resolução Conjunta 2 SEFIN, de 2015, que disciplina os procedimentos relativos às operações de remessa e devolução de bens e mercadorias em comodato.


O SECRETÁRIO DE ESTADO DE FINANÇAS E O COORDENADOR GERAL DA RECEITA ESTADUAL, no uso de suas atribuições legais;
RESOLVEM: Art. 1º. Passam a vigorar, com a seguinte redação, os dispositivos adiante enumerados da Resolução Conjunta n. 002/2015/GAB/SEFIN/CRE:
 I - as alíneas “a”, “c”, e “d” do inciso II do artigo 5º:
“Art. 5º........................................................................................................................
...................................................................................................................................
II - .............................................................................................................................
a) o contrato de comodato entre a prestadora de serviço e cada um dos distribuidores/representantes ou comodatários no Estado de Rondônia.
...................................................................................................................................
 c) a relação ou planilha dos bens a serem cedidos em comodato com os seus respectivos GTIN (Numeração Global de Item Comercial), NCM e CEST, quando houver.
d) o número do CAD/ICMS-RO dos distribuidores/representantes ou comodatários, comprovando que esteja regularmente cadastrado junto ao Estado de Rondônia.
II - o inciso II do artigo 6º:
“Art. 6º........................................................................................................................
...................................................................................................................................
II - não possua pendências na entrega dos arquivos eletrônicos com registros fi scais - Escrituração Fiscal Digital - EFD.
III - a Cláusula Segunda do Termo de Acordo de Regime Especial constante no Anexo único:
Cláusula Segunda - A ACORDANTE, na condição de comodante interestadual, informa, no quadro a seguir, os dados cadastrais do distribuidor/representante ou comodatário no Estado de Rondônia, responsável autorizado para efetuar a distribuição dos bens, assinantes do Contrato de Adesão:
...................................................................................................................................
Parágrafo único - A ACORDANTE, na condição de comodatário no Estado de Rondônia, declara estar ciente de que é obrigatória a emissão de Nota Fiscal de remessa do bem ou mercadoria ao assinante do Contrato de comodato, bem como da Nota Fiscal de devolução referente a cada bem devolvido no encerramento do contrato.
IV - a Cláusula Terceira do Termo de Acordo de Regime Especial constante no Anexo único:
Cláusula Terceira - A ACORDANTE fi cará dispensada da obrigação de anexar uma cópia de cada contrato de comodato referente ao destinatário fi nal do bem, desde que esteja com seu regime especial regular junto ao Estado de Rondônia e apresente, juntamente com a Nota Fiscal de Remessa em Comodato, planilha impressa, contendo:
a) o contrato de comodato entre a prestadora de serviço e cada um dos distribuidores/representantes ou comodatários no Estado de Rondônia;
...................................................................................................................................
c) a relação dos bens a serem cedidos em comodato com os seus respectivos GTIN (Numeração Global de Item Comercial), NCM e CEST, quando houver;
Art. 2º. Ficam acrescentados, com a seguinte redação, os dispositivos adiante enumerados da Resolução Conjunta n. 002/2015/GAB/SEFIN/CRE:
I - o artigo 10-A. A qualquer momento poderão ser exigidas as planilhas atualizadas constantes no artigo 5º, desta Resolução Conjunta, além de outras informações no interesse do Fisco.
Art. 2º. Ficam revogados os dispositivos adiante enumerados da Resolução Conjunta N. 002/2015/GAB/SEFIN/CRE:
I - a alínea “b” do inciso II do artigo 5º;
II - o inciso III do artigo 5º;
III - a alínea “b” da cláusula terceira do Termo de Regime Especial constante no anexo único.
Art. 3º. Esta Resolução conjunta entra em vigor na data de sua publicação.
WAGNER GARCIA DE FREITAS
Secretário de Estado de Finanças
CÉSAR LUÍS SALLES DE SOUZA
Coordenador Geral da Receita Estadual substituto
Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Facebook

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.05 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César