PARTICIPE

O Maior Evento Online Contábil do País - Inscrições gratuitas

19 a 23 de junho de 2017

www.conbcon.com.br
x

Contábeis o portal da profissão contábil

25
May 2017
02:01

MEI poderá utilizar a própria residência como sede do estabelecimento

Lei Complementar 154/2016

data: 19/04/2016 - 2.847 acessos

LEI COMPLEMENTAR 154, DE 18-4-2016
(DO-U DE 19-4-2016)


MEI – MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL – Normas

MEI poderá utilizar a própria residência como sede do estabelecimento
Esta Lei Complementar permite que o MEI, optante pelo Simples Nacional, utilize a própria residência como sede do estabelecimento, desde que não seja indispensável a existência de local próprio para o exercício da atividade. Fica alterado o artigo 18-A da Lei Complementar 123, de 14-12-2006.

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

Art. 1º O art. 18-A da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, passa a vigorar acrescido do seguinte § 25:

"Art. 18-A. ...............
...............................
§ 25. O MEI poderá utilizar sua residência como sede do estabelecimento, quando não for indispensável a existência de local próprio para o exercício da atividade." (NR)

Art. 2º Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.

DILMA ROUSSEFF

Armando Monteiro


Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Facebook

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.04 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César