Contábeis o portal da profissão contábil

25
Sep 2016
04:08
você está em:

Informações » Notícias

Receita acha improvável ampliar prazo do Simples

A Fenacon encaminhou um ofício ao Secretário da Receita Federal solicitando a prorrogação do prazo

postado 29/01/2016 08:05:11 - 2.061 acessos

Diversas instituições recorreram à Receita Federal, solicitando a prorrogação do prazo de inscrições no Simples Nacional, para os micros e pequenos empreendedores, que termina hoje (29). Em janeiro, 10.200 empresas do Ceará aderiram o programa, no País, o número cresceu para 340.655. Em nota, a Receita Federal explicou que é improvável a extensão do prazo, devido à entidade ainda não ter recebido nenhuma resolução do Comitê Gestor do Simples Nacional tomando tal decisão.

A presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRC­CE) Clara Germana Rocha, comenta que a solicitação foi feita por muitos cearenses terem sido prejudicados pela dificuldade no agendamento. "Neste mês, vários contribuintes e profissionais da contabilidade começaram a fazer a inscrição, mas não conseguiram realizar o agendamento, que só está disponível em fevereiro, mas em fevereiro o prazo já terá acabado".

Dado o problema, o Conselho solicitou o aumento de guichês para atendimento ou a preferência para as senhas do Simples. A Receita Federal abriu mais 30 vagas, que imediatamente acabaram, segundo a presidente. "No último dia 27, a RF me ligou dizendo que dia 27 fariam um mutirão". Com a paralisação de funcionários, o atendimento ficou suspenso. "Eles não conseguiram fazer o planejado e hoje os contribuintes estão se sentindo prejudicados", lamenta.

A Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis (Fenacon) encaminhou um ofício ao Secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, solicitando a prorrogação do prazo para regularização de pendências no órgão. Devido à greve da RFB, que prejudicou o atendimento em algumas unidades de terça a quinta­feira, muitas empresas não conseguiram resolver todas as pendências impeditivas.

A Fenacon solicita que o prazo se estenda até o dia 29 de fevereiro. Na avaliação do presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Ceará (Sescap­CE), Daniel Coêlho, muitas empresas podem ser prejudicadas por não poderem aderir ao Simples ou regularizar alguma pendência, deixando de gozar desse benefício e agravando mais a crise econômica. 

Formalização 

Para Ênio Arêa Leão, vice­presidente do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Estado do Ceará, a adesão ao programa só teria a agregar benefícios para as empresas: "O Simples traz uma tributação geralmente mais baixa e diminui bastante a dificuldade de se pagar os impostos devidos". Ênio destaca que o objetivo primário é trazer uma série de negócios que só existem na informalidade para o mercado formal: "O Simples Nacional incentiva certas empresas a se formalizarem, trazendo um benefício quase imediato para as receitas do Governo", conclui.

Solicitações 

A solicitação de adesão passará por análise da União, Estados e municípios, e, dependendo de pendências cadastrais como débito, poderá ser aceita ou não. O andamento do processo pode ser acompanhado no portal, e a divulgação do resultado final está prevista para o próximo dia 17 de fevereiro. De acordo com o levantamento da Receita Federal, em Fortaleza há 253,6 mil empresas ativas cadastradas no Simples.

Em Sobral e Juazeiro do Norte o número registrado é de 48,4 mil e 43,6 mil, respectivamente. Para ingressar no Simples Nacional é preciso que as empresas atendam a algumas demandas, tais como: não possuir receita anual bruta superior a R$ 3,6 milhões, cumprir os requisitos previstos na legislação e formalizar a escolha pela sua utilização. Com a adesão ao sistema, a economia das empresas pode chegar a 40%.

Fonte: Diário do Nordeste - CE

Notícia enviada por

ACOMPANHE NOSSAS NOTÍCIAS

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Notícias

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.07 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César