PARTICIPE

O Maior Evento Online Contábil do País - Inscrições gratuitas

19 a 23 de junho de 2017

www.conbcon.com.br
x

Contábeis o portal da profissão contábil

28
May 2017
19:22
você está em:

Conteúdo » Notícias

Mutirão ajuda a formalizar microempreendedor individual

Evento acontece nesta 4ª e 5ª feira em Rio Preto (SP). Previsão é de cinco mil atendimentos, o dobro do ano passado.

postado 17/11/2016 08:33:11 - 539 acessos

A segunda edição do Mutirão do MEI, o Microempreendedor individual, é realizado nesta quarta-feira (16) e quinta-feira (17) em São José do Rio Preto (SP). O evento serve para orientar ou formalizar a empresa de quem ainda esta na informalidade. O mutirão é um evento da TV TEM em parceria com o Sebrae, Acirp e prefeitura.

O mutirão acontece na Alarme, Associação Lar de Menores, que fica na avenida Anísio Haddad, 6580, no bairro Jardim Aclimação. Os portões abrem às 10h para o público e fecha às 16h, os atendimentos continuam para quem já pegou senha. A previsão para este evento é de cinco mil atendimentos, o dobro do ano passado.

O trabalhador conhecido como informal pode se tornar um microempreendedor individual legalizado e passar a ter CNPJ, o que facilitará a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais. Para ser um microempreendedor individual, é necessário faturar hoje até R$ 60 mil por ano ou R$ 5 mil por mês, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um empregado contratado que receba o salário-mínimo ou o piso da categoria.

O MEI será enquadrado no simples nacional e ficará isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins) . No Brasil, o número de MEIs já ultrapassou o de micro e pequenas empresas. Até janeiro, foram formalizados mais de cinco milhões de microempreendedores individuais.  Só em Rio Preto já existem  17.479 MEIs.

Ele terá como despesas apenas o pagamento mensal, que corresponde a R$ 45 (comércio ou indústria), R$ 49 (prestação de serviços) ou R$ 50 (comércio e serviços). O cálculo corresponde a 5% do salário mínimo, a título da contribuição para a seguridade social, mais R$ 1 de imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (ICMS) e R$ 5 de Imposto Sobre Serviços (ISS). O pagamento deve ser feito por meio do documento de arrecadação do simples nacional (DAS), uma guia de recolhimento emitida através do portal do empreendedor.

Fonte: G1

Notícia enviada por

ACOMPANHE NOSSAS NOTÍCIAS

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Notícias

WebContábeis Conteúdo contábil atualizado e de qualidade em seu site.

Desconto de 10% na mensalidade dos planos básicos de conteúdo.

conheça mais

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.05 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César