Contábeis o portal da profissão contábil

22
Aug 2017
19:35
você está em:

Conteúdo » Notícias

Sped reduz possibilidades de fraudes e sonegação

Sistema eleva controle do Fisco

postado 20/01/2017 19:00:07 - 1.179 acessos

No próximo domingo, o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) completará dez anos de implantação. Ao longo da última década, o mecanismo trouxe diversas mudanças na dinâmica de trabalho tanto das empresas quanto do governo e contabilistas brasileiros, rompendo paradigmas e causando uma verdadeira revolução nas áreas fiscal e contábil. Entre as maiores contribuições do Sped, especialistas destacam a adoção da nota fiscal eletrônica, que potencializou o controle financeiro por parte do Fisco, reduzindo a possibilidade de fraudes.

Membro do Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais (CRC­MG), Antônio Baião de Amorim avalia que o sistema ajudou ainda a desburocratizar o processo de prestação de contas dos contribuintes aos órgãos fiscalizadores e permitiu o cruzamento dos dados contábeis e fiscais, fortalecendo o combate à sonegação.

O primeiro grande ganho com o Sped foi a nota fiscal eletrônica. Antes, as empresas precisavam de uma autorização para a emissão de notas fiscais, depois tinham de mandar fazer as notas em uma gráfica credenciada. Havia todo um processo até chegar ao governo. Com a versão eletrônica, o governo, que até então era o último a ter a informação do débito ou crédito do imposto, passou a ser o primeiro a ter essa informação, o que aumentou bastante o controle por parte do Fisco”, avalia Amorim.

Outro ganho citado pelo conselheiro do CRC­MG com o Sped nos últimos anos foi a possibilidade de as empresas não precisarem mais manter áreas para armazenamento dos documentos fiscais, agora todos digitalizados. Com isso, o acesso aos arquivos contábeis também se tornou bem mais facilitado.

Custos ­ As melhorias, no entanto, resultaram em mais custos para as instituições, na medida em que várias precisaram despender recursos em tecnologia, na contratação do certificado digital e treinamento de pessoal, além de repensar a relação com a contabilidade. Segundo Amorim, os gastos com o processo contábil se não permaneceram igual, podem até ter se tornado mais caros para algumas empresas.

Em contrapartida, o conselheiro do CRC­MG explica que o Sistema de Escrituração Digital é eficiente, e uma das provas disso é o crescimento contínuo da arrecadação federal ao longo da década. “Do ponto de vista da arrecadação, o Sped melhorou muito para o governo, haja vista que, nos últimos anos, a arrecadação vem sempre superando a do ano anterior”, afirma o especialista, que considera que a plataforma tem evoluído satisfatoriamente.

Fonte: Diário do Comércio – MG

Notícia enviada por

ACOMPANHE NOSSAS NOTÍCIAS

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Notícias

WebContábeis Conteúdo contábil atualizado e de qualidade em seu site.

Desconto de 10% na mensalidade dos planos básicos de conteúdo.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.06 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César