Contábeis o portal da profissão contábil

20
Nov 2017
09:41
você está em:

Conteúdo » Notícias

Copom se reúne nesta quarta e mercado prevê maior corte de juros em 8 anos

Expectativa da maior parte dos economistas do mercado financeiro é de redução de 1 ponto percentual na taxa básica de juros, a Selic, de 12,25% para 11,25% ao ano.

postado 12/04/2017 09:02:27 - 797 acessos

Se as estimativas do mercado estiverem corretas, o corte de um ponto percentual será a maior diminuição da taxa Selic desde março de 2009, quando o BC promoveu corte de 1,5 ponto percentual,. A decisão do Copom será anunciada a partir das 18h.

Se a medida, como espera o mercado, for mesmo adotada pelo BC, representará a quinta redução consecutiva dos juros, chegando ao menor patamar desde outubro de 2014, quando estavam em 11% ao ano.

O próprio Banco Central já sinalizou que pode celerar o passo e cortar os juros mais rapidamente.

Sistema de metas

A definição da taxa de juros pelo BC tem como foco o cumprimento da meta de inflação, definida todos os anos pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Normalmente, quando a inflação está em alta, o BC eleva a Selic na expectativa de que o encarecimento do crédito freie o consumo e, com isso, a inflação seja reduzida.

Quando as estimativas para a inflação estão em linha com as metas predeterminadas pelo CMN, o BC reduz o juros. É o que está acontecendo agora.

Menor patamar para o 1º trimestre

Em razão do cenário de recessão na economia, a inflação está na chamada "queda livre". No primeiro trimestre deste ano, segundo o IBGE, a inflação oficial (medida pelo IPCA) ficou em em 0,96%, menor valor para o período desde o início do Plano Real.

Para o ano de 2017, o mercado financeiro prevê que a inflação deve ficar em 4,09%, abaixo da meta de 4,5% fixada para este ano.

A meta central de inflação não é atingida no Brasil desde 2009. À época, o país sentia os efeitos da crise financeira internacional de forma mais intensa.

Previsões para 2017

A previsão do mercado financeiro é que a taxa básica de juros da economia continue recuando nos próximos meses e chegue a 8,5% ao ano no final de 2017.

"Do ponto de vista da sociedade é compreensiva a demanda, afinal com dados de desemprego tão elevados os cidadãos clamam por algum tipo de alívio", avaliou ele, acrescentando que, do lado do mercado financeiro, essa redução maior nos juros geraria ganhos de curto prazo para os bancos.

André Perfeito avaliou, porém, que dada a quantidade de "potenciais ruídos" ao longo desse ano (tanto no Brasil, com o cenário político, quanto no exterior) seria melhor o BC ser mais conservador neste momento. "O mercado já está cortando os juros para o BCB, cabe aqui evitar certos excesso", concluiu.

Fonte: G1

Notícia enviada por

ACOMPANHE NOSSAS NOTÍCIAS

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Notícias

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.07 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César