Contábeis o portal da profissão contábil

25
Jul 2017
05:35
você está em:

Conteúdo » Notícias

Planalto leva susto após derrota em votação teste na Câmara

O Palácio do Planalto levou um susto com a derrota no plenário da Câmara ao tentar aprovar a urgência da reforma trabalhista.

postado 19/04/2017 08:24:56 - 680 acessos

O Palácio do Planalto levou um susto com a derrota no plenário da Câmara ao tentar aprovar a urgência da reforma trabalhista.

Para que o requerimento fosse aprovado, eram necessários 257 votos favoráveis, mas o pedido recebeu 230 (163 contra). O documento foi assinado pelo líder do governo, Arnaldo Ribeiro (PP), e mais 14 líderes de partidos da base aliada.

A derrota foi atribuída a um "cochilo" de um auxiliar do presidente Michel Temer, que não calculou de forma correta o quórum mínimo para aprovar a urgência. A votação era considerada o primeiro teste do governo depois da divulgação das delações da Odebrecht.

Com o susto, governo organizou uma mobilização emergência para evitar aquela que poderia representar uma segunda derrota.

No fim da noite, o governo conseguiu aprovar na Câmara, por 301 votos a 127 (7 abstenções), o texto-base do projeto de lei que prevê a recuperação fiscal dos estados em crise financeira.

"Se o governo tivesse sofrido a segunda derrota, a credibilidade da certeza de aprovar a reforma da Previdência ficaria arranhada", disse ao Blog um auxiliar de Temer.

Fonte: G1 - Brasília

Notícia enviada por

ACOMPANHE NOSSAS NOTÍCIAS

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Notícias

Certificado Digital certificados digitais com preços promocionais para contadores

desconto de 15% em certificados digitais e pague no boleto ou parcele sem juros no cartão.

conheça mais

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.04 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César