Contábeis o portal da profissão contábil

18
Feb 2018
23:21

Exame de Suficiência

Exame de Suficiência: De 2011 até hoje, aprovação média é de apenas 36,74%. Prepare-se.

Se você é estudante de Ciências Contábeis, provavelmente já sabe que falta menos de uma semana para o aguardado Exame de Suficiência. O Contábeis apurou alguns dados e números sobre a prova. Confira.

25/09/2017 17:31

4.648 acessos

Se você é estudante do último ano de Ciências Contábeis ou ainda não tem o registro no conselho de classe, mas se formou a partir de 2010, provavelmente já sabe que falta menos de uma semana para o aguardado Exame de Suficiência, cuja aprovação é condição essencial para obtenção do CRC.  Mais de 52 mil bacharéis são aguardados para a segunda avaliação deste ano, que será realizada em 1º de outubro em todo o país.

Os candidatos vão precisar apresentar conhecimento, conteúdo atualizado e, principalmente, muita calma no dia. Serão aprovados àqueles que demonstrarem mais capacitação, conhecimento e práticas mínimas necessárias ao exercício da contabilidade. É necessário acertar, no mínimo, 25 das 50 questões objetivas de múltipla escolha.  

Além das informações essenciais sobre o exame, o Contábeis apurou alguns dados e números sobre a prova. Também achamos por bem informar que São Mateus foi proclamado “Celeste Patrono dos Contabilistas”, em 1953. Caso vocês também queiram pedir uma ajudinha extra (leia mais: São Mateus, o patrono da Contabilidade).

A preocupação com o exame tem, de fato, uma explicação lógica e verídica. É que do total de postulantes inscritos de 2011 (início dos  registros disponibilizados) até as provas atuais (a última realizada no primeiro semestre de 2017), apenas 36,74% obteve aprovação. Segundo números disponibilizados no site do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), 433.221 candidatos foram submetidos às provas aplicadas nos Exames de Suficiência, de 2011 até 2017. Deste total, 273.905 pessoas foram reprovadas e 159.316 aprovadas.       

Criado em 1999, o primeiro período de avaliações do exame durou até o ano de 2004, quando ele foi suspenso. A avaliação só foi retomada em 2011, depois que a lei federal 12.249 foi aprovada em 2010. A legislação exige a realização do exame de suficiência para os profissionais Bacharéis em Ciências Contábeis: alunos cursando o último ano da graduação e para quem se formou a partir de 2010.

Também pesou para a obrigatoriedade do Exame de Suficiência o fato de o Brasil ter começado a adotar, em 2007, as normas internacionais de contabilidade (IFRS)

Aprovação difícil

De 2015 até 2017, o índice de aprovação nas provas – tanto nas realizadas no primeiro semestre- quanto nas do segundo semestre- vem caindo. A maior taxa de aprovação foi registrada em 2011, com 58,29% de candidatos aprovados.  Já em 2015, foi registrada a maior taxa de reprovação para o período que se tem registro, de 85,32%. No segundo exame de 2016, a reprovação continuou alta, com 78,16% do total de inscritos reprovados.

No início de 2017, durante a aplicação do teste no primeiro semestre, a aprovação ficou em 25,26%. Resultado um pouco superior ao segundo exame de 2016, com uma média de 21,84% de aprovação.

No Estado de São Paulo, de 2011 até 2017, foram aprovados 40.741 candidatos: uma aprovação média de 41,53%, ante 58,47% de reprovação.  

Uma das dicas sempre muito recomendadas por professores é rever o conteúdo dos anos anteriores, analisar as matérias que já foram temas no exame.

O Contábeis já publicou alguns vídeos com dicas e com a correção das questões das últimas edições do Exame, de 2015 e 2016.

Há também um fórum sobre o tema. http://www.contabeis.com.br/forum/topicos/246385/exame-de-suficiencia-2017-1-bacharel/

Pré-requisito

Quem não faz a prova ou não é aprovado não consegue se registrar no Conselho Regional de Contabilidade. Não há limites na quantidade de vezes que se pode realizar a prova.  

A lei nº 12.249/2010 define que até o dia primeiro de junho de 2015 aqueles que são técnicos em Contabilidade e já foram aprovados no Exame de Suficiência têm direito a requerer o registro. Após essa data, os formandos não poderão mais se registrar e precisarão cursar graduação em Ciências Contábeis para exercer a profissão. 

De acordo com  Decreto-Lei nº 9.295/1946, o registro é obrigatório para Contadores.  

Curiosidades

Juramento Bachrel em Ciências Contábeis 


“Ao receber o grau de Bacharel em Ciências Contábeis, juro, perante Deus e a sociedade, exercer a minha profissão com dedicação, responsabilidade e competência, respeitando as normas profissionais e éticas. Juro pautar minha conduta profissional observando sempre os meus deveres de cidadania, independentemente de crenças, raças ou ideologias, concorrendo para que meu trabalho possa ser um instrumento de controle e orientação útil e eficaz para o desenvolvimento sustentável da sociedade e o progresso do País. Comprometo-me, ainda, a lutar pela permanente união da Classe Contábil, o aprimoramento da Ciência Contábil e a evolução da Profissão.”

São Mateus, o patrono da Contabilidade

De origem judaica, nascido em Cafarnaum, recebeu de Alfeu, seu pai, o nome Levi. Foi contabilista e um dos doze apóstolos de Jesus Cristo.

Mateus era um arrendatário de tributos (rendeiro) e atuava na área da Contabilidade Pública. Era necessário um rígido controle para o exercício da sua profissão, os quais se refletiam na formulação do documentário contábil, sua exibição e revelação. Não era bem visto pela sociedade, sendo considerado um pecador porque era um cobrador e arrecadador de tributos. 

Em sua peregrinação, Cristo passou diante do Telônio de Levi, parou, e disse: “Segue-me”. No mesmo momento, Levi levantou-se e acompanhou o Mestre, abandonando seus lucrativos negócios. A partir do chamado troca de nome e de vida, deixa de lado as mordomias que o dinheiro lhe proporcionava e foca o rumo da sua vida para Deus (diz São Jerônimo que Levi, vendo Nosso Senhor, ficou atraído pelo brilho da divina majestade que fulgurava em seus olhos).
Convertendo-se ao cristianismo, adotou o nome de Mateus, que significa “o dom de Deus”. Mateus foi o primeiro dos quatro evangelistas. Antes de sua conversão era o mais instruído e rico de todos.

São Mateus foi proclamado “Celeste Patrono dos Contabilistas” em 06 de agosto de 1953, por iniciativa dos Colégios de Contabilistas Italianos.

Sendo assim, no dia 21 de Setembro comemoramos o Dia de São Mateus, Santo Padroeiro dos Contabilistas.

Por: Mariana Bruno, para o Contábeis

 

Enviado por

Mariana Bruno da Silveira

Mariana Bruno

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.05 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César