ASSISTA AGORA

DCTF Web: Entenda mais sobre a nova declaração da Receita Federal que deverá ser apresentada a partir de Julho

Contábeis o portal da profissão contábil

26
Apr 2018
17:44

Trabalhista

PERNAMBUCO: Com a CTPS Digital, emissão de carteiras é feita em até 10 minutos

Em 2017, a Superintendência Regional do Trabalho de Pernambuco (SRT-PE) registrou um grande avanço no serviço de emissão da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social). Com a implantação da CTPS Digital

15/01/2018 15:17

1.611 acessos

De janeiro a dezembro de 2017, foram emitidos 197.132 documentos


Em 2017, a Superintendência Regional do Trabalho de Pernambuco (SRT-PE) registrou um grande avanço no serviço de emissão da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social). Com a implantação da CTPS Digital, o atendimento agora é concluído em, no máximo, 10 minutos.

O superintendente regional do Trabalho em Pernambuco, Geovane Freitas, ressalta que a implantação da carteira digital gerou mais eficiência no Setor de Carteira de Trabalho da SRT-PE. Ao todo, foram emitidos 197.132 documentos, de janeiro a dezembro. “O advento da CTPS Digital trouxe inquestionável eficiência para essa área, principalmente pela rapidez no atendimento. Antigamente, o processo de confecção de uma carteira, da entrada no sistema à entrega do documento em si, levava até 20 dias. Hoje, com a CTPS Digital, o usuário agenda o atendimento e já leva o seu documento na mesma hora”, diz.

A inovação também está se expandindo para o interior de Pernambuco. Durante o ano de 2017, foram firmados diversos convênios com municípios para a implantação do sistema, que permite o acesso à carteira de trabalho do empregado no seu próprio município, ou em região próxima, sem a necessidade de se deslocar até a capital.

“Esperamos, em 2018, trazer muito mais avanços para o trabalhador pernambucano e, para isso, contamos com a participação de todas as gerências e agências do Trabalho e com as prefeituras dos municípios de todas as regiões do estado”, ressalta o superintendente.

Documentação necessária - Para solicitar a primeira via da carteira de trabalho são necessários CPF; comprovante de residência; carteira de identidade e certidão de nascimento ou casamento. Quem já fez o documento e precisa da segunda via deve ter em mãos a carteira anterior ou boletim de ocorrência (em caso de furto, perda ou roubo), um documento que comprove o número e a série da carteira anterior (pode ser o Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, o Requerimento de Seguro Desemprego, o extrato do FGTS ou o espelho do PIS ativo na Caixa), CPF, comprovante de residência, carteira de identidade e certidão de nascimento ou casamento. A foto é feita na hora. Todos os documentos devem ser originais ou cópias legíveis autenticadas em cartório.


Ministério do Trabalho
Assessoria de Imprensa
Lara Mello Araujo
imprensa@mte.gov.br
(61) 2021-5449

Fonte: Ministério do Trabalho

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César