Contábeis o portal da profissão contábil

15
Aug 2018
14:04
DIA 13 SEGUNDA

O Maior Evento Online Brasileiro de Contabilidade

Gratuito 100% online

VEJA AS PALESTRAS DE HOJE

DIA 13 SEGUNDA

13 a 17 de agosto de 2018

www.conbcon.com.br

O Maior Evento Online Brasileiro de Contabilidade

100% online Gratuito
Divane Alves

Divane Alves

Normas Contábeis

Normas Contábeis - Surgimento e Aplicação

Gabriel Manes

Gabriel Manes

Tecnologia

Como conquistar produtividade, satisfação do cliente e crescimento

Cláudio Miranda

Cláudio Miranda

Formação Profissional

Turnover de pessoal e qualidade de vida no trabalho nas Empresas de Auditoria Externa

Marcelo Voight Bianchi

Marcelo Voight Bianchi

Gestão Empresas Contábeis

Empresa Contábil: Um Grande Negócio do Século XXI

Adriano Vermolhem

Adriano Vermolhem

Gestão Empresas Contábeis

Marketing Digital na prática para Escritório Contábeis

Domingos Vasco

Domingos Vasco

Tributário e Trabalhista

Aspectos Legais e Gerais do eSocial

Gilberto Cunha

Gilberto Cunha

Empreendedorismo

Quero comprar de você

Fátima Roden

Fátima Roden

Tributário e Trabalhista

Alterações a partir de 2018 em relação ao ISS e ISS fixo no Simples Nacional

Vanildo Veras

Vanildo Veras

Empreendedorismo

Excelência ou sorte, eis a questão

Fernanda Rocha

Fernanda Rocha

Empreendedorismo

Contabilidade Consultiva: o Caminho da Riqueza e da Prosperidade

Hélio Donin

Hélio Donin

Tecnologia

Contabilidade e as ferramentas tecnológicas da atualidade

Simoní Pechebela

Simoní Pechebela

Tributário

Código GTIN validação e obrigatoriedade aplicada a NF-e e NFC-e

Rogério Fameli

Rogério Fameli

Gestão Empresas Contábeis

Marketing Digital de Performance e Captação de Clientes de Contabilidade

Christiano Santos

Christiano Santos

Normas Contábeis

CPC/IFRS 17 Contratos de Seguros

Mauro Negruni

Mauro Negruni

Tributário

Resultados do novo modelo da DCTFWeb

José Luiz Fondacaro

José Luiz Fondacaro

Tributário e Trabalhista

Fim do Emissor do Cupom Fiscal - E Agora?

Gilmar Duarte

Gilmar Duarte

Gestão Empresas Contábeis

Honorários Contábeis: Segredos da precificação

Alizete Alves

Alizete Alves

Tributário e Trabalhista

16:00 - eSocial - Impactos e ações para uma entrega de sucesso

Vinicius Roveda

Vinicius Roveda

Tecnologia

Transformação do mercado contábil: de 2015 a 2020

Fernando Almeida

Fernando Almeida

Formação Profissional

Como elaborar um projeto de pesquisa?

Isis Abbud

Isis Abbud

Empreendedorismo

Contadores conseguem inovar?

Paulo Vaz

Paulo Vaz

Gestão Empresas Contábeis

Contabilidade Digital e on-line: Aspectos de Estratégicos

PERDEU AS PALESTRAS DE ONTEM? CLIQUE AQUI

MAIS PALESTRAS DE HOJE

« »

Empresarial

Grupo de Monitoramento da Ifac oferece documento para consulta pública

Em 10 de janeiro de 2018, o Conselho Federal de Contabilidade organizou, na cidade de São Paulo, por meio do seu vice-presidente Técnico, Idésio da Silva Coelho Júnior, uma reunião para discutir uma consulta pública

16/01/2018 14:02

1.206 acessos

consulta publica contabilidade

Em 10 de janeiro de 2018, o Conselho Federal de Contabilidade organizou, na cidade de São Paulo, por meio do seu vice-presidente Técnico, Idésio da Silva Coelho Júnior, uma reunião para discutir uma consulta pública apresentada pelo Grupo de Monitoramento (Monitoring Group, em inglês, ou MG). Essa consulta pública inclui uma proposta para promover reformas nos Conselhos Técnicos Emissores de Normas de Auditoria (cuja sigla em inglês é Iaasb) e de Padrão Éticos para Contadores (cuja sigla em inglês é Iesba) mantidos pela Federação Internacional de Contadores (International Federation of Accountants, Ifac).

 
O Monitoring Group ou MG congrega uma série de associações de reguladores do mercado de capitais e financeiros a nível global e tem a função de monitorar o processo de emissão de normas de auditoria e de padrão ético acima mencionadas. Tais normas são aplicadas nos vários mercados de capital e financeiro em todo o mundo, incluindo no Brasil, por meio das normas aprovadas pelo Conselho Federal de Contabilidade.
 
Na reunião, foram discutidos vários pontos, entre eles a proposta formulada pelo MG, a qual inclui questões sobre a independência do processo de definição de normas e sua responsividade ao interesse público. O Grupo de Monitoramento observou que há uma percepção entre alguns stakeholders sobre a excessiva influência da profissão contábil no processo de emissão das normas técnicas, o que pode, a princípio, contrariar o interesse público. “O MG entende que é necessário renovar o foco sobre o desenvolvimento das novas normas, muito embora a própria Ifac possua pontos divergentes sobre como esse processo deva ser feito e sobre a extensão da futura participação da profissão nesse novo modelo”, pontua Idésio.
 
Um documento para consulta pública foi elaborado para que stakeholders, investidores e usuários de demonstrações financeiras, responsáveis pela governança, acadêmicos, preparadores, empresas de auditoria e suas redes, reguladores de valores mobiliários e outros mercados de capitais, reguladores prudenciais, reguladores de auditoria e órgãos de supervisão, definidores de normas nacionais, governos, organização profissionais de contabilidade e outros interessados possam contribuir com o Grupo.
 
A proposta não busca, a princípio, promover alterações no processo de emissão do Código de Ética para contadores que não atuam como auditores e também não pretende promover alterações nos Boards responsáveis pela emissão de Normas de Educação e de Normas Aplicáveis ao Setor Público.
 
Além do vice-presidente do CFC, Idésio Coelho, que é membro do Conselho de Administração da Ifac, participaram da reunião o presidente do Ibracon, Francisco Antonio Maldonado Sant’Anna; o membro do Conselho da Ipsasb e coordenador-geral de Normas de Contabilidade da Secretaria do Tesouro Nacional, Leonardo Nascimento; a diretora de Firmas de Auditoria de Pequeno e Médio Portes do Ibracon e Presidente do Comitê de Pequenas e Médias Firmas de Auditorias mantido pela Ifac, Monica Foerster; e os professores Nelson Carvalho e Eliseu Martins (da Universidade do Estado de São Paulo, USP). A reunião foi realizada na sede do Ibracon.
 
 
Os comentários acerca da consulta pública, que teve início em 9 de novembro de 2017,  podem ser enviados para o e-mail MG2017consultation@iosco.org até o dia 9 de fevereiro de 2018.
 
Para acessar as informações divulgadas pela International Organization of Securities Commissions (Iosco), clique aquie, para acessar os documentos traduzidos pelo Ibracon, clique aqui.
 
Informações complementares, que também apresentam a visão preliminar da Ifac e de outros interessados podem também ser acessadas no site da Ifac https://www.ifac.org. O Conselho Federal de Contabilidade pretende enviar seus comentários a essa consulta. As sugestões e comentários podem ser enviados para o e-mail tecnica@cfc.org.br.
 
Por Fabrício Santos 

Fonte: Portal CFC

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César