x
2020-07-06T17:58:06-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 0

acessos 31

Entrevista de emprego e Excel: O que eu devo saber para me sair bem?

há 4 semanas Segunda-Feira | 6 julho 2020 | 17:58

Qual é o seu nível usando o Excel?
Conquistar um bom emprego, conseguir um aumento e melhorar a gestão da sua empresa. Tudo isso é possível quando você tem nível alto em Excel.
O Excel não é somente uma das melhores ferramentas quando falamos de gestão e análise de dados, como também é responsável pela promoção ou não de alguns colaboradores a níveis superiores (cargos de gestão).
Excel x Bom emprego.Certamente um alto nível de proficiência com o Excel é um dos principais pilares na promoção de um colaborador, principalmente para cargos de gerência/gestão.
Lidar com inúmeras tarefas e ainda aprovar ou revisar dezenas de planilhas é só uma das funções em um cargo de “elite” dentro de uma empresa.
A verdade é que mais de 80% dos colaboradores em posições intermediárias não conseguem usar o Excel com êxito. Seja na hora da revisão, criação ou análise de planilhas.
Alguns, torcem o nariz, repetindo aquele velho discurso de “mas o meu setor não usa Excel, eu só uso o CRM”. Esse “discurso” é muito comum, principalmente entre os colaboradores que não são do setor financeiro/B.I.
O problema é que, se você vislumbra uma promoção nos próximos anos, precisa se mexer. Um profissional que não domina o Excel de forma avançada não é visto como uma opção para cargos de gerência.
Além disso, quando você entende de números, consegue avaliar diversos parâmetros internos e externos, tendo utilidade nos mais diversos setores.
A falta de conhecimento em Excel elimina a maioria dos concorrentes em processos seletivos.Boa parte dos candidatos em processos seletivos são eliminados por falta não possuírem um nível de Excel que seja de acordo com a vaga disponível.
Mesmo que você seja o profissional mais qualificado e com mais experiência na função, se o seu Excel não estiver de acordo com as expectativas da empresa, você será eliminado.
Em resumo, não importa se você é o candidato com maior aderência a vaga, o seu nível em Excel é que irá decidir o resultado final.
O que é testado em uma entrevista de emprego?Por ter diversas vertentes, muitas empresas tendem a criar desafios específicos para cada uma das vagas criadas.
VBA, DRE e balancetes. Tudo vai depender da empresa e cargo escolhido. Entretanto, existem alguns testes básicos que quase toda empresa pede, e são eles:
SOMA - É talvez uma das funções mais utilizadas por negócios durante o uso do Excel. Excelente para custos, orçamentos e DRE.
Com ela você consegue selecionar os intervalos e deixar que o próprio Excel faça os cálculos de maneira autônoma.
Para usar a SOMA você precisa clicar na célula que irá reproduzir o resultado e escrever =SOMA. Depois é só segurar o CONTROL e escolher quais cédulas somar.
MÉDIA -Uma função simples mais importante, como o nome já diz, a mesma é a média de valores somados entre determinadas células! O uso deve ser feito da mesma maneira da fórmula anterior (digitando o quais células serão usadas).
CONCATENARUsada para unir duas ou mais cadeias de texto em uma só! Deve ser usado da mesma maneira das anteriores, =CONCATENAR(“texto 1 para”A1,” “A2, “é”, A3,” “texto2”).
ORDEM ALFABÉTICA - Um recurso extremamente útil, principalmente quando é preciso organizar automaticamente dezenas de células de A-Z ou vice versa.
Para usar a ordem alfabética é só escolher o intervalo desejado e usar o botão classificar e filtrar de acordo com o seu objetivo.
O Excel é uma das ferramentas mais usadas em todo mundo. Ter um alto nível na ferramenta é uma obrigação se você pretende buscar vagas em cargos de gerência.
Sempre se mantenha atualizado ao mercado e não se esqueça:
Pensou em planilhas, pensou em excelcoaching.
https://excelcoaching.com.br/entrevista-de-emprego-e-excel-o-que-eu-devo-saber-para-me-sair-bem/

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.