MOMENTO CONTÁBEIS

Tabela de IR sem reajuste | Revisão no EPC | Piso salarial da sua categoria

Contábeis o portal da profissão contábil

22
Sep 2018
02:45

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


PERT - Consolidação

22respostas
8.086acessos
  

Cristiane Oliveira

Usuário Novo

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens2
pontos19
membro desde16/10/2017
cidadePedro Leopoldo - MG
Postada:Segunda-Feira, 16 de outubro de 2017 às 08:14:18
Bom dia!

Foi aderido o parcelamento PERT, porém não está sendo baixada na situação da empresa os débitos parcelados, sabem dizer qual prazo para está consolidação?

Enquanto isto, nada de conseguir tirar CND Federal?

Obrigado
Denister William Gomes Silva

Usuário Frequente

profissãoContador(a)
mensagens78
pontos1.710
membro desde09/12/2009
cidadeFranca - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de outubro de 2017 às 09:16:19
Bom dia,

Acredito que a consolidação irá demorar, no link abaixo tem um demonstrativo para apresentação junto a Receita Federal.
Nunca fiz este procedimento, entretanto, penso que seria este o caminho.

Demonstrativo PERT - Para fins de solicitação de CND
Cristiane Oliveira

Usuário Novo

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens2
pontos19
membro desde16/10/2017
cidadePedro Leopoldo - MG
Postada:Terça-Feira, 17 de outubro de 2017 às 11:05:16
Obrigado ! Denister
Bruna Costa

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens7
pontos91
membro desde04/09/2014
cidadeTucurui - PA
Postada:Segunda-Feira, 27 de novembro de 2017 às 10:00:14
Fiz o Parcelamento PERT meu cliente fez os recolhimento dos DARFs mas continua aparecendo em consolidação. Porque está demorando tanto pra consolidar?
Joel Grade

Usuário Novo

profissãoCoordenador(a) Contabilidde
mensagens1
pontos7
membro desde01/12/2017
cidadeNovo Hamburgo - RS
Postada:Sexta-Feira, 1 de dezembro de 2017 às 16:37:53
Boa Tarde.
Os débitos somente sairão da situação fiscal após a consolidação (Previsto para acontecer em Janeiro17/Fevereiro17/Só Deus sabe)
Até lá, caso necessite de CND, deve agendar um horário na Delegacia correspondente com o formulário de emissão de CND Normal e o "DEMOSTRATIVO MP 783/2017 PROGRAMA ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA (Pert) PARA FINS DE EMISSÃO DE CERTIDÃO POSITIVA COM EFEITOS DE NEGATIVA".
Levar junto o demonstrativo do cálculo do PERT (planilha), as darf´s, os termos de opção e cancelamento...enfim, leve tudo que julgar vinculado.
Os débitos continuarão aparecendo mas será feita a emissão de CND. Caso a empresa tenha uma CND com validade, as delegacias estão negando a geração de uma nova com validade estendida.
Flavio Novaes

Usuário Frequente

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens62
pontos519
membro desde12/12/2011
cidadeMogi das Cruzes - SP
Postada:Quarta-Feira, 27 de dezembro de 2017 às 13:34:48
Pessoal,
o PRT já saiu a Instrução Normativa da Consolidação ...

o do PERT por enquanto nada, certo ?
Gilberto de Castro

Usuário 5 Estrelas

profissãoEncarregado(a) Pessoal
mensagens173
pontos1.832
membro desde22/01/2010
cidadePadre Bernardo - GO
Postada:Quinta-Feira, 4 de janeiro de 2018 às 13:30:54
Flavio Novaes é o que tenho acompanhado está nesta situação, segundo a IN que rege o PERT é pra sair agora em janeiro de 2018.

A fé sem as obras é morta!
departamentopessoaltam@gmail.com
Claudemir Vieira

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a)
mensagens1
pontos6
membro desde06/01/2018
cidadeCamaragibe - PE
Postada:Sábado, 6 de janeiro de 2018 às 14:54:16
Estou com o mesmo problema fiz a adesão(já atingiu o percentual) e até agora EM CONSOLIDAÇÃO, qual procedimento ou até quando esperar?Já era para estar pagando as parcelas. Agradeço
Reinaldo Borges

Usuário Novo

profissãoAdvogado(a)
mensagens1
pontos7
membro desde08/01/2018
cidadeContagem - MG
Postada:Segunda-Feira, 8 de janeiro de 2018 às 15:07:58
Pessoal, boa tarde.
Também tenho uma dúvida, porque sou leigo no assunto tributário. Gostaria muito de uma ajuda!
Aderi ao PERT e venho pagando as parcelas, desde agosto até dezembro do ano passado.
Em consulta a minha situação, aparece "em consolidação".
Minha dúvida é a respeito do valor que terei que pagar nesse janeiro de 2018? (porque escolhi a opção de pagar o restante do débito de 1 vez)
Após a consolidação, a receita me informará o valor ou eu mesmo tenho que calcular?
Ou seja, essa consolidação serve para calcular o valor ainda devido?
Estou um pouco confuso com isso e preocupado com o prazo.
Obrigado.
Jonathan Eduardo Lira da Silva

Usuário Iniciante

profissãoAnalista Pessoal
mensagens45
pontos298
membro desde13/09/2017
cidadeSurubim - PE
Postada:Segunda-Feira, 15 de janeiro de 2018 às 11:06:12
Também estou com a mesma dúvida.
Fabiana Berlandi

Usuário Iniciante

profissãoAssistente Financeiro
mensagens47
pontos423
membro desde22/07/2014
cidadeValinhos - SP
Postada:Terça-Feira, 16 de janeiro de 2018 às 13:03:14
Boa tarde pessoal, alguém conseguiu algo sobre a consolidação? não vejo nenhuma opção para fazer, como vamos fazer a parcela que vence dia 31/01/2018? Obrigada
Sidney Ursini Nunes

Usuário Iniciante

profissãoAnalista Recursos Humanos
mensagens35
pontos224
membro desde27/06/2017
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 16 de janeiro de 2018 às 17:39:17
Também estou com dúvida a respeito do pagamento das parcelas a patir de janeiro/2018.
A empresa já pagou as parcelas de Agosto à Dezembro de 2017 no valor de R$1.000,00 cada e já recebeu a mensagem na caixa postal da validação da adesão e que ainda irá consolidar o valor do débito. E diz que "enquanto o parcelamento não for consolidado, deverá calcular e recolher o valor à vista ou o valor equivalente ao montante dos débitos objeto de parcelamento dividido pelo número de prestações pretendidas, conforme sua opção"
Aqui no meu caso foi escolhido o parcelamento em 145 vezes, com desconto de 80% dos juros e 40% da multa.
Pelo que entendi desta mensagem deveria parcelar o restante do débito em 145 vezes e ir pagando mensalmente.
Mas na Instrução Normativa RFB nº 1.711/2017 diz que: "Enquanto não consolidado o parcelamento, o sujeito passivo deverá recolher mensalmente o valor relativo às parcelas, calculado de acordo com a modalidade pretendida dentre as previstas. Em qualquer hipótese, o valor da parcela não poderá ser inferior a: (II) - R$ 1.000,00 (mil reais), quando o devedor for pessoa jurídica."
Ao acessar o PERT pelo e-cac e tentar gerar a parcela de janeiro/2018 o sistema só aceita o valor mínimo de R$1.000,00
Minha dúvida então é esta, eu continuo pagando o valor de R$1.000,00 por mês até ser consolidado?
Evandro Moreti

Usuário Novo

profissãoAdvogado(a)
mensagens2
pontos116
membro desde15/01/2018
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 17 de janeiro de 2018 às 17:56:32
A Receita Federal ainda não disponibilizou o procedimento para consolidação.
Como sabemos, desde a primeira MP, a promessa era: "abertura de prazo para consolidação em Janeiro/2018".
Até o momento não há data certa para que isso ocorra.
Já vimos isso no passado: com o Refis da Copa e a reabertura de prazo para o Refis da Crise. Sempre há "dificuldades técnicas" que impelem a Receita Federal ao inevitável descumprimento dos prazos legais.
É provável que, indisponível o procedimento de consolidação até 31/01/2018, outra norma seja editada para prorrogar prazos ou, ainda, sejamos orientados a efetuar os cálculos e o pagamento por conta própria (o que não seria uma novidade).

Aguardemos, caríssimos.
profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens10
pontos82
membro desde11/01/2010
cidadeCampos do Jordao - SP
Postada:Sexta-Feira, 19 de janeiro de 2018 às 10:28:35
Bom dia Amigos


Tenho um caso que é complicado se a Receita não fazer a consolidação neste mês de Janeiro, como prometido na lei do PERT.

Por exemplo, se uma empresa devia um valor de R$ 6.500,00 e ja pagou antecipado as cinco parcelas de R$ 1.000,00 de Agosto a Dezembro. Pela lógica esta empresa teria de pagar um DARF inferior a R$ 1.000,00 usufruindo dos descontos para pagamento avista em Janeiro, e o sistema não deixa calcular um valor menor.

Neste caso a empresa ficará sem pagar até a consolidação?

Ou terá de pagar um valor maior?

É triste como nosso governo juntamente com a Receita criam regras e parcelamentos e não conseguem cumprir os prazo e os contadores e contribuintes quem pagam o pato.

Abraço a todos
Fátima Montagner

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoContador(a)
mensagens282
pontos2.905
membro desde06/08/2007
cidadeSantos - SP
Postada:Quinta-Feira, 25 de janeiro de 2018 às 21:34:56
Boa noite!

Sou de Santos/SP, referente a consolidação do PERT estive na Receita Federal a e a orientação por aqui é que seja feito o cálculo manual, descontando o pedágio e aplicando a redução nas multas e juros. Se tiver diferença paga depois e se pagar a maior pede restituição. Eles não tem nem previsão de consolidação.
Vou fazer e pagar dia 31/01.

Fátima Montagner
profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens10
pontos82
membro desde11/01/2010
cidadeCampos do Jordao - SP
Postada:Sexta-Feira, 26 de janeiro de 2018 às 11:21:40
Bom dia


Aqui também a Receita deu uma orientação semelhante.

Vou fazer o DARF manual aplicando as reduções neste mês e nos próximos meses não haverá recolhimento até a consolidação.


Abraço


Att. Alexandro
Deise Manata

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens19
pontos248
membro desde25/09/2014
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 29 de janeiro de 2018 às 11:53:21
Pessoal,

Então mesmo para os pagamentos a vista agora em janeiro, fazemos o calculo manual e emitimos a guia??

Obrigada
profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens10
pontos82
membro desde11/01/2010
cidadeCampos do Jordao - SP
Postada:Segunda-Feira, 29 de janeiro de 2018 às 13:03:10
Bom dia Deise

Então mesmo para os pagamentos a vista agora em janeiro, fazemos o calculo manual e emitimos a guia??

Pela orientação que a Receita Federal me passou sim, é para emitir o DARF manual com as reduções e aguardar o consolidação acompanhando pela caixa postal no ECAC.

Att. Alexandro
Fátima Montagner

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoContador(a)
mensagens282
pontos2.905
membro desde06/08/2007
cidadeSantos - SP
Postada:Segunda-Feira, 29 de janeiro de 2018 às 13:24:11
Boa tarde,

Exatamente Deise, pegar o valor principal e deduzir o pedágio, multas e juros aplicar a redução e emitir o darf, se pagar a menos, quando da consolidação pagar a diferença, se pagar a maior pedir restituição.

Fátima Montagner
profissãoAdministrador(a)
mensagens12
pontos81
membro desde26/07/2016
cidadeCataguases - MG
Postada:Segunda-Feira, 29 de janeiro de 2018 às 16:02:34
Mas o Pert não foi vetado pelo Presidente?

Tinhamos um refis antigo, fizemos novo refis pelo PERT e melhorou bem, porém nao demorou a consolidar e nos disseram que foi vetado pelo presidente, com isso corremos para o antigo refis para nao perdermos o Simples,

Pagamos o valor de 30.000 referente aos 5% antecipado para o novo PERT, estamos pensando em solicitar devolução pois nao sabemos se vai derrubar este veto rapido, o que voces acham que devemos fazer?

]Att.
André
profissãoContador(a)
mensagens25
pontos222
membro desde04/08/2011
cidadeJundiai - SP
Postada:Terça-Feira, 30 de janeiro de 2018 às 15:22:45
Caros boa tarde,

Também com dúvida .... se a empresa pagou as parcelas até 12/2017, e agora em janeiro iria usufruir da base de cálculo negativa para sanar a dívida, como fazer se não foi liberado ainda a consolidação para eu colocar essa informação ? Não paga e aguarda ?

Alguém com uma saída ?

Grata,

Silene
Antônio Soares

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens25
pontos159
membro desde26/01/2015
cidadeJuiz de Fora - MG
Postada:Quinta-Feira, 12 de abril de 2018 às 15:27:15
Boa tarde.

Fiz a adesão ao PERT tenho recolhido as parcelas mensais, como ainda não houve consolidação a divida ainda aparece como pendencia na RFB. Acontece que hoje recebi um aviso de cobrança da Receita referente à divida que parcelei pelo PERT. Alguém nesta situação?
Monique Silvestrini

Usuário Novo

profissão
mensagens29
pontos465
membro desde20/05/2014
cidade
Postada:Terça-Feira, 3 de julho de 2018 às 13:54:42
Boa tarde!

Estou na mesma situação do colega Antonio Soares. Meu cliente vem pagando as parcelas do PERT desde o início da adesão em 2017, e para a minha surpresa a Receita enviou um comunicado através do E-cac falando que existem 3 parcelas em atraso e que se não forem regularizadas, o parcelamento será cancelado.


Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César