MOMENTO CONTÁBEIS

Autenticação de documentos |informações sobre a EFD|Atestados Médicos

Contábeis o portal da profissão contábil

21
Oct 2018
17:06
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Multa FGTS (Provisão)

3respostas
159acessos
  

Danilo

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoAssessor(a) Recursos Humanos
mensagens278
pontos1.751
membro desde14/01/2016
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 10 de outubro de 2018 às 11:01:08
Caros, bom dia!!

Queríamos "provisionar", fazer uma "reserva" algo assim que registrasse o valor da MULTA DO FGTS.
Pensei em fazer assim...

- Constituição da apropriação:
D - Provisão da Multa do FGTS (Resultado) (Esta conta será Adicionada no LALUR pois não é dedutível)
C - GRRF à Recolher

- Caso peça demissão:
D - GRRF à Recolher
C - Provisão da Multa do FGTS (Resultado)

- Caso seja demitido
D - GRRF à Recolher
C - FGTS à Recolher (pois concentramos nesta conta o FGTS s/ a rescisão com a Multa de 40% e 10% C. Social)

Se vocês conhecem ou fazem de forma melhor ou com base legal, poderiam me passar os procedimentos e contas utilizadas?
Obrigado e no aguardo!

Danilo.
Auxiliar de Escritório
Anderson Kolera Silva

Usuário 3 Estrelas de Prata

profissãoContador(a)
mensagens707
pontos6.297
membro desde10/01/2011
cidadeLeme - SP
Postada:Quarta-Feira, 10 de outubro de 2018 às 11:15:08
bom dia !

A provisão visa a cobertura de um gasto já considerado certo ou de grande possibilidade de ocorrência. As provisões representam expectativas de perdas de ativos ou estimativas de valores a desembolsar que, apesar de financeiramente ainda não efetivadas, derivam de fatos geradores contábeis já ocorridos.
Como há a possibilidade do empregado pedir demissão e esse gasto não se realizar, entendo que esse gasto não deveria ser provisionado.

Att.
Anderson Kolera Silva
ansilva@ciamuller.com.br

"Nada é certo nesse mundo, exceto a morte e os impostos. "
Benjamin Franklin

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Edmar Oliveira Andrade Filho

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoContador(a)
mensagens277
pontos1.793
membro desde20/03/2018
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 10 de outubro de 2018 às 16:13:22
Danilo,

Estou de pleno acordo com a opinião do Anderson.

Todavia, considero que se existe um histórico de multas pagas com frequência, o provisionamento pode ser justificado.

Logo, a entidade deve avaliar a conveniência de constituir ou não a provisão; se for adotado o provisionamento o esquema contábil que você apresenta está certo.
profissãoContador(a)
mensagens4.676
pontos35.385
membro desde21/02/2010
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Quinta-Feira, 11 de outubro de 2018 às 07:49:15
Bom dia Sr Danilo.


A rotatividade da empresa do sr é muito alta?


att

Contador CRC MG 106412/O - Perito Contábil CNPC 087 - Avaliador Imobiliário CNAI 23358
Avaliação de empresas e processos de transferência societária;
Especialista em 3º Setor e em fusões, cisões e incorporações;
http://www.prosperarecontabil.com.br


Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César