x

FÓRUM CONTÁBEIS

TRIBUTOS ESTADUAIS/MUNICIPAIS

respostas 2

acessos 193

CFOP - Veículos usados - Simples Nacional - Comissão sobre

Vinicius Guilherme Siqueira

Iniciante DIVISÃO 3, Auxiliar Contabilidade
há 37 semanas Quinta-Feira | 6 dezembro 2018 | 10:18

Bom dia,

Fiz algumas pesquisas no fórum, mas nenhuma consegui entender completamente como seria o tratamento correto.
Nunca tive contato com esse tipo de empresa, por isso a duvida.

Uma empresa do simples nacional, que revende carros usados, e recebe comissão pela venda de bens de terceiros expostos em sua garagem.

Quando a empresa compra o automóvel para revenda faço:
Ex: valor R$ 20.000,00

Quando há a compra para revenda:
1.113 - COMPRA DE VEÍCULO RECEBIDO EM CONSIGNAÇÃO: R$ 20.000,00
5.115 - VENDA DE VEÍCULO RECEBIDO EM CONSIGNAÇÃO: R$ 23.000,00 (tributar o imposto devido)

Quando a pessoa deixa em exposição na garagem para venda e o dono da garagem recebe a comissão, qual seria o cfop da nota de entrada, saída e do ganho da comissão do veiculo? Será tributada o valor total da venda ou apenas a comissão recebida?

Desde já agradeço o auxilio...

Reinaldo Fonseca

Ouro DIVISÃO 2, Auditor(a)
há 37 semanas Quinta-Feira | 6 dezembro 2018 | 12:41

Segue material muito bom que recebi de um colega, acho que vai resolver seu problema.

1.113 Compra para comercialização de mercadoria recebida anteriormente em consignação mercantil
Classificam-se neste código as compras efetivas de mercadorias recebidas anteriormente a título de consignação mercantil.

1.917 Entrada de mercadoria recebida em consignação mercantil ou industrial
Classifica-se neste código as entradas de mercadorias recebidas a título de consignação mercantil ou industrial.

5.115 Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, recebida anteriormente em consignação mercantil
Classificam-se neste código as vendas de mercadorias adquiridas ou recebidas de terceiros, recebidas anteriormente a título de consignação mercantil.

5.918 Devolução de mercadoria recebida em consignação mercantil ou industrial
Classifica-se neste código as devoluções de mercadorias recebidas anteriormente a título de consignação mercantil ou industrial.

5.919 Devolução simbólica de mercadoria vendida ou utilizada em processo industrial, recebida anteriormente em consignação mercantil ou industrial
Classifica-se neste código as devoluções simbólicas de mercadorias vendidas ou utilizadas em processo industrial, que tenham sido recebidas anteriormente a título de consignação mercantil ou industrial.

5.949 Outra saída de mercadoria ou prestação de serviço não especificado
Classifica-se neste código as outras saídas de mercadorias ou prestações de serviços que não tenham sido especificados nos códigos anteriores.


VENDA DE VEÍCULO NOVO/USADO RECEBIDO EM CONSIGNAÇÃO

CFOP para Registro de entrada e Emissão de Notas Fiscais
1 - Entrada na Loja – 1.917
2 - Devolução Simbólica – 5.919
3 - Compra de Veículo recebido anteriormente em consignação – 1.113
4 - Venda ao cliente – 5.115

DEVOLUÇÃO DE VEÍCULO NOVO/USADO RECEBIDO EM CONSIGNAÇÃO SEM EFETUAR A VENDA

CFOP para Registro de entrada e Emissão de Notas Fiscais
1 - Entrada na Loja – 1.917
2 - Devolução do veículo ao proprietário – 5.918


COMPRA/VENDA DE VEÍCULO NOVO/USADO

CFOP para Registro de entrada e Emissão de Notas Fiscais
1 – Entrada na Loja – 1.102
2 – Venda ao Cliente – 5.102



Att, Reinaldo Fonseca


____________________________________________
Cuidado com o "COSTUME", a Legislação muda.

Cleiton Silva dos Santos

Prata DIVISÃO 1, Assistente Fiscal
há 1 dia Quinta-Feira | 22 agosto 2019 | 11:23

Bom dia a todos!

Reinaldo Fonseca

Você poderia me responder quais os CSTs de ICMS e PIS/COFINS sobre essas operações e a maneira de como é tributado tanto no ICMS quanto no PIS/COFINS?

Por favor,

Att,

Cleiton Silva dos Santos

" Tudo posso, naquele que me fortalece..."

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.