x

Economia

Uso do Pix cresce entre usuários de aplicativo de transporte

Com um ano de uso no Brasil, Pix já é 4º método de pagamento mais utilizado na Ubiz Car, movimentando mais de R$ 238 mil entre outubro e novembro

08/01/2022 16:00:01

1,1 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Uso do Pix cresce entre usuários de aplicativo de transporte Pexels

O Pix completou um ano no Brasil neste mês de novembro com resultados expressivos e um volume de transações que já se aproxima do cartão de débito e cresce em todas as faixas de renda. Para os usuários de aplicativos de transporte, foi um grande facilitador, visto que muitas pessoas não possuem acesso a cartão de crédito e utilizavam principalmente dinheiro para pagar as corridas.

A Ubiz Car, aplicativo de transporte presente em 14 cidades do interior do Brasil e com expectativa de expansão para outras 15 cidades, movimentou, apenas entre os meses de outubro e novembro, R$ 238.232,60 em transações via Pix. “Percebemos grande aderência entre os passageiros com o passar do tempo. O método é bastante prático e já é o 4º mais utilizado em todo o país dentro do app”, conta Alécio Cavalcante, CEO e fundador da Ubiz Car.

Desde que começou a ser utilizado no Brasil, no final de 2020, mais de 104 milhões de pessoas fizeram transações com Pix, segundo o Banco Central, o que corresponde a 62% da população adulta. Já são mais de 348 milhões de chaves cadastradas e o número continua a crescer.

Segundo Alécio Cavalcante, a expectativa é que para 2022 aumente o número de pessoas que utilizam o Pix dentro da Ubiz Car. “Com a chegada do app em outras cidades, esperamos que o Pix tenha uma boa aceitação, assim como nos outros municípios em que a Ubiz Car já é presente”. 

Atualmente, a cidade de Barreiras, na Bahia, lidera o ranking de uso do Pix na Ubiz Car. Movimentou R$ 56.934,70 entre outubro e novembro e é o terceiro método de pagamento mais utilizado pelos passageiros da cidade. Parnaíba, no Piauí, e Unaí, em Minas Gerais, ficam com o segundo e terceiro lugar. Juntas, movimentaram mais de R$ 74 mil via Pix.

Fonte: Luana Figueiredo

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.