Momento Contábeis

Prazo para a entrega do SPED/ECF | Fiscalização do eSocial | Resultado do primeiro exame do CFC 2018

Contábeis o portal da profissão contábil

19
Jul 2018
17:49

artigo

Erro na Consolidação do Refis lei nº 12.996/2014

O breve texto é para tão somente levar ao conhecimento dos contribuintes que aderiram ao Refis da Lei nº12.996/2014 que deste o dia 08/09/2015 está aberto o prazo para consolidação dos débitos não previdenciários.

18/09/2015 10:06

5.340 acessos

ERROS DE CONSOLIDAÇÃO DO REFIS, REFERENTE À lei nº 12.996/2014

O breve texto é para tão somente levar ao conhecimento dos contribuintes que aderiram ao Refis da Lei nº12.996/2014 que deste o dia 08/09/2015 está aberto o prazo para consolidação dos débitos não previdenciários.

Indispensável dizer que para os débitos previdenciários ainda não se abriu a opção de escolha das parcelas à serem recolhidas.

 Estive realizando a consolidação de vários parcelamentos de clientes e mesmo todos estando em dia com todas as parcelas pagas, o sistema da RFB – Receita Federal do Brasil está emitindo DARF complementar para ser recolhido até 25/09/2015 como valor residual das parcelas de entrada (10% ou 20%).

Tal erro está ocorrendo devido a RFB atualizar os débitos com juros de 08/2014 a 09/2015 e somente após aplicar o percentual de entrada de 10% ou 20%, desta forma é claro que o valor que o contribuinte recolheu dividido em 5X será inferior ao apurado em 09/2015.

Tal atualização deveria ocorrer, todavia o valor da atualização deve ser lançado nas parcelas futuras e não condicionando o pagamento até 25/09/2015 sob pena perda do parcelamento.

Tais mazelas em consolidação de parcelamento não são as primeiras e que pelo menos nos últimos 03 parcelamentos a RFB cometeu sérios desrespeitos aos direitos dos contribuintes e que muitos perderam os parcelamentos após já terem pagos anos de parcelas.

Observa-se também que em caso de exclusão a RFB administrativamente não permite a compensação dos valores pagos com os débitos existentes e nem futuro, o que também é ilegal.

O que se recomenda neste caso é que o contribuinte estando com todas as parcelas pagas devidamente, e mesmo assim foi gerado DARF extra, como diferença, que protocolize processo administrativo na RFB e após 03 dias, e antes do dia 25/09/2015 não obtendo resposta, ingresse com medida judicial para impedir a indevida exclusão do REFIS.

Informações do Autor

NATAL MRO FRIGI

Advogado, Contabilista e Especialista em Direito Tributário.

www.natalfrigiadvogados.adv.br

 

 

Escrito por

Natal Moro Frigi

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César