Contábeis o portal da profissão contábil

24
Sep 2017
21:56
você está em:

Conteúdo » Artigos

7 Aspectos de um bom sistema de controle interno

Como fortalecer os controles internos de sua empresa através de 7 conceitos simples mas poderosos, para aplicar ainda hoje. Esses conceitos irão fazer com que a sua empresa minimize ou até elimine a possibilidade de fraudes, desvios ou outros.

postado 18/07/2016 11:49:38 - 2.492 acessos

Como Fortalecer sua Empresa com Bons Controles Internos?

Esse artigo de hoje eu quero te mostrar sobre um assunto muito falado: Controles Internos.

Como fortalecer os controles internos de sua empresa através de 7 conceitos simples mas poderosos, para aplicar ainda hoje...

Esses conceitos irão fazer com que a sua empresa MINIMIZE ou até ELIMINE a possibilidade de fraudes, desvios ou outros fatores que podem afetar sua atividade...

Geralmente, tanto no meu site quanto aqui pelos e-mails que envio pra você, costumo abordar vários assuntos de auditoria contábil e interna, certo?

Mas também tenho um interesse muito especial sobre controles internos e pra mim não têm como falar de Auditoria e não falar de Controles Internos (acho que você concorda comigo!)

Mas vamos ao que interessa hoje...

Os conceitos de qualquer bom sistema de Controles Internos são os seguintes:

- Relação Custo-Benefício;
- Definição de Responsabilidade e Autoridade;
- Segregação de Funções;
- Acesso aos Ativos;
- Estabelecimento de Comprovações e Provas Independentes;
- Métodos de Processamento de Dados;
- Pessoal

Sistemas de Controles Internos Eficazes Possuem Estes Aspectos Bem Presentes

# 1 – RELAÇÃO CUSTO-BENEFÍCIO

O beneficio de um controle consiste na redução do risco de falhas quanto ao cumprimento dos objetivos e metas de uma atividade.

O conceito de custo-benefício reconhece que custo de um controle não deve exceder os benefícios que ele possa proporcionar.

É Simples.

Exemplo: Uma empresa de pequeno porte que precisa melhorar o controle sobre seu patrimônio (imobilizado) e para isso investe em um sistema de controle patrimonial que custa um milhão...será que fez a melhor escolha?

Qual a representatividade do imobilizado para esta pequena empresa?

Será que o benefício obtido com esse sistema cobre o custo pago por ele?

# 2 – DEFINIÇÃO DE RESPONSABILIDADE E AUTORIDADE

O dever de todo pessoal dentro de uma organização deve ser fixado e limitados de forma precisa, bem como a autoridade decorrente, atribuída a cada uma das funções.

Assim sendo, deve haver:

- Procedimentos claramente determinados que levem em conta as funções de todos os setores da organização, propiciando a integração das informações dentro do sistema;

- Um organograma adequado onde a linha de autoridade e a conseqüente responsabilidade sejam definidas entre os diversos departamentos, chefes, encarregados de setores, etc.;

- A delineação de funções ou atividades embora possa ser informal, deve preferivelmente ser definida em manuais de procedimentos, visto que estes propiciam a eficiência do sistema e evitam erros;

Estes Aspectos São Imprescindíveis Para Um Sistema Forte de Controles Internos

# 3 – SEGREGAÇÃO DE FUNÇÕES

Isso é importantíssimo para um bom sistema de controles internos. Mas muitas empresas não observam esse conceito de forma que seja segura para ela mesma.

Um sistema de controle adequado é aquele que elimina a possibilidade de dissimulação de erros ou irregularidades.

Assim sendo, os procedimentos destinados a detectar tais erros ou irregularidades, devem ser executados por pessoas que não estejam em posição de praticá-los, isto é, deve haver uma adequada segregação de funções.

De uma maneira geral, o sistema de controle interno, deve prever segregação entre as funções de aprovação de operações, execução e controle das mesmas, de modo que nenhuma pessoa possa ter completa autoridade sobre uma parcela significativa de qualquer transação.

# 4 – ACESSO AOS ATIVOS

Para atingir um grau de segurança adequado, o acesso aos ativos de uma unidade deve ser limitado ao pessoal autorizado.

O termo “acesso aos ativos”, aqui utilizado, inclui acesso físico direto e acesso indireto através de preparação ou processamento de documentos que autorizem o uso ou disposição desses ativos.

Controles Internos Fortalecidos Dão Segurança à Empresa

# 5 – ESTABELECIMENTO DE COMPROVAÇÕES E PROVAS INDEPENDENTES

Os procedimentos referentes à determinada atividade, devem prever processos de comprovações rotineiras e obtenção independente de informações de controle.

Os diversos registros preparados por um órgão para informar sobre o resultado de suas atividades, em geral constituem meios de controle eficazes somente quando produzidos por um sistema adequado.

Aquele que permite assegurar a fidedignidade das informações através de registros produzidos por fontes independentes que podem ser comparados/conciliados.

As divergências porventura detectadas evidenciam as falhas nos registros de transações.

# 6 – MÉTODOS DE PROCESSAMENTO DE DADOS

Devido ao fato de que os meios de controle são estabelecidos para assegurar o cumprimento dos objetivos de uma atividade, a sua eficácia independe dos métodos de processamento de dados, que podem ser manuais, mecânicos ou eletrônicos.

No entanto, na medida do possível, devem-se utilizar equipamentos (mecânicos ou eletrônicos) no processamento de dados.

Embora não evitem a possibilidade de erros e manipulações, fomentam a divisão dos trabalhos, propiciando o reforço dos controles internos.

É Necessário Ter Pessoal Íntegro e Competente

# 7 – PESSOAL

A eficácia dos meios de controle depende da competência e integridade do pessoal de exercer as funções.

Assim sendo, é conveniente que a política de pessoal da companhia leve em consideração os seguintes aspectos:

- Seleção e treinamento cuidadoso dos colaboradores. Um bom plano de treinamento resulta em melhor rendimento, redução de custos e colaboradores mais ativos e atentos;

- Se possível, deve haver rodízio de funções. O rodízio reduz as possibilidades de fraudes;

- Obrigatoriedade de colaboradores que ocupam cargos de confiança desfrutarem férias regularmente, como forma de evitar a dissimulação de irregularidades;

- Funcionários que lidam com valores possuírem seguro fidelidade ou carta de fiança, para proteção aos ativos da empresa;

Com a observação desses 7 conceitos o Controle Interno de sua empresa estará bem fortalecido e vai dar muita segurança...

Artigo enviado por
Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Artigos

WebContábeis Conteúdo contábil atualizado e de qualidade em seu site.

Desconto de 10% na mensalidade dos planos básicos de conteúdo.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.08 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César