Contábeis o portal da profissão contábil

18
Nov 2017
04:36
você está em:

Conteúdo » Artigos

Notas Explicativas que realmente expliquem é o que deveríamos fazer!

Hoje iremos refletir sobre as notas explicativas nos demonstrativos contábeis e sua função informativa.

postado 05/09/2017 09:44:37 - 3.103 acessos

Olá queridos amigos, hoje quero refletir com vocês sobre a função das notas explicativas nas demonstrações que preparamos por meio de nossos conhecimentos em contabilidade. As Notas Explicativas possuem um conceito autoexplicativo, denotando a própria função de explicar algo que se necessita tomar nota. Sabemos que, são diversas as informações de um demonstrativo que necessitam ser esclarecidas e realmente merecem uma nota correspondente, mas, estamos utilizando deste recurso corretamente?

Lembro-me das aulas sobre o assunto e percebo a dificuldade de meus colegas na elaboração das notas para os exercícios em sala. É obvio que para se redigir uma nota sobre algum item de um demonstrativo, é imprescindível que você tenha conhecimento acerca daquele dado e como ele se compôs da forma como está sendo apresentado, além, é claro, de pensar a real necessidade deste ou aquele esclarecimento. Ressalto aqui, que a forma como se escreve para explicar algum item é um fazer extremamente autoral do qual o contador lança mão de suas habilidades de escrita, mantendo, é claro, o nível técnico que a situação exige.

Talvez esse viés autoral seja o causador da dificuldade de meus colegas pois, eram comuns as perguntas inquirindo ao professor como se deveria escrever para informar determinado dado. Enfim, não vejo a escrita sendo, deveras exercitada, nos cursos de contabilidade e isso pode ser entendido como uma crítica, já que, somos mais que “matemáticos disfarçados” e deveria haver, em nosso país, maiores estímulos para a disseminação do ensino e pesquisa, para, assim, pensarmos com mais profundidade o fazer contábil para além do puro conhecimento de números que é a ideia que geralmente é passada. Mas o objetivo aqui é outro!

Durante a 24ª Convencon SP e também, mais tarde, no 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade, o professor Eliseu Martins concedeu entrevistas para o Contabilidade TV e para a própria assessoria do 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade e falou sobre a dificuldade que se tem em produzir notas explicativa objetivas e que, realmente expliquem de fato o que a demonstração visa informar.

Sabemos que a contabilidade é uma ciência que serve a vários tipos de usuários e, além da produção dos dados técnicos aos que estão diretamente envolvidos com os objetivos empresariais, também informamos aos que não possuem tantos conhecimentos sobre nossos termos e técnicas. Conforme diz Eliseu, muitas vezes, mais parece que o contador ou a empresa tentam esconder um dado importante em meio a um calhamaço de escritos do que informar algo que pode parecer obscuro. Uma nota é uma nota, uma pequena e concisa explicação que se faz necessária no momento da apresentação dos dados apurados pela contabilidade. Não é necessário, contudo, que se redija uma dissertação acerca de um único item de um Balanço, por exemplo.

O CPC 26 explica que as “notas explicativas contêm informação adicional em relação à apresentada nas demonstrações contábeis. As notas explicativas oferecem descrições narrativas ou segregações e aberturas de itens divulgados nessas demonstrações e informação acerca de itens que não se enquadram nos critérios de reconhecimento nas demonstrações contábeis.” Ou seja, devemos explicar por notas, aquilo que não se explica sozinho pela própria dinâmica do fazer contábil.

Eliseu termina suas considerações alegando que, melhor seria, para evitar a nossa ampla gama de termos técnicos expostos em notas, que os profissionais do jornalismo ou comunicação as redigissem. Talvez desta forma, tais informações fossem expressas de uma forma mais simples e direta, se tornando inteligível aos principais usuários da contabilidade. Então eu pergunto, o que o leitor pensa destas reflexões? Existe um desvio do objetivo principal das notas? Como podemos faze-las de uma forma melhor e mais acessível? Fica o desafio!

Fontes de consulta:

https://www.youtube.com/watch?v=IQYkjP5P2wE

https://www.youtube.com/watch?v=cu-WtsVuVmw

http://static.cpc.mediagroup.com.br/Documentos/312_CPC_26_R1_rev%2003.pdf

Artigo enviado por
Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Artigos

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.07 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César